Acusados por morte de jovem em 2014 vão a júri nesta quinta-feira em Joinville - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Segurança25/05/2017 | 07h30Atualizada em 25/05/2017 | 07h30

Acusados por morte de jovem em 2014 vão a júri nesta quinta-feira em Joinville

Um homem, preso desde 2015, confessou o crime e afirmou ter sido contratado por uma empresária

Nesta quinta-feira, ocorre o júri popular de Davi da Silva Antunes, 29 anos, e Ana Salete Deucher, 59, no Fórum de Joinville. O homem é suspeito de matar Thiago Régis Resia, em outubro de 2014, com um tiro na cabeça. Ana Salete teria sido a mandante. O crime ocorreu no bairro Costa e Silva, na zona Norte da cidade.

De acordo com a 1ª Vara Criminal, não será ouvida nenhuma testemunha durante o julgamento. A sessão será presidida pelo juiz da vara, Emerson Carlos Cittolin Santos, e contará com sete jurados sorteados. A acusação será conduzida pelo promotor Ricardo Paladino e os réus serão representados pelos advogados Paolo Alessandro Farris e Otávio Souza Vieira.

Segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público em 10 de junho de 2015, Thiago foi vítima de uma emboscada. Na descrição do relato, Davi da Silva Antunes dos Anjos é suspeito de ser o autor do crime. Ele teria praticado o ato a mando de Ana Salete Deucher. A vítima era ex-funcionária da denunciada e movia uma ação trabalhista contra a empresa em que ela era a proprietária.

Ainda conforme a denúncia, na noite do crime, por volta das 22 horas, ¿o denunciado Davi, agindo conforme combinado com Ana, telefonou para a vítima oferecendo-lhe falsa proposta de emprego e marcou encontro em um galpão situado à rua Benjamin Constant. No momento em que a vítima chegou ao local, o denunciado desferiu-lhe um disparo na cabeça...¿.

O advogado Otávio Souza Vieira, que faz a defesa de Ana Salete, adiantou que fará a negativa da autoria.

– Davi é réu confesso. Ele afirma que o fez a mando da minha cliente, mas vamos mostrar que não foi o que aconteceu – afirmou ele.

Davi está preso preventivamente desde maio de 2015. A reportagem não conseguiu contato com o advogado de defesa até o fechamento da edição.

A sessão do Tribunal do Júri começa às 9h30, no Fórum. Os réus foram denunciados pelo MP por homicídio qualificado. Se forem condenados, a pena pode se aproximar de 30 anos de reclusão.

Leia mais: Davi dos Anjos foi preso em maio de 2015, na mesma semana em que outros cinco suspeitos foram detidos por homicídio em Joinville
Confira outras notícias de Joinville e região

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAgente penitenciário morto em Joinville será enterrado no Rio Grande do Sul https://t.co/yAD5iTkuBu #LeianoANhá 45 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC solicita à CBF a antecipação do horário do jogo contra o Macaé https://t.co/tBg30e0dMN #LeianoANhá 7 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros