Acusado de morte em casa noturna será julgado na quinta-feira em Florianópolis - Segurança - A Notícia

Versão mobile

Júri popular31/10/2016 | 20h16Atualizada em 31/10/2016 | 20h30

Acusado de morte em casa noturna será julgado na quinta-feira em Florianópolis

Leonardo dos Passos Pereira atingiu e matou a vítima com um copo no banheiro de boate.

Acusado de morte em casa noturna será julgado na quinta-feira em Florianópolis Reprodução/PMSC
Acusado do crime, Leonardo dos Passos Pereira. Foto: Reprodução / PMSC

Adiado em setembro, o julgamento de Leonardo dos Passos Pereira, 21 anos, acusado de matar o estudante Diogo Cuiabano de Medeiros, 26, em março de 2015 na casa noturna Fields, será na próxima quinta-feira em Florianópolis.

O júri popular começará às 9h no Fórum do Centro. A vítima foi atingida pelo acusado no banheiro do estabelecimento. O crime ocorreu no dia 28 de março, por volta das 4h30min. Na denúncia, o Ministério Público de Santa Catarina afirma que Leonardo teve a intenção de matar ao utilizar um copo para golpear o pescoço de Diogo, levando-o à morte.

Na acusação atuará o promotor Luiz Fernando Pacheco. A promotoria afirma que o homicídio teve motivação fútil pois decorreu de um esbarrão entre a vítima e o denunciado, uma "situação manifestamente desproporcional entre a ação e o resultado do comportamento do agente delitual".

Segundo a promotoria, a denúncia também salienta que a vítima não teve condições de se defender já que foi atingida em uma região vital. A motivação fútil e a impossibilidade de defesa tornam o homicídio qualificado o que poderá acarretar uma pena maior ao denunciado.

O julgamento estava marcado para o dia 20 de setembro, mas foi remarcado por decisão do juiz do Tribunal do Júri da Capital, Marcelo Volpato de Souza. Na decisão, o magistrado entendeu que as partes precisavam de mais tempo para analisar um laudo pericial.

A defesa do réu, que está preso, pediu que sejam ouvidas cinco testemunhas no plenário. No processo, Leonardo alegou legítima defesa, que não tinha intenção de matar e que não conhecia a vítima. Admitiu que estava levemente embriagado, que esbarrou despropositadamente, tendo a vítima esboçado reação negativa e como ela (vítima) portava algum objeto acabou a acertando por reflexo com um copo que quebrou em sua mão.

Universitário do Rio de Janeiro
A vítima, Diogo Cuiabano de Medeiros. Foto: Reprodução / Facebook

Diogo Cuiabano de Medeiros era natural do Rio de Janeiro. Em 2013, foi aprovado para o vestibular de Engenharia Eletrônica na UFSC e morava em Florianópolis. O corpo do jovem foi enterrado no Rio de Janeiro (RJ). A família de Diogo acompanha os desdobramentos judiciais do caso e deverá marcar presença no julgamento.

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaTransformador de cinco toneladas cai de carreta e bloqueia BR-376 https://t.co/YUAK9VyoVWhá 12 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJoão Carlos Gonçalves é afastado do cargo da Câmara de Vereadores de Joinville https://t.co/UIXONjXnEjhá 16 horas Retweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros