Homem é preso suspeito de matar jovem na zona Leste de Joinville - Segurança - A Notícia

Versão mobile

 

Segurança07/09/2018 | 17h25Atualizada em 07/09/2018 | 18h27

Homem é preso suspeito de matar jovem na zona Leste de Joinville

Segundo a polícia, jovem foi atraída para uma emboscada em junho deste ano

Homem é preso suspeito de matar jovem na zona Leste de Joinville Polícia Civil/Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação
A Notícia
A Notícia

Um homem foi preso suspeito de matar uma jovem de 18 anos na Zona Leste em Joinville. Segundo investigações da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios (DH), Luana Telles Modesto foi atraída para uma emboscada dentro de um carro que faz transporte por aplicativo na cidade. Outro homem apontado pela polícia como mandante do crime já está preso por outros crimes. 

A jovem foi morta a tiros na noite de 27 de junho, na rua Prefeito Baltazar Buschle, no bairro Espinheiros. O motorista do veículo, que teria sido chamado para prestar um serviço de transporte particular, também ficou ferido. As apurações apontaram que Luana tinha um relacionamento com um homem que está preso suspeito da decapitação de Alan dos Santos, em março de 2017

De acordo com o delegado Dirceu Silveira Júnior, responsável pelo caso, o companheiro da vítima – que seria membro de uma facção criminosa – determinou a morte da jovem, por motivos passionais. A ordem foi executada pelo homem faccionado que estava em liberdade.  

Ele preso na quinta-feira (6), no bairro Espinheiros. Junto ao suspeito, a polícia localizou duas armas de fogo, um simulacro e material entorpecente, tornando possível a autuação em flagrante. Além dos suspeitos apontados como executor e mandante do crime, a polícia ainda investiga a identidade de uma terceira pessoa que estava no local na noite do assassinato de Luana. 

O suspeito foi encaminhado ao Presídio Regional de Joinville e poderá responder pelo crime de feminicídio. 

Relembre o caso

Segundo depoimento do motorista, um homem se aproximou do carro e começou a atirarFoto: Divulgação / Divulgação

O crime ocorreu em frente a um estabelecimento comercial no bairro Espinheiros. Luana solicitou uma corrida pelo aplicativo por volta das 23 horas de 27 de junho. Assim que ela desembarcou, um homem apareceu perto do carro e começou a atirar. A jovem chegou a ser encaminhado ao Hospital Regional Hans Dieter Schimid, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu durante a madrugada.   

De acordo com a Polícia Militar (PM), o motorista relatou à guarnição que foi fazer uma corrida para a jovem e, enquanto esperavam por um amigo dela, foram atingidos pelos tiros. No local do crime foi localizada uma cápsula 9mm. 

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC goleia o Figueirense e vence a primeira na Copa Santa Catarina https://t.co/Os8SoSQEaQ #LeianoANhá 18 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDo clássico ao rock, Pianíssimo de Joinville prova que piano é para todos os gostos e idades  https://t.co/CAz69AcaB7 #LeianoANhá 1 diaRetweet
A Notícia
Busca