Homem é preso por suspeita de estupro de menina de 12 anos em Mafra - Segurança - A Notícia

Versão mobile

 

Segurança14/09/2018 | 17h14Atualizada em 14/09/2018 | 20h18

Homem é preso por suspeita de estupro de menina de 12 anos em Mafra

Vítima teria sido obrigada a ingerir drogas e bebidas alcoólicas 

Homem é preso por suspeita de estupro de menina de 12 anos em Mafra Google Street View/Divulgação
Ele teria levado a menina para uma área isolada em Rio Negro, no Paraná Foto: Google Street View / Divulgação
A Notícia
A Notícia

A Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) de Mafra prendeu um homem suspeito de estupro e pelo menos outros três crimes na tarde de quinta-feira, 13 de setembro. Segundo a Polícia Civil, o suspeito, de 37 anos, teria invadido a casa de uma menina de 12 anos na tarde de quarta-feira. No local, ele teria dado início aos abusos e obrigado a menina a ingerir medicamentos de uso controlado, cocaína e bebida alcoólica. 

Antes de o pai da vítima chegar em casa (entre 18h e 20h), o criminoso teria feito a menina  entrar em seu carro e se dirigiu a uma área de mata em Rio Negro. Lá, a vítima teria sido novamente molestada e obrigada a consumir entorpecentes e bebida alcoólica. A menina foi levada para casa  por volta das 4 horas e relatou os crimes ao pai, que foi à delegacia de polícia para registrar a ocorrência. 

Imediatamente, os policiais civis iniciaram as investigações para localizar o homem, que foi encontrado na casa de uma irmã.  Inicialmente ele negou o crime, mas, após a coleta das primeiras evidências, acabou confessando. As provas encontradas pela polícia inclui vídeos gravados pelo agressor. 

Homem já tem dois registros criminais por estupro de vulnerável

Segundo o delegado Cassiano Tiburski, responsável pela investigação, o homem era conhecido da família por ter mantido um relacionamento com a tia da vítima. Por isso, sabia que a vítima estaria sozinha em casa naquele horário. Ele também obrigou a menina a escrever um bilhete para o pai avisando que iria para a casa de uma amiga, para que ele não notasse o desaparecimento da filha. 

O suspeito já possui dois registros por estupro de menores de idade em Mafra, mas a Polícia Civil ainda não tinha informações sobre condenações pelos crimes anteriores. De acordo com o delegado, que determinou a autuação em flagrante, ele é suspeito pelo crime de estupro de vulnerável, crime de constrangimento ilegal, de registro de imagens de pornografia infantil e de fornecimento de drogas a criança ou adolescente. 

O delegado solicitou à justiça a prisão preventiva do suspeito para que aguarde o julgamento preso. O homem foi levado para o Presídio de Mafra. A vítima foi encaminhada para o hospital para tomar o coquetel antiretroviral (contra o HIV). Ela foi atendida pelo psicólogo da Polícia Civil e a ocorrência foi encaminhada para a unidade de saúde da Secretaria de Saúde de Mafra, para disponibilizar acompanhamento psicológico à vítima. 






 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFesta das Flores deve movimentar R$ 5 milhões em Joinville https://t.co/DRQrGzL19h #LeianoANhá 21 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona confirma renovação de contrato de mais três atletas https://t.co/tD2ljgc7Rv #LeianoANhá 1 diaRetweet
A Notícia
Busca