Deic prende cinco pessoas durante operação em condomínio de Florianópolis - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Segurança02/06/2017 | 10h50Atualizada em 02/06/2017 | 18h25

Deic prende cinco pessoas durante operação em condomínio de Florianópolis

Ação ocorreu no bairro Abraão, na região continental da Capital

Deic prende cinco pessoas durante operação em condomínio de Florianópolis Deic / Reprodução/Reprodução
Material apreendido pelos investigadores na ação desta sexta-feira Foto: Deic / Reprodução / Reprodução

Uma operação da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) na manhã desta sexta-feira prendeu cinco pessoas em um condomínio de oito blocos que fica à margem da Via Expressa, no bairro Abraão, região continental de Florianópolis. Além das prisões, os agentes apreenderam duas pistolas e munições de calibre 380, cocaína, maconha, lança-perfume e R$ 3 mil em dinheiro.

Os policiais tinham 13 mandados de busca e apreensão e três de prisão para cumprir no local. Os acusados procurados pelas Divisões de Combate ao Crime Organizado (Draco) e de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), segundo o delegado Antonio Claudio Seixas Joca, atuavam na região norte da Ilha e recentemente se mudaram para o prédio no Abraão.

Um dos presos na operação desta sexta-feira havia sido detido pela Polícia Militar (PM) em 19 de abril durante abordagem na Vila União, no norte da Ilha. Ele e outros três homens estavam com um arsenal que incluía pistolas e submetralhadora. Em 18 de maio, a Justiça revogou a prisão em flagrante deles e os soltou. Cinco dias depois, o Tribunal de Justiça (TJ) voltou atrás e emitiu novo mandado de prisão contra os quatro.

Além dos três presos que tinham mandado em aberto na operação desta sexta, a Deic prendeu em flagrante um casal que tinha armas e drogas em casa.

— O objetivo da operação era capturar foragidos. Também apreendemos materiais como drogas e balança de precisão na área externa de dois blocos — relata Joca.

Uma das dificuldades de investigação no local, explica o delegado, é que os moradores ficam com medo de colaborar:

— A população de bem fica acuada para passar informação. Por ser num prédio, os alvos podem até fugir para a casa de um vizinho. Tentamos cumprir os mandados rapidamente.

Leia também:
TJ manda prender novamente homens flagrados com arsenal em Florianópolis

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSaavedra: Justiça nega limitar que cobrava limpeza do rio Bucarein, em Joinville https://t.co/wmz3amMPos #LeianoANhá 11 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaObras de duplicação da Santos Dumont devem ser concluídas até o final do ano em Joinville https://t.co/PeL6DSToPH #LeianoANhá 50 minutosRetweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros