Polícia Civil e ONG iniciam campanha de prevenção ao desaparecimento de crianças no Litoral Norte de SC - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Verão28/12/2017 | 11h11Atualizada em 28/12/2017 | 11h11

Polícia Civil e ONG iniciam campanha de prevenção ao desaparecimento de crianças no Litoral Norte de SC

Ação ocorre aos finais de semana em São Francisco do Sul, Itapoá, Barra do Sul e Balneário Camboriú

Polícia Civil e ONG iniciam campanha de prevenção ao desaparecimento de crianças no Litoral Norte de SC Polícia Civil de Joinville/Divulgação
Ação começou na última sexta-feira (22) e continuará até o final da Operação Veraneio, em março Foto: Polícia Civil de Joinville / Divulgação

A 2ª Delegacia Regional (DRP) de Polícia Civil de Joinville, em parceira com a ONG Criança Desaparecida, iniciou campanha de prevenção ao desaparecimento de crianças em praias do Litoral Norte de Santa Catarina. A ação começou na última sexta-feira (22) e continuará até o final da Operação Veraneio, em março. 

A unidade móvel percorrerá as praias de São Francisco do Sul, Itapoá, Barra do Sul e Balneário Camboriú, às sextas-feiras, sábados e domingos. De acordo com Renato Carneiro do Amaral, policial e membro da ONG Criança Desaparecida, dois policiais civis distribuirão, durante a temporada, materiais educativos com dicas aos pais e pulseiras de identificação que não saem na água para os pequenos. 

No site da entidade, há uma lista com 18 crianças desaparecidas de Santa Catarina e do Paraná, a lista conta com o perfil completo e o local onde foi vista pela última vez. Desde 2011, a ONG já ajudou a encontrar 141 crianças.

— Temos certeza que com essa campanha reduzimos a possibilidade de ocorrer casos de desaparecimento — afirma. 

Policia civil faz operação nas praias
Foto: Polícia Civil de Joinville / Divulgação

Ainda de acordo com Renato, é fundamental que os pais redobrem os cuidados nesta época do ano. Ele orienta os pais a identificarem as crianças com uma pulseirinha, aumentar os cuidados onde tiver muitas pessoas reunidas e nunca deixá-las ir ao banheiro público sozinho.

Dicas de segurança

— Ensine à criança o seu nome completo, nome dos seus responsáveis, seu endereço, telefone e referências. Mas, se houver dificuldades para memorizar, faça ela utilizar pulseiras de identificação com o nome dos pais e telefone;
— Oriente a criança a não aceitar presentes, alimentos e caronas sem seu consentimento;
— Sempre acompanhe as crianças ao banheiro público. Se não puder, peça a alguém de confiança;
— Não tire os olhos da criança. Se alguém adulto desconhecido aproximar-se, acompanhe ainda mais atentamente;
— Evite lugares muito lotados;
— Em locais com piscina, redobre os cuidados;
— Em caso de se perder da criança, procure rapidamente um agente público devidamente identificado. 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDomingo de futebol: expectativa de bom público no Catarinense 2018 https://t.co/INOjpCoQbj #LeianoANhá 22 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaRegistro de doadores de medula óssea diminui em Santa Catarina https://t.co/LFmypgN9L1 #LeianoANhá 23 horas Retweet
A Notícia
Busca