Preso mais um suspeito de tiroteio com a Deic em São João Batista - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Rio Grande do Sul19/02/2017 | 17h45Atualizada em 19/02/2017 | 18h03

Preso mais um suspeito de tiroteio com a Deic em São João Batista

Homem foi capturado em uma casa em Novo Hamburgo com revólver e cilindros usados para arrombar caixas eletrônicos

Preso mais um suspeito de tiroteio com a Deic em São João Batista Divulgação/Polícia Civil/RS
Foto: Divulgação / Polícia Civil/RS

As polícias Civil do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina prenderam mais um homem suspeito de integrar a quadrilha que trocou tiros com a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) na madrugada do dia 11 deste mês em São João Batista, no Vale do Rio Tijucas. Felipe Voltz Conceição, o Seco, foi preso em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, na última quinta-feira.

A polícia catarinense ainda não havia divulgado a ação, pois continuam apurações na tentativa de capturar mais integrantes do bando. No confronto com a Deic, em frente ao Banco do Brasil, três criminosos morreram e dois policiais civis ficaram feridos, entre eles o delegado Anselmo Cruz, que passou por cirurgia, passa bem e saiu do hospital. A quadrilha é do Rio Grande do Sul e não conseguiu concretizar o roubo, pois foi surpreendida pela Deic, que estava de campana no local. Os bandidos estavam com forte armamento e seriam responsáveis por série de ataques a agência bancárias nos dois Estados, nos últimos anos.

A prisão no RS foi feita por policiais civis de Novo Hamburgo. O homem estava escondido na casa da irmã. Segundo a Polícia Civil do RS, ele foi reconhecido pela polícia catarinense como um dos assaltantes que participou do tiroteio. Diante da suspeita, policiais conseguiram com a Justiça gaúcha um mandado de busca e apreensão. Na casa em que estava havia um revólver calibre 38, dois cilindros e um maçarico, artefatos usados para arrombar caixas eletrônicos. O preso teve a prisão preventiva decretada pela Justiça de São João Batista.

O diretor da Deic, delegado Adriano Bini, confirmou a ação e disse que as equipes da Deic dos dois Estados estão trocando informações. O homem capturado é considerado de alta periculosidade e foi trazido a Santa Catarina. A suspeita da polícia é que ao menos quatro criminosos tenham fugido naquela madrugada, em São João Batista. O líder da quadrilha seria um dos fugitivos, também do RS. A reportagem não teve acesso ao preso e não conseguiu contatar o seu advogado até a publicação desta reportagem.

Leia mais:

Líder da quadrilha que trocou tiros com a Deic em São João Batista conseguiu fugir

Tensão entre policiais marca apresentação de quadrilha de assaltantes na Deic

Quadrilha que trocou tiros com a Deic é suspeita de seis grandes assaltos em SC e RS

Cacau Menezes: Descoordenação entre polícias coloca vidas em perigo em São João Batista

Assalto a banco termina com três mortos e três feridos em São João Batista, na Grande Florianópolis

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAcij vibra com a nova lei de terceirização https://t.co/spvxybzAdk #LeianoANhá 22 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaGuardas municipais de Balneário Camboriú identificados em vídeo de tortura serão afastados https://t.co/9tCHja7polhá 48 minutosRetweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros