Saavedra: Indefinição na reta final na disputa em Joinville - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Portal01/10/2016 | 08h05

Saavedra: Indefinição na reta final na disputa em Joinville

Levantamento contratado pela RBS TV e divulgado na sexta-feira aponta para possível segundo turno

A última pesquisa Ibope sobre a disputa em Joinville confirma o favoritismo da participação de Udo Döhler (PMDB) no 2º turno, com a outra vaga em disputa entre Darci de Matos (PSD) e Marco Tebaldi (PSDB). No levantamento contratado pela RBS TV e divulgado na sexta, Udo chegou a 36% na pesquisa estimulada, três pontos percentuais acima da pesquisa anterior, divulgada há duas semanas.

Darci passou de 20% para 23%, assumindo numericamente o segundo lugar. Nesse intervalo, o candidato do PSD adotou uma postura mais crítica em relação ao governo Udo. Tebaldi passou de 22% para 17% e está empatado tecnicamente com Darci na segunda colocação, afinal, a margem de erro é de quatro pontos percentuais (para cima ou para baixo).  Os demais candidatos não atingiram a marca dos dois dígitos – veja os resultados completos da pesquisa na página 6.

Em votos válidos, contagem que não leva em conta os brancos e nulos e é usada pela Justiça Eleitoral para apresentar os resultados, Udo chega a 40%, com Darci citado por 26% dos entrevistados e Tebaldi por 19%. Para vitória no primeiro turno neste domingo, um candidato precisa chegar a 50% mais um dos votos válidos.


Confira a pesquisa Ibope para a Prefeitura de Joinville.

Resposta

A aliança de Udo conseguiu direito de resposta, em inserções a serem exibidas em TVs neste sábado, para se posicionar sobre alegação de Dr. Xuxo de que o candidato teria desrespeitado lei eleitoral. Há outros pedidos da coligação. Já a aliança de Darci ganhou direito de resposta contra postagem de Alexandre Brandão em redes sociais – e lá será respondido.

Também vai à Justiça

O diretor-executivo da Fundação Cultural de Joinville, Evandro Censi, promete processar Dr. Xuxo devido às acusações do candidato do PP de irregularidades em repasses para escola de samba da qual ele foi presidente. Evandro quer indenização por danos morais. A escola vai tentar o mesmo.

Confira como foi o último debate com seis candidatos à Prefeitura de Joinville.

Apuração

Vice de Tebaldi, Marilisa Boehm foi na sexta à Polícia Federal pedir investigação sobre vídeo espalhado em redes sociais na quarta. De acordo com Tebaldi, houve investimento para espalhar o conteúdo, um “vídeo antigo”, para tentar atacá-lo. A campanha quer identificar a autoria.

Nova rota

A abrupta guinada de Dr. Xuxo na ofensiva contra Udo Döhler é uma das surpresas da reta final de campanha eleitoral em Joinville. O movimento teve as inserções em tom de denúncia e ações na Justiça Eleitoral e na Justiça Comum contra o candidato do PMDB.

Difícil

Com impedimento judicial por causa da pendenga da dívida da tarifa defasada, a licitação do transporte coletivo entrou em pauta na campanha eleitoral e, pelo que foi dito, a concorrência será realizada nos próximos quatro anos, sejam quem for o vencedor da disputa.  Mas o nó judicial será difícil de desamarrar até lá.

Tempo

Pelo desempenho nos debates, nos quais conseguiu destrinchar suas propostas, Rodrigo Bornholdt poderia estar em situação melhor se tivesse mais espaço no horário eleitoral de rádio e TV. Só que ter uma fatia maior de tempo, nesta campanha mais curta e com escassez de recursos, era uma condição quase que obrigatória para quem quer entrar no jogo com mais chances.


Atuação dos bombeiros

Nos últimos dias, o Ministério Público de Santa Catarina abriu dois inquéritos civis relacionados à atuação de bombeiros em Joinville. O primeiro deles apura se houve delegação do poder de polícia, isto é, de interdição, à corporação voluntária, tema de ação da inconstitucionalidade apresentada pelo MPF no STF, ainda sem julgamento.


Sistema do Regin

O outro inquérito quer apurar se o município de Joinville acolhe de forma direta, no sistema Regin, os atestados de aprovação de projetos preventivos contra incêndio elaborados pelos bombeiros militares. Na cidade, o convênio da Prefeitura é com os voluntários, mas também há atuação dos militares.

Entrevero

Pelas redes sociais, Dr. Xuxo se queixou de ter sido alvo de palavras ofensivas e de baixo calão, ditas por Marco Aurélio Braga, após o debate na RBS TV. O candidato prometeu ação judicial contra o coordenador de Udo. Mais tarde, também por meio de redes sociais, Marco Aurélio negou as palavras de baixo calão e mostrou fotos de que teria sido agredido pelo irmão de Dr. Xuxo, José Carlos Vieira.

