Justiça interdita presídio de Caçador por superlotação - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Segurança17/03/2017 | 08h20Atualizada em 17/03/2017 | 08h22

Justiça interdita presídio de Caçador por superlotação

Hoje a unidade tem 295 presos, sendo que a capacidade oficial é de cerca de 100 detentos

Diário Catarinense
Diário Catarinense

A Justiça interditou o Presídio Regional de Caçador por superlotação nesta quinta-feira, conforme mostrou o RBS Notícias, da RBS TV SC. Hoje a unidade tem 295 presos, sendo que a capacidade oficial é de cerca de 100 detentos. Há 30 dias, transferências já tinham sido solicitadas para amenizar o problema, mas não foram cumpridas.

Com a decisão desta quinta, o presídio não poderá receber novos detentos até que as transferências sejam feitas. Quem for preso na cidade, deverá ser encaminhado a outras unidades catarinenses.

Em nota, o Departamento de Administração Prisional (Deap) disse que vai cumprir a decisão da Justiça, mas não informou uma previsão para as transferências.

Leia todas as notícias do Diário Catarinense

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaApós derrota para o Macaé, técnico Fabinho Santos é demitido do JEC https://t.co/xaEJQoqQ4o #LeianoANhá 6 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC perde para o Macaé no fim e entra na zona do rebaixamento https://t.co/GOs0xR6KSf #LeianoANhá 6 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros