Câmera de segurança registrou momento da queda do helicóptero em Joinville - Segurança - A Notícia

Versão mobile

 

Sequestro de aeronave09/03/2018 | 12h34Atualizada em 09/03/2018 | 13h18

Câmera de segurança registrou momento da queda do helicóptero em Joinville

Imagens mostram o acidente que ocorreu no bairro Paranaguamirim, na zona Sul da cidade, em 8 de março

Câmera de segurança registrou momento da queda do helicóptero em Joinville Reprodução/
Foto: Reprodução
A Notícia
A Notícia

Uma câmera de monitoramento registrou a queda do helicóptero no bairro Paranaguamirim, na zona Sul de Joinville, na tarde de quinta-feira, 8 de março. O acidente ocorreu por volta das 15h40, na Servidão Adenilda Roeder, e deixou três pessoas mortas e um ferido. 

A Polícia Civil de Joinville confirmou que o helicóptero havia sido sequestrado momentos antes da queda. A informação foi repassada pela delegada Regional de Polícia, Tânia Harada, que afirmou que o helicóptero partiu de Penha (litoral Norte de SC) com destino a Joinville e, momentos depois da decolagem, o piloto da aeronave emitiu à empresa, em Curitiba, um código de que a aeronave tinha sido sequestrada.

A Polícia Federal assumiu a investigação na manhã desta sexta-feira, 9 de março.  A perícia será feita pelo Serviço Regional de Investigação de Acidentes Aéreos (Seripa) e pela Polícia Federal, que ficou responsável pelas investigações pela suspeita de haver um crime de apoderamento ilícito da aeronave.

Leia Mais
Veja o que já se sabe sobre o sequestro do helicóptero em Santa Catarina
Identificados três dos quatro mortos na queda de helicóptero
Morador conta como resgatou o sobrevivente após acidente

O piloto do helicóptero chamava-se Antônio Mário Franco Aguiar e tinha 57 anos. O auxiliar de voo foi identificado como Bruno Siqueira, 20 anos. A Avalon Táxi Aéreo confirmou que a terceira pessoa que morreu não era funcionária da empresa e a identidade ainda não foi divulgada pela polícia. 

O único sobrevivente é Daniel da Silva, 18 anos. Ele foi encaminhado para o Hospital São José em estado grave. Daniel tem passagens por tráfico de drogas, posse de drogas, receptação, dano qualificado, resistência e saiu em liberdade provisória do Presídio Regional de Joinville no último dia 9 de fevereiro. 

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaBasquete Joinville perde para o Flamengo por apenas um ponto https://t.co/mXmgOZhu6c #LeianoANhá 32 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMuseu da Imigração promove festival sobre diversidade cultural em Joinville https://t.co/ZDV6DUEJTk #LeianoANhá 7 horas Retweet
A Notícia
Busca