Morre homem acusado de atear fogo na esposa e no filho em Blumenau - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Crime30/10/2017 | 20h40Atualizada em 30/10/2017 | 20h40

Morre homem acusado de atear fogo na esposa e no filho em Blumenau

Homem de 47 anos estava internado com queimaduras no corpo desde o dia 22

Morre homem acusado de atear fogo na esposa e no filho em Blumenau Lucas Correia/Jornal de Santa Catarina
Crime ocorreu em uma casa no bairro Itoupava Central Foto: Lucas Correia / Jornal de Santa Catarina
Jornal de Santa Catarina
Jornal de Santa Catarina

Morreu nesta segunda-feira à tarde no Hospital Santa Isabel, em Blumenau, o homem de 47 anos acusado de atear fogo na esposa e no filho de 11 anos. Ele teria se queimado acidentalmente ao jogar gasolina e incendiar os dois na madrugada do dia 22 de outubro, na Itoupava Central.

O homem havia recebido voz de prisão e estava internado com 76% do corpo queimado. A assessoria de imprensa do Hospital Santa Isabel confirmou o óbito às 16h20min desta segunda em decorrência dos ferimentos causados pelo fogo.

A esposa dele, de 44 anos, morreu no dia seguinte ao crime. O menino de 11 anos segue internado em Florianópolis, no Hospital Infantil Joana de Gusmão.

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaErosão causa nova interdição na avenida Marquês de Olinda, em Joinville https://t.co/z0DscJ1mcX #LeianoANhá 9 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDefinida a escala de árbitros da terceira rodada do Catarinense 2018 https://t.co/53u5mmbrnV #LeianoANhá 36 minutosRetweet
A Notícia
Busca