Polícia prende líderes do tráfico na Costeira, em Florianópolis - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Segurança31/03/2017 | 10h04Atualizada em 31/03/2017 | 20h28

Polícia prende líderes do tráfico na Costeira, em Florianópolis

Ao menos cinco pessoas foram presas e outras sete são procuradas

Polícia prende líderes do tráfico na Costeira, em Florianópolis Divulgação / Polícia Civil/Polícia Civil
Droga apreendida em 2016 que seria do bando investigado, segundo a polícia Foto: Divulgação / Polícia Civil / Polícia Civil

Líderes do tráfico de drogas no bairro Costeira, em Florianópolis, são os alvos de uma operação desencadeada pela Polícia Civil desde às 6h desta sexta-feira. A ação é coordenada pela Delegacia de Combate às Drogas (Decod) e cumpre mandados de prisão. Ao menos cinco pessoas foram presas e outras sete são procuradas.

Ainda não há detalhes, mas por volta das 9h30min os policiais continuavam nas ruas em busca dos investigados. Um dos homens que teve a prisão decretada é Danilo de Souza, irmão do traficante Sérgio de Souza, o Neném da Costeira. Na última segunda-feira, Danilo foi preso pela Delegacia de Homicídios suspeito de ser o mandante do crime do Mercado Público, em que Vilmar de Souza Júnior, o Juninho, foi assassinado. 

— A operação busca desmantelar toda a liderança do tráfico na Costeira. O Danilo, irmão de Neném, é o 01, o principal líder. Também prendemos o braço-direito dele e um empresário que estão envolvidos — disse o delegado Attilio Guaspari Filho, destacando três prisões importantes dos cabeças da quadrilha.

A investigação ainda está em andamento e o delegado afirma que o grupo também está envolvido em outros homicídios na Capital. Segundo ele, provas em torno de mortes serão compartilhadas com a da Delegacia de Homicídios. 

Os investigados, ressaltou Attílio, costumam agir com violência. Além da Costeira, a Polícia Civil agiu no Campeche e em Palhoça. Os policiais levaram os presos para a 5a Delegacia de Polícia, na Agronômica, e depois ao presídio da Capital. Foram mobilizados 60 agentes de delegacias de Florianópolis. O advogado Francisco Ferreira, defensor de Danilo de Souza, afirma que o seu cliente nega envolvimento com o tráfico de drogas e viu com surpresa o mandado de prisão decretado por esse motivo.

Leia mais notícias:
Irmão de Neném da Costeira é preso pelo crime no Mercado Público
Homem é morto a tiros em frente ao Mercado Público, no Centro de Florianópolis

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia"São infelizes coincidências", diz secretário sobre ataques a agentes prisionais em SC https://t.co/l7puETDfhv #LeianoANhá 1 diaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMorre Uno Theilacker, ex-ciclista premiado de Joinville https://t.co/jqZFCzrkHQ #LeianoANhá 1 diaRetweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros