Casal preso em Jaraguá do Sul confessa furto de veículo e assassinato de mulher encontrada em Araquari - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Segurança21/05/2017 | 16h06Atualizada em 21/05/2017 | 16h15

Casal preso em Jaraguá do Sul confessa furto de veículo e assassinato de mulher encontrada em Araquari

Corpo da vítima de 37 anos foi localizado na Estrada Geral Rio do Morro na tarde de sábado

A Notícia
A Notícia

A Polícia Militar de Jaraguá do Sul prendeu na manhã de sábado um casal por porte de veículo furtado e pela morte de uma mulher de 37 anos, que teve o corpo jogado em uma vala, na Estrada Geral Rio do Morro, em Araquari. A vítima de homicídio não teve o nome divulgado.

De acordo com a PM de Jaraguá do Sul, a descoberta do homicídio aconteceu após a central de emergência da corporação receber denúncia de que um casal estava em discussão verbal na rua Guilherme Menegotti, no bairro Tifa Martins. Ao chegar no local, os policiais fizeram contato com uma mulher de 42 anos, que relatou que sua filha, de 27 anos, tinha chegado em casa com um homem e que os dois estavam bastante "alterados" pelo uso de drogas.

A guarnição se deslocou, então, até o local onde o casal se encontrava. Ao ver a guarnição da PM, o homem correu, pulou um muro e entrou em um matagal. Os policiais iniciaram uma perseguição e prenderam o suspeito pouco depois. Durante a entrevista com os policiais, os dois suspeitos aparentavam muito nervosismo. A mulher dizia a todo instante que iria assumir a culpa.

Leia as últimas notícias sobre Joinville e região no AN.com.br

A dupla estava com um veículo Fiat Dobló, com placas de Araucária (PR), na garagem da casa, com várias peças de roupas. Na consulta da placa, os policiais identificaram que o veículo tinha registro de furto. A mulher confessou o crime e disse que as roupas que estavam no veículo eram de um arrombamento feito à loja de sua mãe.

Disse também que, por causa do uso de crack, havia matado outra mulher e que o corpo tinha sido abandonado no município de Araquari. Imediatamente, foram feitas diligências na Estrada Geral Rio do Morro, local apontado para a ocultação do cadáver, com o auxílio de guarnições da PM de São Francisco do Sul e de Araquari.

O corpo da mulher foi encontrado em uma vala, com amarras de tecido nas pernas, nos pulsos e na boca e foi recolhido pelos agentes da Polícia Civil e do Instituto-geral de Polícia (IGP). Os nomes dos suspeitos não foram divulgados pela polícia. 

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaStartup de Joinville desenvolve ferramenta de gestão orçamentária para médias empresas https://t.co/G99LE8vsfE #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: 'Joinville vai parar', diz Thomazi sobre situação da mobilidade https://t.co/Vly4GIcrJn #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros