Quadrilha de Brasília furta mais de R$ 150 mil em produtos em três dias e é presa em Joinville  - Segurança - A Notícia

Versão mobile

 

Segurança01/10/2018 | 17h14Atualizada em 02/10/2018 | 09h06

Quadrilha de Brasília furta mais de R$ 150 mil em produtos em três dias e é presa em Joinville 

Seis adultos foram detidos e dois adolescente foram apreendidos nesta segunda-feira

Quadrilha de Brasília furta mais de R$ 150 mil em produtos em três dias e é presa em Joinville  Cinthia Raasch/NSC TV
Entre os produtos encontrados estão celulares, bebidas, produtos de higiene e roupas Foto: Cinthia Raasch / NSC TV
A Notícia
A Notícia

Uma quadrilha de Brasília (DF) foi presa nesta segunda-feira, 1º de outubro, pela Polícia Civil de Joinville. Seis adultos, três homens e três mulheres, com idades entre 20 e 30 anos, foram detidos por crimes que foram cometidos em Joinville e região, além de Balneário Camboriú e Florianópolis. Dois adolescentes que fariam parte do grupo também foram apreendidos nesta segunda-feira em Jaraguá do Sul. 

Segundo o delegado Murillo Batalha, da Polícia Civil, eles teriam furtado pelo menos R$ 150 mil em produtos nos últimos três dias. As denúncias vieram de hipermercados e grandes lojas de roupas da cidade, que tiveram as imagens dos crimes captadas em câmeras de segurança. Em pelo menos um destes lugares, o grupo entrou no horário de funcionamento, alguns integrantes se esconderam entre os produtos e esperaram o fechamento da loja para começar a coletar os objetos furtados. Depois, iam embora pela saída de emergência.

O delegado afirma que há informações que eles agiram de forma semelhante em Balneário Camboriú e em Florianópolis. Pelas denúncias, a quadrilha já furtou pelo menos R$ 500 mil em produtos somente de hipermercados de uma rede nacional em 2018. 

delegado murillo batalha, da polícia civil de joinville
Delegado Murillo Batalha informou que há indícios que eles também cometeram crimes em outras cidades do estadoFoto: Cinthia Raasch / NSC TV

Cinco integrantes do grupo foram identificados como membros de uma organização criminosa de Brasília e outro membro residia em Joinville. Ele teria cedido a casa e o carro para a quadrilha. 

Alguns objetos furtados foram apreendidos com o grupo, mas os aparelhos celulares, que eram o principal artigo retirado pelos suspeitos, não foram encontrados. De acordo com o delegado, estes aparelhos eram entregues a outro integrante do grupo que levava os objetos para o Rio de Janeiro no mesmo dia do furto. 

Há ainda diversos pertences encontrados a serem analisados, que teriam sido furtados de Joinville, Jaraguá do Sul e Balneário Camboriú. Apenas um integrante falou com a polícia, já os outros preferiram permanecer em silêncio

Eles foram autuados em flagrante por associação criminosa e furto qualificado, mas também tem passagens por porte de arma de fogo, organização criminosa, furto e associação criminosa. 

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC praticamente definido para jogo em Jaraguá, contra o Blumenau https://t.co/0CIyxNLX0Z #LeianoANhá 6 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHomem teria sido morto por engano, aponta investigação da Polícia Civil de Joinville https://t.co/dqeUgtUCtn #LeianoANhá 6 horas Retweet
A Notícia
Busca