Diogo Vargas: as vidas perdidas simbolizam um ano triste e assustador - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Opinião01/06/2017 | 13h42Atualizada em 01/06/2017 | 13h42

Diogo Vargas: as vidas perdidas simbolizam um ano triste e assustador

Com os assassinatos dos delegados federais, Florianópolis chega a 90 mortes violentas em 2017

Florianópolis chegou a 90 mortes violentas em 2017 com o assassinato dos dois delegados da Polícia Federal. O dado é da Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina.

Desde o começo do ano, foram 79 homicídios, dois latrocínios (roubos seguidos de morte), quatro lesões seguidas de morte e cinco mortes em confrontos com as polícias, conforme separação feita e divulgada pela própria SSP.

As vidas perdidas simbolizam um ano triste e assustador na história da Capital catarinense. Em cinco meses de 2017, já representam quase todos os assassinatos de 2016, quando ocorreram 92 mortes violentas o ano todo. Sem dúvida, o ano é calamitoso e caminha para um dos mais violentos da história de Florianópolis.

Os homicídios dos delegados federais se desenham como um trágico desentendimento que acabou sendo resolvido à bala por clientes. Mas, fatalmente, acabou trazendo à tona novamente o real aumento da criminalidade e insegurança que atinge a cidade.

No meio policial, o quadro é de extrema preocupação. Afinal, apesar do esforço de policiais linhas de frente, não há conhecimento de um plano de prevenção e atuação abrangente que garanta a diminuição dos crimes. Alheio à guerra entre facções e do tráfico de drogas, a certeza é que nem mesmo profissionais da segurança estão imunes à fúria e à sede de violência imposta em tempos atuais.

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaOcorrências de assalto assustam moradores da Praia do Sonho, em Palhoça https://t.co/Ex5LPAOSPF #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPacientes com hipertensão pulmonar reclamam da demora na liberação do remédio em Joinville https://t.co/j2tgmaD8KE #LeianoANhá 4 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros