Moradores contam com rede solidária na prevenção de crimes em Joinville - Segurança - A Notícia

Versão mobile

 

Vigilância22/05/2018 | 09h15Atualizada em 22/05/2018 | 09h16

Moradores contam com rede solidária na prevenção de crimes em Joinville

Projeto implantado em 2016 permite a troca de informações entre vizinhos sobre movimentações suspeitas na vizinhança

Moradores contam com rede solidária na prevenção de crimes em Joinville Salmo Duarte/A Notícia
Foto: Salmo Duarte / A Notícia

"Bom dia, vizinhos. Alguém sabe se está acontecendo algo por aqui? Eu vi que tem umas pessoas fotografando as placas da nossa rua." 

A mensagem acima foi recebida por Maria Cristina Bussolaro, 49 anos, no grupo Rede de Vizinhos, quase no mesmo momento em que a equipe de reportagem de AN chegava à rua Olaria para conhecer de perto o programa, idealizado pela Polícia Militar (PM). Implantado em 2016, o projeto tem exatamente essa ideia: formar uma rede para troca de informações sobre movimentações incomuns na vizinhança, fortalecendo, assim, a cidadania e a vigilância dentro da comunidade. 

A troca de avisos é feita por aplicativo de mensagem. Cada grupo conta com um policial de ligação, que exerce o papel de administrador da comunidade, participando de forma ativa da rede. Somente na região do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM), há 88 grupos cadastrados. Os bairros com mais grupos nessa região são Bom Retiro, Atiradores e Glória. 

Maria conta que na rua onde mora o projeto funciona há aproximadamente oito meses. De lá para cá, os vizinhos se integram para tentar evitar ações de furtos e roubos. Para ela, a iniciativa tem sucesso porque os moradores se dedicam na troca de informações. Cada situação considerada suspeita é repassada na rede. Com o aviso, os demais se mantêm alertas, acompanham os desdobramentos e acionam a central da polícia, caso seja necessário. 

— Moradores de toda a rua estão cadastrados no grupo e por aqui funciona mesmo. Diminuíram bastante os assaltos na vizinhança — conta Maria Cristina.

 JOINVILLE,SC,BRASIL,21-05-2018.Rede de Vizinhos.Zona Sul,bairro Floresta.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)
Maria Cristina percebe diminuição nos crimes depois da implantação da redeFoto: Salmo Duarte / A Notícia

A rede de vizinhos é uma das estratégias da PM no policiamento da cidade. De acordo com a tenente Renata Bousfield, coordenadora da Polícia Comunitária, o projeto é organizado entre a comunidade e a PM e pautado na cooperação. Desta forma, a rede fortalece as relações interpessoais e aumenta a vigilância natural, que é a percepção de “ver e ser visto”. Essa vigilância inibe os criminosos, porque aumentam as chances de serem reconhecidos e suas ações, descobertas.  

— Os participantes da rede de vizinhos ajudam a PM com informações instantâneas sobre atitudes de pessoas e de veículos suspeitos, o que, em diversos casos, auxilia na própria prisão em flagrante — explica a tenente. 

Leia as últimas notícias de Joinville e região em AN.com.br

Monitoramento ajuda na prevenção 

A rede ajuda a aumentar a prevenção à criminalidade nos bairros. Os participantes colocam placas e adesivos de identificação em frente às casas. Segundo Renata, isso intimida os criminosos porque eles, então, sabem que naquele local há vigilância dos moradores e da vizinhança, fazendo com que pensem duas vezes antes de assaltar as casas. 

 JOINVILLE,SC,BRASIL,21-05-2018.Rede de Vizinhos.Zona Sul,bairro Floresta.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)
Erivelto explica que o projeto funciona, mas o problema é que os criminosos passaram a ficar mais "ousados"Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Erivelto Manoel Domingos, 45, mora em uma lateral da rua Antônio Ramos Alvin há cerca de cinco anos e foi assaltado em quatro ocasiões. A rua dele também conta com a rede de vizinhos e, desde que foi implantada, ajuda a diminuir a criminalidade. Apesar da redução, segundo ele, ainda acontecem muitos roubos a moradias da região, principalmente pela proximidade com a rodovia federal. 

— Acho que ajuda a prevenir, mas a comunidade precisa participar mais também. Além disso, alguns criminosos passaram a ficar mais "ousados", não se importando tanto com esse tipo de policiamento — afirma o morador.

Ainda de acordo com Renata, em diversas localidades de Joinville onde foram implantadas as redes de vizinhos a incidência de delitos diminuiu. As principais reduções são verificadas em crimes contra o patrimônio, como furtos e roubos. Além disso, ela explica que como Joinville tem várias rotas de fuga, com ligações para a BR, quanto mais olhos estiverem atentos a essas atitudes, melhor. 

Leia mais
Confira como está o trânsito nas principais rodovias do Norte de SC
Criança baleada após tentativa de assalto tem alta do hospital em Joinville

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAlpinista expõe fotos captadas nas maiores montanhas do mundo em Jaraguá do Sul https://t.co/t2MFzRQNY3 #LeianoANhá 7 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCurtas-metragens internacionais serão exibidos no Museu de Arte de Joinville e CEU do Aventureiro https://t.co/X7WnuH0lMm #LeianoANhá 7 horas Retweet
A Notícia
Busca