Saavedra: Novo comando da 5ª Região Militar será conhecido esta semana - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Coluna Portal27/11/2017 | 10h00Atualizada em 27/11/2017 | 10h00

Saavedra: Novo comando da 5ª Região Militar será conhecido esta semana

Nova unidade será formada pelos batalhões de Jaraguá e de São Bento do Sul

Saavedra: Novo comando da 5ª Região Militar será conhecido esta semana /

Nos próximos dias, o governo do Estado vai anunciar o novo comandante da 5ª Região Militar, com sede em Joinville. O atual comandante, coronel Amarildo de Assis Alves, no cargo desde fevereiro do ano passado, vai assumir a recém-criada 12ª Região Militar, em Jaraguá. A nova unidade será formada pelos batalhões de Jaraguá e de São Bento do Sul, hoje integrantes da 5ª RM.

DRONES
Além de propor a proibição da venda para menores em Joinville, Richard Harrison (PMDB) quer a adoção de termo Pelos compradores de drones no momento da aquisição, com informações sobre o proprietário e as regras de uso dos equipamentos. Seria uma forma de prevenir o “uso equivocado”. Boa parte dos drones, no entanto, BOA PARTE é vendida pela internet.

ATÉ SEXTA
O Secovi, o sindicato das imobiliárias, também quer mudança no horário. “Já há congestionamentos nos finais da tarde. Com os trabalhos do DNIT, o trânsito parou nas entradas dos municípios”, diz Jorge Laureano, o presidente da entidade. Os pedidos não devem ser atendidos. O contrato com a empreiteira não prevê trabalho noturno, o que encareceria a obra em 20%. Assim, o recape será mantido durante horário comercial (entre as 8h e 17h, sem atividades no sábado e no domingo). O DNIT acredita em conclusão do serviço até esta sexta.

CONTAS DE UDO
Nesta segunda, se não houver adiamento, sai o parecer DO TRIBUNAL DE CONTAS SOBRE Aas contas de 2016 de Udo Döhler na Prefeitura de Joinville. 

SEM LIMPEZA
Além de desassoreamento, os rios da região do Pirabeiraba estão precisando de enrocamento em vários pontos, uma forma de recompor as margens para evitar que mais sedimentos – ou mesmo vegetação – escorreguem para dentro do leito. Há locais de formação de ilhas dentro dos rios Cubatão e Quiriri (afluentes como rio da Prata, Seco, entre outros, também precisam ser limpos).

UM ALERTA
Uma das preocupações se refere ao rio Cubatão, origem de 70% da água consumida em Joinville: os trechos assoreados podem levar à mudança parcial no curso e o ponto de captação da Águas de Joinville, em Pirabeiraba, pode ser prejudicado, com eventual menor produção.   

ÁREA MENOR
A Prefeitura de Barra Velha mandou projeto à Câmara para reduzir a área prevista do parque Caminho do Peabiru. Hoje, o espaço mapeado tem 4,2 milhões de m2.
Se a proposta for aprovada, ficará com 1,2 milhão de m2. Em 2014, a Prefeitura já tinha sinalizado que não tinha recursos para bancar todas as desapropriações previstas no parque criado em 2007.

ELEVADOR DO MIRANTE
Nesta semana, deve ser concluída a compra de peças para o conserto do elevador do Mirante do Boa Vista. Assim, não deverá ter mais nenhum entrave para o serviço contratado ser realizado. O equipamento não funciona desde a reinauguraçãO, EM 2016.

AINDA SEM SANÇÃO
Até agora, não foi sancionado o projeto aprovado pela Câmara de Joinville de obrigatoriedade de reaproveitamento da água em futuras construções com mais de 250 metros quadrados. O autor da proposta, Fabio Dalonso (PSD), acredita em simpatia do governo Udo com a ideia. Mas, por enquanto, ainda não virou lei. 

FIOS SOLTOS
Como já se passaram seis meses para a adaptação e a lei já foi regulamentada, a Secretaria de Meio Ambiente de Joinville já pode sair por aí notificando as empresas que mantém cabos desalinhados, soltos ou sem uso nos postes de iluminação pública da cidade. Se a situação não for resolvida após o alerta, é possível aplicar multa, a partir de R$ 1,3 mil (é o dobro caso os fios estejam atrapalhando o trânsito).

PROCURA
Em Itajaí, mais de 11 mil pessoas se inscreveram para concurso de guarda municipal, com oferta de 60 vagas. O salário inicial é de R$ 3.030, mais adicionais de periculosidade e noturno. Em 2018, Joinville também deverá ter concurso para a guarda. No primeiro, em 2014, foram 5,6 mil para 60 vagas.

RESCALDO DE 2016
No dia 4, o Tribunal Regional Eleitoral julga uma das últimas ações envolvendo a disputa pela Prefeitura de Joinville: trata-se de um recurso da aliança de Darci de Matos contra a coligação de Udo Döhler por causa de gravações em espaços da Prefeitura para o horário eleitoral. Em primeira instância, a ação, com pedido de cassação do registro, foi considerada improcedente. 

 Confira outras colunas de Jefferson Saavedra

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: Joinvilenses gastarão menos no Natal pelo segundo ano consecutivo https://t.co/KGt8V4KnO2 #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: Joinvilenses gastarão menos no Natal pelo segundo ano consecutivo https://t.co/8ozJevj7bo #LeianoANhá 1 horaRetweet
A Notícia
Busca