Cobrança

Assim como a tentativa de repassar pelo menos parte da folha dos servidores do Hospital São José para o Estado ou União, o aumento do índice de repasse do ICMS para Joinville é outra luta que sucessivos prefeitos vêm travando sem grandes resultados. Nos governos Carlito e Udo, foram apresentadas ações judiciais. O tema apareceu no debate de sexta na RBS TV.

A maior

O retorno do imposto ainda é a principal receita da Prefeitura de Joinville – no ano passado, rendeu R$ 390 milhões. Mas por uma série de motivos, a cidade acredita que devia ter um índice maior. Hoje, a cidade fica com 9,43% dos repasses para os municípios catarinenses. As variações têm sido mínimas nos últimos anos e para 2017 a previsão, provisória, é de queda, para 9,11%, o que pode significar R$ 13 milhões a menos.

Histórico

Desde a adoção da possibilidade de votação em dois turnos, só nas eleições de 2000 e 2004 um candidato conseguiu mais de 50% dos votos no primeiro turno. Em 1992, 1996, 2008 e 2012, a parada só foi decidida no segundo turno. Vitorioso na primeira votação, LHS enfrentou dois adversários em 2000. Tebaldi teve outros quatro concorrentes em 2004. 

Na eleição atual, são oito candidatos na disputa – em eleições desde a volta do multipartidarismo, só em 1988 houve um número maior de candidatos, nove, no caso (Luiz Gomes foi o vencedor).


 

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Portal 29/09/2016 | 07h01

Saavedra: Último balanço mostra recuo no peso da folha de pagamento da Prefeitura de Joinville

A despesa mensal esteve em média em R$ 61 milhões nos últimos 12 meses

Portal 07/09/2016 | 07h04

Jefferson Saavedra: Aumentam os roubos de celulares em Joinville

No mês passado, foram 42 casos registrados apenas na Zona Sul

AN Portal 13/08/2016 | 07h31

Peso da folha será o maior desafio do próximo prefeito de Joinville

Ainda sem o reajuste de 2016, folha de pagamento está em R$ 790 milhões anuais

AN Portal 17/02/2016 | 09h23

Jefferson Saavedra: Fiscalização dos bombeiros militares atende a pedido do MP em Joinville

Bombeiros militares estão fiscalizando hotéis e pousadas na cidade

AN Portal 13/02/2016 | 07h03

Paulo Bauer avalia as disputas de 2016

Senador considera improvável lançar candidatura à Prefeitura de Joinville

AN Portal 28/12/2015 | 07h02

Frota de veículos de Joinville cresceu menos em 2015

Taxa de crescimento pode ser considerada a pior em pelo menos 13 anos

AN Portal 26/12/2015 | 09h03

Gastos da Câmara de Vereadores de Joinville com diárias sobem 19% e chegam a R$ 775,2 mil

Marinebus volta a fazer viagens, Litoral Norte tem pontos impróprios para banho e outras notícias

AN Portal 24/12/2015 | 07h32

Jefferson Saavedra: em duas décadas, consumo de drogas entre jovens atinge índice preocupante em Joinville

Consumo de maconha pulou de 1% para 29% e de bebidas alcoólicas, de de 37% para 79%

AN Portal 23/12/2015 | 07h06

Jefferson Saavedra: tarifa de limpeza urbana será reajustada acima da inflação em Joinville

Aumento será de 14,21%, enquanto o índice inflacionário dos últimos 12 meses está em 10,48%

AN Portal 22/12/2015 | 07h06

Jefferson Saavedra: reajuste da tarifa de água será maior e vai chegar antes para o consumidor joinvilense

Medidas foram aprovadas nesta segunda-feira pelo Conselho Municipal de Água e Esgoto

ANPortal 15/12/2015 | 10h29

Saavedra: Regra de licitação cria impasse na volta da Zona Azul em Joinville

Projeto na Câmara é o último passo antes do lançamento da licitação

Jefferson Saavedra 05/11/2015 | 07h11

Saavedra: mantida a lei do horário de pico para o tráfego de trens em Joinville

Em duas tentativas na Justiça, a ALL não conseguiu suspender as leis municipais de proibição

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSenado adia sessão para esperar decisão do STF sobre afastamento de Renan Calheiros https://t.co/ykBgXcQeDVhá 36 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAO VIVO: STF decide se mantém ou afasta Renan Calheiros da presidência do Senado https://t.co/iOIfkAQjbehá 1 horaRetweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros