Polícia Civil conclui inquérito sobre a morte de policial militar em Joinville - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Segurança26/10/2017 | 09h14Atualizada em 26/10/2017 | 09h14

Polícia Civil conclui inquérito sobre a morte de policial militar em Joinville

Crime ocorreu em 28 de agosto, dentro de uma loja de calçados, na zona Sul da cidade

Polícia Civil conclui inquérito sobre a morte de policial militar em Joinville Salmo Duarte/A Notícia
Dois suspeitos - um homem e uma mulher - foram presos em Joinville três dias após o crime Foto: Salmo Duarte / A Notícia
A Notícia
A Notícia

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios (DH) de Joinville, concluiu a investigação da morte do policial militar Joacir Roberto Vieira. No inquérito, sete pessoas foram indiciadas por terem participação direta ou indireta no assassinato. O crime ocorreu em 28 de agosto, dentro de uma loja de calçados, no bairro João Costa, zona Sul da cidade. 

Leia as últimas notícias de Joinville e região em AN.com.br

A investigação, comandada pelo delegado Fabiano Silveira, apurou que todos os indiciados pertencem a facção criminosa que atua na cidade, eles receberam a 'missão' de executar agentes de segurança durante onda de ataques em agosto deste ano. A ordem foi estipulada aos suspeitos como forma de punição, já que teriam cometido outro crime sem o 'consentimento' da organização. 

 PM é baleado e morto na esquina das ruas Padre Roma e Monsenhor Gercino, no bairro João Costa, na zona Sul de Joinville.
Morte de PM ocorreu dentro de um estabelecimento comercial na zona Sul de Joinville Foto: Maykon Lammerhirt / Grupo NSC

Na noite do crime, os suspeitos surpreenderam o policial dentro do estabelecimento e o executaram com disparos de arma calibre 38 e pistola calibre 40. Após o homicídio, os homens fugiram do local em um carro modelo Fiesta. O veículo utilizado no crime foi furtado no dia 04 de agosto, na cidade de Rio Negrinho, e incendiado horas depois do assassinato no bairro Ulysses Guimarães

Dos indiciados, quatro estão presos – três homens e uma mulher. Além deles, um adolescente foi apreendido, um suspeito morto em confronto com a polícia em 5 de setembro e o último indiciado continua foragido. A conclusão do inquérito é acompanhada de representação da especializada para a manutenção das prisões, decretadas no decorrer da investigação. 

Leia também:
Comandante faz alerta a policiais militares sobre ataques criminosos

'É uma questão nacional, que tem ação do crime organizado', afirma Colombo sobre ataques a agentes


Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona busca classificação à semifinal do Estadual neste domingo https://t.co/TZru9ymClh #LeianoANhá 34 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCopa Santa Catarina chega à última rodada neste domingo https://t.co/GbgzIj3mX0 #LeianoANhá 34 minutosRetweet
A Notícia
Busca