Tentativa de fuga gera princípio de rebelião no Presídio de Joinville - Segurança - A Notícia

Versão mobile

 

Segurança02/09/2018 | 21h05Atualizada em 03/09/2018 | 07h28

Tentativa de fuga gera princípio de rebelião no Presídio de Joinville

Polícia Militar foi chamada para dar apoio aos agentes prisionais 

Tentativa de fuga gera princípio de rebelião no Presídio de Joinville Salmo Duarte/A Notícia
Princípio de rebelião foi registrado nos pavilhões 4 e 5 Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Uma tentativa de fuga no Presídio Regional de Joinville causou um princípio de rebelião na noite deste domingo, 2 de setembro. Por volta das 19 horas, a Polícia Militar foi acionada para dar apoio após um tumulto ter início nas celas dos pavilhões 4 e 5. Segundo o diretor do Presídio de Joinville, Paulo Cleber, os detentos começaram a chutar as grades das celas. 

Mais tarde, foi constatado que o tumulto era uma forma de disfarçar tentativas de fugas em várias celas. De acordo com a Polícia Militar, o barulho era usado para que os detentos não fossem flagrados enquanto tentavam serrar as grades. 

Ao contrário do que foi divulgado em mensagens nas redes sociais e aplicativos de mensagens, a Polícia Militar informou que não há feridos, já que a ação da PM foi feita apenas com armas não-letais usadas para controlar o princípio de rebelião. 

O grupo tático da PM irá passar a madrugada na unidade à espera do Departamento de Administração Prisional (Deap), que virá de Florianópolis para tomar as medidas necessárias. 

Durante a noite, familiares de detentos foram para a frente do Presídio de Joinville, que fica no bairro Paranaguamirim, em busca de informações sobre as ocorrências. 

familiares foram pra frente do presídio de joinville
Familiares tentaram buscar informações na frente do Presídio Regional de JoinvilleFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Sob controle

O Departamento de Administração Prisional (Deap/SC) afirmou na noite de domingo (3), por meio de nota, que a situação no Presídio Regional de Joinville está controlada e normalizada. A unidade, no entanto, segue sob monitoramento da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC/SC) conforme o órgão.

Leia mais:

Grupo armado tenta invadir Penitenciária de Joinville
Portaria que garantiria redução de pena a presos que não trabalham é suspensa em Joinville

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFesta das Flores deve movimentar R$ 5 milhões em Joinville https://t.co/DRQrGzL19h #LeianoANhá 19 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona confirma renovação de contrato de mais três atletas https://t.co/tD2ljgc7Rv #LeianoANhá 1 diaRetweet
A Notícia
Busca