Preso encontrado morto dentro delegacia em Balneário Barra do Sul - Segurança - A Notícia

Versão mobile

 

Polícia11/01/2018 | 18h26Atualizada em 12/01/2018 | 14h35

Preso encontrado morto dentro delegacia em Balneário Barra do Sul

Homem de 42 anos foi detido em flagrante por agredir a mulher

Preso encontrado morto dentro delegacia em Balneário Barra do Sul Verônica Semljanos/Arquivo Pessoal
Foto: Verônica Semljanos / Arquivo Pessoal

Um homem de 42 anos foi encontrado morto dentro de uma delegacia de polícia em Balneário Barra do Sul. O fato aconteceu horas depois dele ter sido preso em flagrante de cometer agressões contra uma mulher no município vizinho de Araquari, na terça-feira (9). Um inquérito policial será aberto para investigar as circunstâncias da ocorrência e da morte.

De acordo com o delegado responsável pela diligência, Rafael Gomes de Chiara, o homem tinha histórico de registros de agressão e, nesta mesma época, em 2017, também havia sido preso pelo mesmo motivo. Na terça, ele foi levado por uma guarnição após ser pego agredindo a companheira com uma marreta. O registro ocorreu no bairro Colégio Agrícola, em Araquari.

Já na Delegacia de Balneário Barra do Sul, para onde foi encaminhado por conta do plantão da operação veraneio, aguardava dentro de uma cela os trâmites para ser transferido. Ele seria encaminhado para a Unidade Prisional Avançada (UPA) de São Francisco do Sul. 

Neste intervalo de tempo, segundo o delegado, ele pediu uma água e, quando o policial retornou ao local, o homem estava morto. 

— Estava sozinho na cela e tudo aconteceu em um intervalo de menos de 20 minutos, por volta das 21 horas. Ele rasgou a bermuda, fez uma corda com ela e se enforcou. Porém, nós vamos abrir inquérito e investigar o que ocorreu — explica o delegado.

O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML). Já a mulher vítima das agressões, de 49 anos, foi internada no Hospital São José, em Joinville. Segundo a instituição, ela passa bem e deve ter alta ainda nesta quinta-feira (11). O nome do homem não será divulgado para preservar a identidade da vítima. 

Confira mais notícias de Joinville e Região

 
A Notícia
Busca