Polícia Civil cumpre mandados contra o crime organizado em Joinville - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Segurança20/04/2017 | 13h13Atualizada em 20/04/2017 | 13h27

Polícia Civil cumpre mandados contra o crime organizado em Joinville

Uma mulher foi detida suspeita de pertencer a organização criminosa que atua na cidade

Polícia Civil cumpre mandados contra o crime organizado em Joinville Salmo Duarte/Agencia RBS
Operação da DRACO/DEIC contou com o apoio da Polícia Civil de Joinville  Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS
Gabriela Florêncio
Gabriela Florêncio

gabriela.florencio@an.com.br

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), deflagrou na manhã desta quinta-feira operação contra facção criminosa que atua em Santa Catarina. Em Joinville, a ação contou com o apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC), Delegacia de Homicídios (DH) e com algumas Delegacias de Polícia (DP) da cidade.

Ao todo, 23 policiais civis joinvilenses participaram da operação. Em todo o estado, 200 homens colaboraram na ação. Os alvos de Joinville estavam nos bairros Paranaguamirim e Petrópolis, zona Sul da cidade. Além dessas localidades, a polícia cumpriu diligências também no município de Araquari.

Leia as últimas notícias de Joinville e região em AN.com.br

Segundo o delegado da DH, Fabiano Silveira, as operações começaram às 4 horas da manhã em várias cidades do Estado. Foram cumpridos 10 mandados em Joinville — sendo oito de busca e apreensão e dois de prisão. Durante a ação, uma mulher, de 28 anos, foi detida em uma residência do bairro Petrópolis. A outra pessoa com mandado de prisão em aberto não foi localizada.

— A investigação da DEIC apontou que ela possivelmente faz parte de uma organização criminosa que atua em SC. Junto com a mulher, foi localizada uma arma de calibre 38 — afirmou.

Ainda de acordo com o delegado, outros objetos foram apreendidos durante a operação. Mas, para preservar a investigação, ainda não serão revelados. A moça foi detida em flagrante por posse irregular de arma de fogo e será interrogada pela polícia, dando prosseguimento à investigação criminal contra as facções.

Ela será encaminhada para a DEIC de Florianópolis, que está coordenando a operação. Essas investigações vêm sendo realizadas há cinco meses pela Polícia Civil. No período, 11 homens foram presos nas cidades de Florianópolis, Joinville, Navegantes, Balneário Camboriú e Chapecó por envolvimento com as facções.

A DRACO/DEIC também identificou as principais lideranças dessa organização criminosa atuantes dentro e fora do sistema prisional de SC, as quais são alvos das medidas judiciais. 

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaO embate polícia x bandidos  https://t.co/uONuincFTA #LeianoANhá 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSurfista joinvilense ensina surfe em pranchas de garrafa PET para crianças do Pacífico Sul  https://t.co/0varm2YFu5 #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros