Polícia Civil de Joinville conclui inquérito de bebê agredido a pauladas - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Violência07/04/2017 | 16h16Atualizada em 07/04/2017 | 16h16

Polícia Civil de Joinville conclui inquérito de bebê agredido a pauladas

Agressão contra criança de um ano e oito meses ocorreu em março deste ano

Polícia Civil de Joinville conclui inquérito de bebê agredido a pauladas 2ª Cia de Aviação da Polícia Militar/Divulgação
Helicóptero Águia fez o transporte da criança para o Hospital Infantil Foto: 2ª Cia de Aviação da Polícia Militar / Divulgação
Gabriela Florêncio
Gabriela Florêncio

gabriela.florencio@an.com.br

A Polícia Civil de Joinville, por meio da Delegacia de Homicídios, concluiu o inquérito da agressão contra um bebê de um ano e oito meses. A criança foi atingida na cabeça por um pedaço de pau em março deste ano, no bairro Rio Bonito, área rural da cidade. De acordo com o delegado Fabiano Silveira, responsável pelo caso, o laudo pericial confirmou que a mãe da criança, Charlene Rodrigues, 23 anos, foi atingida por um golpe pelas costas.

Leia as últimas notícias de Joinville e região em AN.com.br

— A perícia confirmou que a mãe foi atingida uma vez pelas costas. Na investigação, há depoimento de testemunhas que confirmam que o golpe era para atingi-la – afirmou.

O inquérito foi entregue ao Ministério Público, que irá analisar se oferece a denúncia do suspeito ou solicita mais diligências para o caso. O suspeito de ter proferido os golpes é Alexandre Sobzack, 47 anos. Ele será indiciado por tripla tentativa de homicídio praticado por dolo eventual, contra a criança, a mãe e o avô do bebê. Alexandre se apresentou à polícia no dia 28 de março.

Relembre o caso

O ataque aconteceu após um desentendimento entre o suspeito, que é proprietário do imóvel onde Charlene morava com a criança, e Rumão Rodrigues, 53 anos, o avô do bebê. Durante a briga, Alexandre teria ido até o carro e buscado um pedaço de madeira, que utilizou para agredir Rumão com duas pancadas.

Em seguida, ao tentar atingir Charlene, acertou a criança, que estava no colo da mãe. Em depoimento à polícia, Alexandre informou que pegou o pedaço de madeira para se defender, após ser agredido pelo avô. De acordo com o delegado Fabiano, o suspeito disse que não viu a mãe e nem a criança no ambiente onde aconteceu a agressão.

 O bebê continua internado em estado grave na UTI do Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria. Alexandre está preso preventivamente no Presídio Regional de Joinville

Leia mais:
:: Polícia procura por homem que deixou bebê em estado grave após agressão em Joinville

:: Delegado espera que agressor de bebê se entregue nesta segunda-feira em Joinville

:: Bebê é agredido a pauladas na zona rural de Joinville

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaEstado deixa de enviar presos ao Complexo Penitenciário de Florianópolis: "Chegamos no limite" https://t.co/whhw8J7s8O #LeianoANhá 8 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaQuadrilha tenta remover cofre de banco com cabo de aço em Barra Velha, Litoral Norte de SC https://t.co/qvUQZLEaky #LeianoANhá 33 minutosRetweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros