Segurança, A Notícia, clicRBSA Notíciahttp://anoticia.clicrbs.com.br/sc/urn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-iatom© 2011-2018 clicrbs.com.br2018-07-16T14:36:53-03:00urn:publicid:clicrbs.com.br:24448023Vara exclusiva para julgamento de homicídios deve diminuir processos pendentes em Joinville De acordo com levantamento TJ-SC, município possui cerca de 600 processos pendentes deste tipo de crime. Judiciário prevê redução de mais de 10% no acervo, em um período de dois meses2018-07-16T14:36:53-03:002018-07-16T14:36:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteVara exclusiva para julgamento de homicídios deve diminuir processos pendentes em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24448023Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-vara-exclusiva-para-julgamento-de-homicidios-deve-diminuir-processos-pendentes-em-joinville-10498710Vara exclusiva para julgamento de homicídios deve diminuir processos pendentes em Joinville De acordo com levantamento TJ-SC, município possui cerca de 600 processos pendentes deste tipo de crime. Judiciário prevê redução de mais de 10% no acervo, em um período de dois meses2018-07-16T14:36:53-03:002018-07-16T14:36:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brCom o início da operação da vara especializada em Tribunal do Júri, em Joinville, o Tribunal de Justiã de Santa Catarina (TJ-SC) prevê uma redução de mais de 10% no acervo de processos pendentes de julgamento. A previsão é que a redução aconteça já nos dos primeiros meses de atividade da nova unidade. A vara exclusiva para julgamento de crimes de homicídios – tentados e consumados – começa os trabalhos nesta segunda-feira. O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) realiza, às 17 horas, cerimônia para marcar o início dos trabalhos da vara exclusiva. A iniciativa partiu da necessidade do Poder Judiciário em diminuir a quantidade de processos pendentes e dar mais agilidade no julgamento dos processos de crimes desta natureza. Segundo levantamento do TJ-SC, o município possui aproximadamente 600 processos pendentes de crimes dolosos contra a vida.Atualmente, a cidade possui cinco varas que atuam na área criminal que somam um volume considerável de processos, apesar do esforço dos magistrados. A estimativa é que as cinco unidades tenham aproximadamente 18 mil processos. Segundo TJ-SC, o alto índice é efeito do crescimento da criminalidade nos últimos anos, principalmente em crimes relacionados a atuação de organizações criminosas e o aumento nos crimes contra a vida. Por causa do aumento nos índices da criminalidade e violência, houve também acréscimo nas forças policiais e a criação de uma delegacia especializada em homicídios em Joinville. Ainda de acordo com o TJ-SC, esse reforço melhorou a taxa de resolução dos crimes e, como consequência, aumentou o volume de trabalho no Judiciário, principalmente da 1ª Vara Criminal, que já era exclusiva para o julgamento dos crimes contra a vida. - A criação desta nova Vara do Tribunal do Júri era a resposta esperada e adequada do Poder Judiciário para auxiliar a resolução mais rápida e eficiente desses crimes graves, complementando as ações do Estado que também foram no mesmo sentido, além de significar o aumento da estrutura para o julgamento dos feitos criminais e a preocupação do Tribunal de Justiça com o clamor da sociedade joinvillense por mais segurança - destaca o juiz, Luís Felipe Canever, que será responsável pela vara. O juiz também destaca que a principal mudança com a instalação da nova vara será a dedicação exclusiva para os processos de júri. Assim, os processos pendentes poderão ir a julgamento mais rapidamente. Além de prever duas sessões de júri por semana, resultando que o acervo de processos pendentes de julgamento reduza em mais de 10%, nos dois primeiros meses de atividade da nova vara. - Acreditamos que, em um ano, o acervo esteja em dia, melhorando muito o prazo de resposta do Judiciário para os crimes graves que ocorrem na comarca - ressalta o juiz Canever. SERVIÇO: O quê: Implantação da Vara do Tribunal do Júri da comarca de JoinvilleQuando: Segunda-feira, 16 de julho, às 17 horasOnde: Salão do Júri Desembargador Francisco José Rodrigues de Oliveira – Endereço avenida Hermann August Lepper, número 980, no bairro Saguaçu.Porto Alegre, RSA NotíciaVara exclusiva para julgamento de homicídios deve diminuir processos pendentes em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-vara-exclusiva-para-julgamento-de-homicidios-deve-diminuir-processos-pendentes-em-joinville-10498710Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24571931Jovem é morto após tentar separar briga de casal em JoinvilleVítima de 21 anos foi esfaqueada na noite deste sábado na zona Leste da cidade2018-07-15T18:07:32-03:002018-07-15T18:07:32-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSReproduçãoJovem é morto após tentar separar briga de casal em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24571931Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-jovem-e-morto-apos-tentar-separar-briga-de-casal-em-joinville-10497947Jovem é morto após tentar separar briga de casal em JoinvilleVítima de 21 anos foi esfaqueada na noite deste sábado na zona Leste da cidade2018-07-15T18:07:32-03:002018-07-15T18:07:32-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm jovem de 21 anos foi morto após tentar separar uma briga entre um casal na zona Leste de Joinville. Segundo informações da Polícia Civil, a vítima tentou apartar a briga e acabou sendo atingida por golpes de faca. O crime aconteceu na noite deste sábado (14), nas proximidades da rua Carlos Roberto Wilpert, no bairro Aventureiro. Até o final da tarde deste domingo, ninguém havia sido preso suspeito do homicídio e o casal envolvido ainda não havia sido localizado. O jovem foi identificado como Alisson Tereza Batista. O caso será encaminhado para a Delegacia de Homicídios (DH) que irá investigar o assassinato. Alisson deixa um filho. Ele está sendo velado na Capela da Prever, no bairro Iririú, o sepultamento acontece nesta segunda-feira (16), a partir das 11 horas, no Cemitério São Sebastião.Quem tiver informações ou quiser realizar denúncias para a Delegacia de Homicídios pode ligar para o Disque Denúncias (181) ou enviar mensagens para a página da Delegacia de Homicídios no Facebook. As informações serão mantidas em sigilo. Leia também: Comerciante é morto com tiro no rosto em Jaraguá do SulIncêndio destrói pizzaria na zona Leste de Joinville Jovem morre após colidir em muro e capotar o carro na zona Leste de JoinvilleApós perseguição policial, suspeito é preso com armas e drogas em JoinvillePorto Alegre, RSA NotíciaJovem é morto após tentar separar briga de casal em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-jovem-e-morto-apos-tentar-separar-briga-de-casal-em-joinville-10497947Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24571580Após perseguição policial, suspeito é preso com armas e drogas em JoinvillePrisão aconteceu por volta das 20h30 deste sábado, na zona Leste da cidade2018-07-15T14:12:17-03:002018-07-15T14:12:17-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPolícia MilitarApós perseguição policial, suspeito é preso com armas e drogas em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24571580Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-apos-perseguicao-policial-suspeito-e-preso-com-armas-e-drogas-em-joinville-10497828Após perseguição policial, suspeito é preso com armas e drogas em JoinvillePrisão aconteceu por volta das 20h30 deste sábado, na zona Leste da cidade2018-07-15T14:12:17-03:002018-07-15T14:12:17-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brApós perseguição policial, um homem foi preso suspeito de portar drogas e armas em Joinville. A apreensão aconteceu durante uma operação do Comando Geral da Polícia Militar (PM) em todo o Estado, intitulada Operação 4.000. No município, a ação no bairro Aventureiro, na zona Leste da cidade. De acordo com informações da PM, a guarnição realizava rondas pela rua Martinho Van Bienne, por volta das 20h30 deste sábado, quando localizou o homem transitando de moto em atitude suspeita. O motoqueiro fugiu por diversas ruas do bairro Aventureiro e não obedeceu as ordens de parada da polícia. Durante a perseguição, segundo a PM, o suspeito cruzou várias preferenciais, semáforos, radares e furou outra barreira policial na rua Tuiuti. Já próximo da rua Arara, o homem perdeu o controle da moto e caiu. A polícia realizou revista no suspeito e encontrou 22 munições de calibre .22. Ainda de acordo com a PM, durante a fuga, o suspeito teria dispensado um tablete de maconha no trajeto. Os policiais foram até a casa do homem que fica no mesmo bairro. Na casa do suspeito, a polícia também localizou quatro armas de fogo, munições e dinheiro. Foto: Polícia Militar / DivulgaçãoNa residência, a PM encontrou quatro armas de fogo, 100 quilos de maconha, porções de cocaína, crack e skank, além de radiocomunicadores, balanças de precisão, celulares, colete balístico, caderno de anotações com informações sobre tráfico de drogas e mais de R$1 mil em dinheiro. O suspeito e o material apreendido foram encaminhados à Central de Polícia de Joinville.Porto Alegre, RSA NotíciaApós perseguição policial, suspeito é preso com armas e drogas em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-apos-perseguicao-policial-suspeito-e-preso-com-armas-e-drogas-em-joinville-10497828Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24569261PRF recupera carro roubado e que circulava clonado na BR-101 em JoinvilleVeículo tinha registro de furto em Joinville desde fevereiro de 20172018-07-13T15:32:55-03:002018-07-13T15:32:55-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPRF, divulgação / PRF, divulgaçãoPRF recupera carro roubado e que circulava clonado na BR-101 em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24569261Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-prf-recupera-carro-roubado-e-que-circulava-clonado-na-br-101-em-joinville-10496632PRF recupera carro roubado e que circulava clonado na BR-101 em JoinvilleVeículo tinha registro de furto em Joinville desde fevereiro de 20172018-07-13T15:32:55-03:002018-07-13T15:32:55-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brDurante fiscalização de rotina nesta quinta-feira, policiais rodoviários federais recuperaram na BR 101 em Joinville um Chevrolet/Tracker roubado em Joinville e que circulava clonado.Durante a vistoria na documentação, os policiais perceberam que a cédula do Certificado de Licenciamento (CRLV) pertencia a um lote roubado do Ciretran de Braço do Norte/SC. Ao realizar busca no automóvel, os agentes constataram que o carro tinha registro de furto/roubo em Joinville desde fevereiro de 2017, mas estava circulando clonado, com placas e marcações de outro Tracker de mesmas características registrado em Campos Novos/SC.O condutor do veículo, de 62 anos, foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Joinville onde vai responder por receptação, adulteração de sinal de veículo automotor e uso de documento falso.Porto Alegre, RSA NotíciaPRF recupera carro roubado e que circulava clonado na BR-101 em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-prf-recupera-carro-roubado-e-que-circulava-clonado-na-br-101-em-joinville-10496632Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24555206Ex-cabos do Exército são condenados por desvio de 47 armas do 62º BI de JoinvilleFurto de armas que deveriam ser destruídas ocorreu em 2012, diz Justiça Militar2018-07-11T16:59:36-03:002018-07-11T16:59:36-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteEx-cabos do Exército são condenados por desvio de 47 armas do 62º BI de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24555206Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-ex-cabos-do-exercito-sao-condenados-por-desvio-de-47-armas-do-62-bi-de-joinville-10484685Ex-cabos do Exército são condenados por desvio de 47 armas do 62º BI de JoinvilleFurto de armas que deveriam ser destruídas ocorreu em 2012, diz Justiça Militar2018-07-11T16:59:36-03:002018-07-11T16:59:36-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brDois ex-cabos do Exército foram condenados pelo desvio de 47 armas do 62º Batalhão de Infantaria de Joinville. A informação foi publicada nesta semana pelo Superior Tribunal Militar (STM), que afirma que os dois acusados teriam embolsado quase R$ 38 mil com a venda dos armamentos furtados, em crimes praticados entre junho e setembro de 2012.A decisão unânime pela condenação foi tomada pelo Conselho Permanente de Justiça para o Exército da Auditoria da 5ª Circunscrição Judiciária Militar (CJM), em resposta a uma denúncia oferecida pelo Ministério Público Militar (MPM), em janeiro de 2014. A condenação se baseou no Código Penal Militar (CPM), nos artigos 303 (peculato e furto) e 53 (coautoria).Conforme a denúncia julgada os armamentos eram provenientes de processos desvinculados da Justiça Comum de Santa Catarina. Eram pistolas, revólveres, garruchas, entre outros, pertencentes a um lote recebido pelo Batalhão e que deviam ser armazenados e posteriormente destruídos pelos militares da Seção de Fiscalização de Produtos Controlados (SFPC).A denúncia afirma que essas armas chegaram a ser armazenadas em uma canastra de madeira, que recebeu lote e cadeado. Porém, conforme conta nos autos os dois cabos do Exército - na época armeiros do quartel - retiravam o material pela lateral da caixa e o retiravam o Batalhão com as armas escondidas nas roupas e em mochilas. O roubo foi descoberto depois que a equipe responsável por destruir os armamentos abriu a canastra e identificou a ausência de parte dos produtos.Na publicação do STM, a Justiça Militar afirma que depois de identificados, os dois militares confessaram o crime e "admitiram que o objetivo dos furtos era vender o material, com o objetivo de arrecadar dinheiro".Das 47 armas furtadas, sete foram devolvidas por um dos acusados e outra foi apreendida pela Polícia Civil, depois de ter sido utilizada para a prática do crime de roubo qualificado. Mais seis armas foram recuperadas em decorrência do cumprimento de mandados de busca e apreensão feitas pela Justiça Militar.CondenaçãoOs envolvidos na condenação não tiveram seus nomes divulgados e foram expulsos do Exército. De acordo com o STM, um deles teve representação da Defensoria Pública da União (DPU), que pediu sua absolvição, por exclusão da culpabilidade pela existência de outro fator, neste caso, a necessidade de pagamento de dívidas alimentícias. A defesa também pedia que, em caso de condenação, fosse dado ao réu o direito de delação premiada ou perdão da pena porque ele teria colaborado com a investigação durante o processo. O réu foi condenado a pena de seis anos e oito meses de reclusão, podendo recorrer em liberdade.O segundo réu, também teve pedido pela absolvição por parte de seus advogados com o argumento de que não havia prova suficiente que comprovasse sua participação no crime. O ex-cabo foi condenado a nove anos de reclusão, também sem benefício de dispensa do cumprimento da pena. Ele também deve cumprir inicialmente em regime fechado, mas pode recorrer. O tempo de condenação neste caso é maior no entendimento da Justiça Militar, devido ao número de crimes praticados em sequência.Porto Alegre, RSA NotíciaEx-cabos do Exército são condenados por desvio de 47 armas do 62º BI de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-ex-cabos-do-exercito-sao-condenados-por-desvio-de-47-armas-do-62-bi-de-joinville-10484685Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24551198Casal é preso suspeito de manter 150 quilos de maconha em casa de Barra VelhaPrisão da dupla aconteceu na manhã desta terça-feira em Itajaí2018-07-10T12:08:32-03:002018-07-10T12:08:32-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPolícia Civil de ItajaíCasal é preso suspeito de manter 150 quilos de maconha em casa de Barra VelhaA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24551198Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-casal-e-preso-suspeito-de-manter-150-quilos-de-maconha-em-casa-de-barra-velha-10482177Casal é preso suspeito de manter 150 quilos de maconha em casa de Barra VelhaPrisão da dupla aconteceu na manhã desta terça-feira em Itajaí2018-07-10T12:08:32-03:002018-07-10T12:08:32-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm casal foi preso suspeito de manter cerca de 150 quilos de maconha em uma casa de Barra Velha, no Litoral Norte de Santa Catarina. A prisão da dupla aconteceu na manhã desta terça-feira, em uma residência situada no bairro Espinheiros, em Itajaí. Já a droga foi localizada pela Polícia Civil em abril deste ano.De acordo com o delegado Weydson da Silva, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí, as investigações iniciaram depois que a polícia apreendeu grande quantidade da droga em uma casa. Durante o inquérito, a polícia coletou provas sobre a propriedade do entorpecente, o que possibilitou a deliberação, pelo Poder Judiciário, de mandados de prisão e de busca e apreensão nos endereços relacionados aos suspeitos. A DIC de Itajaí também coletou informações, por meio de áudios trocados entre os criminosos, que indicavam a intenção dos suspeitos de falsificar o contrato de aluguel do imóvel onde estava localizada a droga apreendida. Um homem já havia sido preso em maio deste ano pela Polícia Civil. Nesta segunda-feira (9), outra apreensão de drogas ocorreu em Barra Velha. Durante operação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar (PM) foi apreendida mais de uma tonelada de maconha em Barra Velha. Duas mulheres foram presas durante a ação.Porto Alegre, RSA NotíciaCasal é preso suspeito de manter 150 quilos de maconha em casa de Barra VelhaA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-casal-e-preso-suspeito-de-manter-150-quilos-de-maconha-em-casa-de-barra-velha-10482177Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24458077Vigia baleado durante tentativa de assalto tem alta médica em JoinvilleO crime ocorreu em uma farmácia na noite da última segunda-feira (2)2018-07-09T16:03:25-03:002018-07-09T16:03:25-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSArquivo PessoalVigia baleado durante tentativa de assalto tem alta médica em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24458077Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-vigia-baleado-durante-tentativa-de-assalto-tem-alta-medica-em-joinville-10481358Vigia baleado durante tentativa de assalto tem alta médica em JoinvilleO crime ocorreu em uma farmácia na noite da última segunda-feira (2)2018-07-09T16:03:25-03:002018-07-09T16:03:25-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO vigia baleado durante uma tentativa de assalto a uma farmácia, em Joinville, teve alta médica nesta segunda-feira. Everaldo da Silva, 45 anos, estava internado desde o dia 2 de junho, após ser atingido por três disparos de arma de fogo. O estabelecimento fica na rua Tuiuti, no bairro Aventureiro, na zona Leste da cidade. De acordo com o delegado Rodrigo Aquino, da Divisão de Investigação Criminal (DIC), o suspeito de efetuar os disparos foi preso preventivamente no dia seguinte ao crime. O homem foi preso pela Polícia Militar (PM) perto da própria casa, na rua João de Barro, no bairro Aventureiro, a menos de 500 metros da farmácia que foi cenário do crime. Ele tem 22 anos e registro criminal por porte de armas e receptação. Ainda segundo Aquino, o suspeito confessou ter realizado os disparos contra a vítima. As investigações continuam e o vigilante deve ser ouvido pela polícia nos próximos dias para esclarecer as circunstâncias da tentativa de assalto e identificar participação de outros suspeitos no crime. — Assim que o vigia se recuperar, nós vamos ouvi-lo. As investigações prosseguem até para identificar a participação de outras pessoas no dia do crime — explica o delegado.Porto Alegre, RSA NotíciaVigia baleado durante tentativa de assalto tem alta médica em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-vigia-baleado-durante-tentativa-de-assalto-tem-alta-medica-em-joinville-10481358Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24549320Mais de uma tonelada de maconha é apreendida em Barra VelhaAção conjunta entre as polícias Rodoviária e Militar recuperou ainda dois carros roubados na madrugada desta segunda-feira2018-07-09T14:32:37-03:002018-07-09T14:32:37-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPMSCMais de uma tonelada de maconha é apreendida em Barra VelhaA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24549320Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-mais-de-uma-tonelada-de-maconha-e-apreendida-em-barra-velha-10481289Mais de uma tonelada de maconha é apreendida em Barra VelhaAção conjunta entre as polícias Rodoviária e Militar recuperou ainda dois carros roubados na madrugada desta segunda-feira2018-07-09T14:32:37-03:002018-07-09T14:32:37-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUma Operação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) apreendeu mais de uma tonelada de maconha em Barra Velha, no Litoral Norte de Santa Catarina. A droga foi encontrada na madrugada desta segunda-feira (9) resultou na prisão de duas mulheres.Parte da droga apreendida estava em um veículo utilizado para o tráficoFoto: PMSC / DivulgaçãoA ação foi liderada pelo 1º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Itajaí (Pelotão de Patrulhamento Tático – PPT) e o 25º BPM de Navegantes. Na ocasião foi encontrada a quantia de 1.079,80 quilos de maconha em malotes, dentro de um veículo e em uma residência. A polícia apreendeu ainda equipamentos utilizados para o tráfico, como balança de precisão, bloqueadores de sinal, rádios de comunicação e três carros – um Honda HR-V e um Chevrolet Captiva, ambos com registro de roubo e placas adulteradas, além de um Fiat Siena.Droga era escondida dentro de residênciaFoto: PMSC / DivulgaçãoA operaçãoDe acordo com a PRF, a diligência foi desencadeada após o recebimento de uma denúncia anônima informando que o Siena, com placas de Blumenau, realizava o transporte de drogas no litoral catarinense. Os policiais rodoviários compartilharam a informação com a PM e as duas forças de segurança se posicionaram em diferentes pontos da região para tentar abordar o automóvel.Durante o início da madrugada, os policiais militares visualizaram o veículo em Barra Velha e o acompanharam até uma residência no Bairro Itajuba, onde estavam estacionados o Captiva e o Honda HR-V. Dentro do Captiva e da residência foram encontrados centenas de tabletes de maconha, bem como os materiais utilizados para pesagem e embalagem das drogas e os aparelhos de comunicação.As duas mulheres detidas no local, de 36 e 50 anos, foram conduzidas à Delegacia de Barra Velha, para onde também foram encaminhados os veículos, o entorpecente e os objetos encontrados.Porto Alegre, RSA NotíciaMais de uma tonelada de maconha é apreendida em Barra VelhaA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-mais-de-uma-tonelada-de-maconha-e-apreendida-em-barra-velha-10481289Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24541626Autor de tentativa de homicídio em Joinville é preso em São Francisco do SulPolícia Civil prendeu homem dois meses depois do crime2018-07-07T11:55:16-03:002018-07-07T11:55:16-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDH JoinvilleAutor de tentativa de homicídio em Joinville é preso em São Francisco do SulA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24541626Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-autor-de-tentativa-de-homicidio-em-joinville-e-preso-em-sao-francisco-do-sul-10472187Autor de tentativa de homicídio em Joinville é preso em São Francisco do SulPolícia Civil prendeu homem dois meses depois do crime2018-07-07T11:55:16-03:002018-07-07T11:55:16-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Polícia Militar (PM) de São Francisco do Sul, no Norte de Santa Catarina, prendeu um homem com mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio tentado ocorrido em maio deste ano, em Joinville. O homem foi localizado dois meses depois do crime, registrado em 7 de maio no bairro Fátima, Zona Sul da cidade.A investigação da Delegacia de Homicídios de Joinville apontou que o indiciado fugiu para São Francisco do Sul em decorrência do avanço nas investigações policiais. Ainda conforme a polícia, a ação criminosa teria relação com o crime organizado.A prisão ocorreu em atuação conjunta entre as equipes de segurança pública dos dois municípios. O nome do investigado não foi revelado.Porto Alegre, RSA NotíciaAutor de tentativa de homicídio em Joinville é preso em São Francisco do SulA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-autor-de-tentativa-de-homicidio-em-joinville-e-preso-em-sao-francisco-do-sul-10472187Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:23860228Homem é morto a tiros quando se arrumava para ir trabalhar em JoinvillePolícia Civil atendeu a ocorrência na manhã desta sexta-feira2018-07-06T13:58:51-03:002018-07-06T13:58:51-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA Notícia / DivulgaçãoHomem é morto a tiros quando se arrumava para ir trabalhar em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:23860228Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-homem-e-morto-a-tiros-quando-se-arrumava-para-ir-trabalhar-em-joinville-10399710Homem é morto a tiros quando se arrumava para ir trabalhar em JoinvillePolícia Civil atendeu a ocorrência na manhã desta sexta-feira2018-07-06T13:58:51-03:002018-07-06T13:58:51-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm homem foi morto a tiros quando se preparava para sair de casa e ir trabalhar em Joinville. A informação é da Polícia Civil, que recebeu o chamado da ocorrência às 8h06 desta sexta-feira (6).O crime aconteceu na Rua Universidade, no Bairro Boehmerwald, Zona Sul da cidade. A vítima foi identificada pela Polícia Civil como Paulo Cézar Padilha. Não foram repassados detalhes da ocorrência.Essa é a 49ª morte violenta registrada neste ano na cidade, a 47ª em que a vitima é do sexo masculino.Porto Alegre, RSA NotíciaHomem é morto a tiros quando se arrumava para ir trabalhar em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-homem-e-morto-a-tiros-quando-se-arrumava-para-ir-trabalhar-em-joinville-10399710Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24465374Funcionários são presos suspeitos de desviar mercadorias de loja em JoinvillePolícia Civil realizou operação nesta três pessoas que teriam 2018-07-06T08:23:25-03:002018-07-06T08:23:25-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPolícia Civil de Joinville / DivulgaçãoFuncionários são presos suspeitos de desviar mercadorias de loja em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24465374Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-funcionarios-sao-presos-suspeitos-de-desviar-mercadorias-de-loja-em-joinville-10398577Funcionários são presos suspeitos de desviar mercadorias de loja em JoinvillePolícia Civil realizou operação nesta três pessoas que teriam 2018-07-06T08:23:25-03:002018-07-06T08:23:25-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brTrês funcionários foram presos suspeitos de desviar mercadorias de uma loja de eletrodomésticos e materiais de construção em Joinville. Nesta quinta-feira (5), a Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC), desarticulou a quadrilha que roubou carga composta por diversos produtos, como materiais de limpeza, ferramentas e eletroeletrônicos. A investigação começou em maio deste ano depois da comunicação do crime. O esquema do crime era organizado e planejado pelos colaboradores da empresa que desviavam o carregamento e revendiam ilegalmente as mercadorias para outras pessoas. Durante a operação, a polícia prendeu três homens em flagrantes e recuperou parte da carga. Ainda segundo a Polícia Civil, as investigações continuam e mais prisões podem ocorrer nos próximos dias. A polícia não informou o nome da empresa e nem a identidade dos suspeitos.Porto Alegre, RSA NotíciaFuncionários são presos suspeitos de desviar mercadorias de loja em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-funcionarios-sao-presos-suspeitos-de-desviar-mercadorias-de-loja-em-joinville-10398577Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24462640Licitação para ampliação do Presídio de Joinville deve ser lançada até o fim de julhoAudiência  para discutir irregularidades na unidade prisional, que foi interditada no ano passado por superlotação e insalubridade, foi realizada nesta quarta-feira2018-07-05T08:00:53-03:002018-07-05T08:00:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteLicitação para ampliação do Presídio de Joinville deve ser lançada até o fim de julhoA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24462640Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-licitacao-para-ampliacao-do-presidio-de-joinville-deve-ser-lancada-ate-o-fim-de-julho-10397231Licitação para ampliação do Presídio de Joinville deve ser lançada até o fim de julhoAudiência  para discutir irregularidades na unidade prisional, que foi interditada no ano passado por superlotação e insalubridade, foi realizada nesta quarta-feira2018-07-05T08:00:53-03:002018-07-05T08:00:53-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPassados cinco meses desde a última audiência sobre as irregularidades no Presídio Regional de Joinville, quando foi estipulado que o Departamento de Administração Prisional (Deap) tinha até agosto deste ano para apresentar as soluções para a estrutura e a segurança da unidade prisional, os órgãos públicos responsáveis voltaram a se reunir na tarde de ontem para verificar a situação atual e as respostas do Deap. No ano passado, o local foi interditado temporariamente por causa da superlotação, das falhas de segurança e da insalubridade. Neste momento, a análise do juiz João Marcos Buch, da 3ª Vara Criminal de Joinville e corregedor do sistema prisional, é de que não haverá necessidade de nova interdição, a não ser que o Ministério Público ou outros órgãos interessados, como o Conselho Carcerário, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ou a Defensoria Pública apontem elementos que comprovem que as soluções apresentadas pelo Deap não são suficientes. Estes órgãos tem 15 dias para análise dos projetos e prazos. A superlotação é o maior problema verificado na unidade: segundo o diagnóstico do Conselho Nacional de Justiça, a capacidade do presídio é de 687 vagas, mas o número atual ultrapassa mil encarcerados, entre presos provisórios e condenados. O número insuficiente de agentes penitenciários e os problemas na estrutura, principalmente em aspectos de esgoto sanitário e das áreas utilizadas pela comunidade, como a sala para reunião com os advogados, também foram apontados. De acordo com o diretor do Deap, Deivison Batista, uma licitação para construção dos novos pavilhões dentro do Presídio Regional de Joinville deve ser lançada nas próximas semanas para contratar a empresa que executará a obra. Uma ampliação também está prevista para a Penitenciária Industrial de Joinville, já que, no momento, não há possibilidade de transferir os apenados que ainda estão no presídio para que cumpram a sentença em outras penitenciárias do Estado. Com as duas obras, a expectativa é aumentar a capacidade de encarceramento em até 600 vagas no sistema prisional de Joinville. Além disso, a cadeia pública feminina está em construção — o último prazo para conclusão divulgado foi novembro de 2018 — e a unidade deve absorver uma das atividades problemáticas do presídio, na elaboração da alimentação, além de oferecer 286 vagas. O orçamento previsto para a ampliação e melhorias do presídio é de R$ 14 milhões, que estão em fase de análise para liberação pela Secretaria do Estado da Fazenda e dos quais R$ 10 milhões já estão disponíveis, possibilitando a abertura do edital de licitação. Na terça-feira, o Governo do Estado decretou situação de emergência no sistema prisional de Santa Catarina e divulgou que fará concurso público até o fim do ano para contratação de 800 agentes penitenciários. Segundo o Governo do Estado, o número de presos em Santa Catarina subiu de três para nove por dia. O juiz João Marcos o destaca para salientar que, apesar destes projetos para resolver situações emergenciais, há necessidade de planejamento para evitar o crescimento da população carcerária. — Essa conta não vai fechar. Quando estes pavilhões ficarem prontos, é bem provável que o número de presos já esteja maior. O número de encarceramentos sempre será muito superior ao número de vagas e só irá se resolver com o fortalecimento de alternativas penais — avalia o juiz.Porto Alegre, RSA NotíciaLicitação para ampliação do Presídio de Joinville deve ser lançada até o fim de julhoA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-licitacao-para-ampliacao-do-presidio-de-joinville-deve-ser-lancada-ate-o-fim-de-julho-10397231Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24462604Polícia Civil recupera carga roubada em Araquari avaliada em R$ 86 milRestaurantes e supermercados foram vistoriados e oito pessoas foram presas em flagrante 2018-07-04T20:16:20-03:002018-07-04T20:16:20-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDEICPolícia Civil recupera carga roubada em Araquari avaliada em R$ 86 milA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24462604Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-policia-civil-recupera-carga-roubada-em-araquari-avaliada-em-r-86-mil-10397209Polícia Civil recupera carga roubada em Araquari avaliada em R$ 86 milRestaurantes e supermercados foram vistoriados e oito pessoas foram presas em flagrante 2018-07-04T20:16:20-03:002018-07-04T20:16:20-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Divisão de Furtos e Roubos de Cargas da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) recuperou uma carga de óleo avaliada em R$ 86 mil que havia sido roubada em Araquari em 29 de junho. A ação faz parte da Operação Óleo na Pista, deflagrada nas cidades de Camboriú (SC) e Balneário Camboriú (SC).Ao tomar conhecimento do roubo a Divisão de Furtos e Roubos de Cargas da Deic iniciou investigações e localizou o galpão utilizado pela quadrilha para ocultar cargas roubadas na cidade de Camboriú. No momento da abordagem policial os investigados estavam carregando um caminhão M.Benz710 com caixas de óleo de soja. Ao verificar a numeração do lote impresso nas caixas, os policiais confirmaram que se tratava de uma carga roubada.Foram apreendidos no galpão 13 pallets da carga roubada, totalizando 16.960 unidades de óleo de soja. Os conduzidos alegaram que a carga seria distribuída em comércios da região (pizzaria, pastelarias e supermercados). A investigação identificou ainda supermercados e distribuidoras nas cidades de Balneário Camboriú e Camboriú que haviam receptado parte da carga roubada. Com apoio da DIC Balneário Camboriú foram realizadas vistorias nestes locais, sendo apreendidas 3.748 unidades de óleo de soja. As ações ocorreram em supermercados localizados em Camboriú e Balneário Camboriú. Ao final da operação foram apreendidas 19.628 unidades de óleo de soja e oito pessoas foram presas em flagrante. Dois presos são proprietário de supermercados localizados em Camboriú. A investigação segue com o intuito de identificar e vistoriar estabelecimentos comerciais que tenham receptado esta ou outras cargas roubadas. Denúncias e informações relacionadas a roubos de cargas podem ser enviadas para o e-mail roubosdecargas-deic@pc.sc.gov.br.Porto Alegre, RSA NotíciaPolícia Civil recupera carga roubada em Araquari avaliada em R$ 86 milA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-policia-civil-recupera-carga-roubada-em-araquari-avaliada-em-r-86-mil-10397209Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24461864Polícia apreende nove quilos de maconha em uma casa em São Francisco do SulDroga estava escondida no banheiro da residência, dentro de uma caixa de papelão2018-07-04T13:35:08-03:002018-07-04T13:35:08-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPolícia MilitarPolícia apreende nove quilos de maconha em uma casa em São Francisco do SulA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24461864Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-policia-apreende-nove-quilos-de-maconha-em-uma-casa-em-sao-francisco-do-sul-10396927Polícia apreende nove quilos de maconha em uma casa em São Francisco do SulDroga estava escondida no banheiro da residência, dentro de uma caixa de papelão2018-07-04T13:35:08-03:002018-07-04T13:35:08-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brNa noite desta terça-feira, a Polícia Militar (PM) apreendeu cerca de nove quilos de maconha dentro de uma casa em São Francisco do Sul. A residência fica no bairro Ubatuba e foi localizada pela polícia após uma denúncia anônima. De acordo com a PM, quando os policiais chegaram ao local, a moradora, 24 anos, tentou se esquivar, entrando na residência. Dentro do banheiro do imóvel, os policiais encontraram 14 tabletes de maconha escondidos dentro de uma caixa de papelão. A jovem informou à guarnição que o entorpecente pertencia ao seu companheiro. Os 9.300 quilos de droga e a mulher foram encaminhados à Delegacia de Polícia da cidade. Leia também: Suspeito de balear vigia em assalto a farmácia é preso em Joinville Joinville registra queda em homicídios após três anos de recordesAumenta o número de registros de violência contra idosos em JoinvillePorto Alegre, RSA NotíciaPolícia apreende nove quilos de maconha em uma casa em São Francisco do SulA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-policia-apreende-nove-quilos-de-maconha-em-uma-casa-em-sao-francisco-do-sul-10396927Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24461708Dois são presos suspeitos de transportar droga em táxi, em AraquariSegundo a PM, o passageiro do carro afirmou ser dono do entorpecente e disse que o taxista não tinha conhecimento sobre o transporte2018-07-04T11:33:21-03:002018-07-04T11:33:21-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPolícia MilitarDois são presos suspeitos de transportar droga em táxi, em AraquariA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24461708Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-dois-sao-presos-suspeitos-de-transportar-droga-em-taxi-em-araquari-10396852Dois são presos suspeitos de transportar droga em táxi, em AraquariSegundo a PM, o passageiro do carro afirmou ser dono do entorpecente e disse que o taxista não tinha conhecimento sobre o transporte2018-07-04T11:33:21-03:002018-07-04T11:33:21-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brTrês homens foram presos pela polícia suspeitos de transportar drogas em táxi em Araquari, no Norte Catarinense. A prisão aconteceu na tarde desta terça-feira, depois que a Polícia Militar (PM) recebeu uma denúncia de tráfico de drogas. Os policiais foram até o ponto informado na denúncia, próximo ao km 23 da BR-280, e localizaram um táxi, com placas de Joinville. Dentro do carro estavam dois homens, o passageiro de 31anos e o motorista de 39. A PM realizou buscas no automóvel e localizou dois tabletes de maconha. Segundo a PM, o passageiro assumiu a posse da droga e informou que o taxista não sabia sobre o transporte. O suspeito também indicou que possuía mais embalagens em casa. Já na residência, a polícia localizou mais seis tabletes – totalizando cerca de 10 quilos de droga - e um outro homem que também foi preso. O entorpecente e os três suspeitos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Araquari. Leia também: Suspeito de balear vigia em assalto a farmácia é preso em Joinville Joinville registra queda em homicídios após três anos de recordesAumenta o número de registros de violência contra idosos em JoinvillePorto Alegre, RSA NotíciaDois são presos suspeitos de transportar droga em táxi, em AraquariA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-dois-sao-presos-suspeitos-de-transportar-droga-em-taxi-em-araquari-10396852Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24460552Joinville registra queda em homicídios após três anos de recordesSegundo a Polícia Civil, houve redução de 35% no primeiro semestre do ano em comparação a igual período de 2017. É o menor número desde 20152018-07-04T08:50:30-03:002018-07-04T08:50:30-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteJoinville registra queda em homicídios após três anos de recordesA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24460552Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-joinville-registra-queda-em-homicidios-apos-tres-anos-de-recordes-10395901Joinville registra queda em homicídios após três anos de recordesSegundo a Polícia Civil, houve redução de 35% no primeiro semestre do ano em comparação a igual período de 2017. É o menor número desde 20152018-07-04T08:50:30-03:002018-07-04T08:50:30-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brDepois de três anos apresentando recordes consecutivos de homicídios, Joinville apresentou redução de 35,1% no número de mortes em 2018, na comparação com o ano passado. De janeiro a junho deste ano, 48 pessoas foram assassinadas na cidade, enquanto no primeiro semestre de 2017 houve 74 casos. É a menor marca registrada desde 2015, quando 57 pessoas foram mortas. Um dos principais fatores apontados pela Polícia Civil para a diminuição no índice é o trabalho especializado de investigação a esses crimes. Desde a implantação da Delegacia de Homicídios (DH) em Joinville, em 2016, as mortes ocorridas na cidade são apuradas por uma equipe específica para esses delitos. — À medida que a equipe e os delegados vão se especializando na apuração de determinado tipo de crime, como os homicídios, eles ganham conhecimento mais aprofundado no assunto. Enxergo a especialização como um caminho para que o trabalho da Polícia Civil seja mais eficiente — defende a delegada regional, Tânia Harada.De acordo com a titular, com essa especialização a delegacia aumentou ano a ano a efetividade na repressão de crimes dessa natureza. Conforme levantamento realizado pela DH, o número de prisões de suspeitos de serem autores dos assassinatos aumentou 28,8% neste primeiro semestre. Até junho de 2017, a polícia fez 45 prisões por homicídios. No mesmo período deste ano, o número passou para 58. Em uma análise geográfica, a maior incidência dos crimes neste ano ocorreu no bairro Jardim Paraíso, na zona Norte, com 11 casos, seguido do Paranaguamirim, na região Sul, com cinco registros. A maioria das vítimas é de homens e que têm idade entre 19 e 25 anos.Diferentemente do ano passado, quando além de homicídios foram computados três latrocínios – assalto seguido de morte – neste mesmo período em 2018 não houve registro de crimes desta natureza, somente tentativas. Uma delas ocorreu durante o roubo a uma farmácia, na rua Tuiuti, no bairro Aventureiro, na noite de segunda-feira, no dia 2, quando assaltantes balearam um vigilante. Segundo a delegada, a diminuição do número de homicídios em Joinville ocorreu a partir de um esforço de toda a área de segurança de uma maneira geral. Ela menciona, por exemplo, maior presença ostensiva nas ruas por parte da Polícia Militar, a realização de barreiras com maior frequência e também mais apreensões de armas no primeiro semestre. Delegada regional enxerga especialização de delegacias como caminho para mais eficiência no trabalho da Polícia CivilFoto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBSLigação com tráfico de drogas e com facções Também de acordo com a titular, boa parte das vítimas e dos suspeitos de crimes tinha ligação com o tráfico de drogas e com organizações criminosas. O balanço da Polícia neste primeiro semestre demonstrou, ainda, que a atuação da delegacia alcançou, além dos executores, os mandantes dos crimes. A delegada explica que dessa forma foi possível desarticular lideranças de organizações criminosas com atuação em Joinville. — Houve uma diminuição na criminalidade, já que os homicídios estão relacionados a outras práticas criminosas, envolvem organizações, tráfico. Os índices da Secretaria de Segurança apontam uma redução em furtos a comércio e a veículos — cita TâniaA titular da Regional planeja a implantação de delegacias qualificadas em outros tipos de delitos na cidade, transformando as unidades existentes em bairros em especializadas. >Porto Alegre, RSA NotíciaJoinville registra queda em homicídios após três anos de recordesA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-joinville-registra-queda-em-homicidios-apos-tres-anos-de-recordes-10395901Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24458077Suspeito de balear vigia em assalto a farmácia é preso em Joinville O crime ocorreu na noite de segunda-feira, no bairro Aventureiro2018-07-03T19:45:37-03:002018-07-03T19:45:37-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSArquivo PessoalSuspeito de balear vigia em assalto a farmácia é preso em Joinville A Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24458077Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-suspeito-de-balear-vigia-em-assalto-a-farmacia-e-preso-em-joinville-10395422Suspeito de balear vigia em assalto a farmácia é preso em Joinville O crime ocorreu na noite de segunda-feira, no bairro Aventureiro2018-07-03T19:45:37-03:002018-07-03T19:45:37-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm homem foi detido na tarde desta terça-feira, 3 de julho, por ser suspeito de atirar no vigilante de uma farmácia durante um assalto na noite de segunda-feira. Segundo a Polícia Civil, o suspeito estava perto da própria casa, na rua João de Barro, no bairro Aventureiro, a menos de 500 metros do estabelecimento comercial que foi cenário do crime. Ele tem 22 anos e registro criminal por porte de armas e receptação. De acordo com a Polícia Militar, testemunhas informaram que dois homens entraram na farmácia por volta das 20 horas de segunda-feira. Eles renderam o vigilante, Everaldo da Silva, de 45 anos, que teria sentido-se acuado e tentado reagir. Everaldo foi baleado pelo menos três vezes e os assaltantes fugiram sem levar nada. O homem detido nesta terça foi encaminhado para a Central de Polícia. Everaldo permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal São José e, segundo o departamento de comunicação do hospital, seu estado de saúde é estável. O caso será encaminhado para a Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joinville para investigação.Porto Alegre, RSA NotíciaSuspeito de balear vigia em assalto a farmácia é preso em Joinville A Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-suspeito-de-balear-vigia-em-assalto-a-farmacia-e-preso-em-joinville-10395422Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24458077Vigilante baleado durante tentativa de assalto continua internado em Joinville Crime ocorreu por volta das 20 horas desta segunda-feira2018-07-03T11:21:14-03:002018-07-03T11:21:14-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSArquivo PessoalVigilante baleado durante tentativa de assalto continua internado em Joinville A Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24458077Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-vigilante-baleado-durante-tentativa-de-assalto-continua-internado-em-joinville-10394771Vigilante baleado durante tentativa de assalto continua internado em Joinville Crime ocorreu por volta das 20 horas desta segunda-feira2018-07-03T11:21:14-03:002018-07-03T11:21:14-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brO vigilante baleado durante tentativa de assalto na noite desta segunda-feira permanece internado no Hospital Municipal São José em Joinville. Everaldo da Silva, 45 anos, foi atingido por três disparos de arma de fogo durante roubo a uma farmácia, situada na rua Tuiuti, no bairro Aventureiro, na zona Leste da cidade. De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime ocorreu por volta 20 horas. Dois homens entraram armados na farmácia. Eles renderam o vigia que, acuado, tentou reagir e foi baleado. Segundo a assessoria do hospital, o vigilante está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e o estado de saúde é estável. Ainda conforme a PM, os assaltantes fugiram sem levar dinheiro e nem mercadorias. O caso será encaminhado para a Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joinville para investigação.Porto Alegre, RSA NotíciaVigilante baleado durante tentativa de assalto continua internado em Joinville A Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-vigilante-baleado-durante-tentativa-de-assalto-continua-internado-em-joinville-10394771Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24458595Aumenta o número de registros de violência contra idosos em JoinvilleBoletins de ocorrência cresceram 16% no último semestre, boa parte dos casos envolve finanças da vítima e pessoas da confiança2018-07-03T10:03:34-03:002018-07-03T10:03:34-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteAumenta o número de registros de violência contra idosos em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24458595Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-aumenta-o-numero-de-registros-de-violencia-contra-idosos-em-joinville-10394224Aumenta o número de registros de violência contra idosos em JoinvilleBoletins de ocorrência cresceram 16% no último semestre, boa parte dos casos envolve finanças da vítima e pessoas da confiança2018-07-03T10:03:34-03:002018-07-03T10:03:34-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brOs números da violência contra pessoas de mais de 60 anos aumentaram em Joinville. De julho a dezembro do ano passado, 81 boletins de ocorrência relacionados ao Estatuto do Idoso foram registrados na Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI). Nos primeiros seis meses de 2018, o número passou para 94 casos – um acréscimo de 16% entre os dois semestres. De acordo com o delegado Vinícius Ferreira, que cuida dos casos envolvendo pessoas acima dos 60 anos na DPCAMI, as situações que mais se repetem em Joinville dizem respeito ao patrimônio das pessoas idosas, como por exemplo, apropriação de bens materiais ou da renda sem o consentimento ou benefício do idoso.— São as questões patrimoniais que envolvem a família, apropriação de pensões, de cartões magnéticos ou fazer o idoso assinar procuração para beneficio do familiar — explica. Existem vários tipos de violência previstos no Estatuto do Idoso, como abuso físico e emocional, negligência, abandono, violência sexual, psicológica, financeira e material. Na maioria dos casos, a violência ocorre em um âmbito familiar e, geralmente, o agressor tem uma relação de confiança com a vítima. O relacionamento "facilita" a violência porque o idoso, muitas vezes, nem percebe que está sendo vítima.Abuso pode ser cometido por cuidador ou parente O delegado explica que algumas situações são até interpretadas pelos idosos com de normalidade, já que os familiares é que "cuidam" das finanças e do dinheiro dos mais velhos. Com o aumento do número de idosos e da expectativa de vida da população, os hábitos e comportamentos das pessoas têm mudado e isso se reflete nas relações familiares. Em entrevista para a Rádio Globo, a assistente social Rosangela Sturba explica que nesse cenário a violência contra os idosos também tem acontecido com maior frequência, principalmente a financeira. — Na Secretaria de Assistência Social da cidade vemos a ausência de direitos quando eles chegam ao lar de idosos, por exemplo. A violência financeira está bem presente. Muitos familiares usam o dinheiro do idoso em beneficio próprio e deixam de oferecer a ele cuidados necessários, como higiene, saúde, carinho e atenção — menciona Rosangela. A assistente social explica que existe este abuso material quando o agressor se aproveita da fragilidade do idoso, seja ela física ou mental. Por isso as situações ocorrem com mais frequência quando há intimidade e confiança entre os envolvidos. Rosangela afirma que é difícil identificar o abuso, mas um dos indícios é o cuidador ou parente demonstrar um excessivo interesse pelos bens da pessoa idosa ou o controle sobre eles. Além disso, há alguns fatores de risco que tornam o ambiente mais suscetível a abusos contra os mais velhos. Por exemplo, normalmente o agressor vive na mesma residência em que a vítima e depende financeiramente dela ou ainda quando o idoso depende dos filhos ou dos familiares para sobreviver. Outro aspecto que a assistente social aponta é o abuso de álcool ou drogas pelos parentes ou pelo idoso.— A fragilidade dos vínculos familiares também é fator de risco, o isolamento social dos familiares ou da vítima. Outro é quando os filhos abandonam ou quando o idoso abandonou a família, há o pensamento de "meu pai me abandonou, não cuidou de mim, por que agora eu tenho que cuidar dele?" — afirma.Rosangela também conta que históricos de violência das partes ou de doenças de sofrimento psiquiátrico, como a depressão, também podem impulsionar os abusos cometidos contra os idosos.Delegado diz que ainda há denúncias caluniosas O delegado Vinícius Ferreira, da DPCAMI, indica que, por ocorrer no meio do convívio familiar, a denúncia desses crimes, por vezes, deixa de ser feita – já que os idosos não a identificam – ou ainda pode ser caluniosa. Ferreira explica que há registros realizados por parentes que têm relação conturbada entre si e usam a comunicação para prejudicar uns aos outros. Portanto, é imprescindível que essa comunicação seja feita de maneira responsável.— Isso atrapalha bastante. A polícia recebe a comunicação, faz a ordem de serviço e vai verificar, fazendo as diligências. No final da investigação, percebe-se que se trata de uma denúncia falsa — conta. O delegado ainda orienta que o comunicante pode ir até à delegacia fazer a denúncia e já levar o máximo de documentos para corroborar com as informações. Como por exemplo, extratos bancários, contratos, procurações e cópias de documentos. Para ajudar a denunciar, pessoas que trabalham em serviços de atendimento a idosos – profissionais da área da saúde ou da assistência social, por exemplo – também podem ajudar a identificar a violência contra pessoa idosa. A assistente social Rosangela Sturba observa que a primeira coisa a ser feita ao se verificar uma situação de violência contra idosos é proteger a pessoa que está sofrendo, para garantir os seus direitos. Em seguida, deve-se procurar os órgãos competentes. — Esses casos de violência só serão erradicados quando nós tivermos esse comprometimento ao denunciar. Não podemos ter medo de denunciar — conclui a profissional.PARA DENUNCIAR — Disque-Denúncia da Polícia Civil: 181— Disque Direitos Humanos: 100Porto Alegre, RSA NotíciaAumenta o número de registros de violência contra idosos em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-aumenta-o-numero-de-registros-de-violencia-contra-idosos-em-joinville-10394224Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24458536Motorista é preso com cocaína e rebite na BR-101 em Barra VelhaPrisão ocorreu após a PRF receber uma denúncia pelo telefone 2018-07-03T09:35:47-03:002018-07-03T09:35:47-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPolícia Rodoviária FederalMotorista é preso com cocaína e rebite na BR-101 em Barra VelhaA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24458536Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-motorista-e-preso-com-cocaina-e-rebite-na-br-101-em-barra-velha-10394193Motorista é preso com cocaína e rebite na BR-101 em Barra VelhaPrisão ocorreu após a PRF receber uma denúncia pelo telefone 2018-07-03T09:35:47-03:002018-07-03T09:35:47-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm motorista foi preso na BR-101 por dirigir sob o efeito de substância psicoativa e por posse de drogas, em Barra Velha. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recebeu um telefonema na tarde desta segunda-feira, onde o denunciante informava que uma Scania transitava na rodovia em zigue-zague. A carreta, com placas de Três Arroios, no Rio Grande do Sul, era conduzida por um homem de 41 anos. Policiais rodoviários abordaram o veículo em frente à unidade operacional da PRF e encontraram medicamentos proibidos e cocaína na cabine da carreta. Ainda segundo a PRF, o condutor aparentava estar bastante agitado e, quando questionado, negou ter feito uso de qualquer substância ilícita ou que alterasse o comportamento.Entretanto, durante vistoria no caminhão, a polícia localizou cinco cartelas com 15 comprimidos de inibidor de apetite – popularmente conhecido como rebite – utilizado para manter-se acordado durante maior período de tempo. O remédio provoca tontura e inquietação, entre outros efeitos. Já em cima do painel foram encontrados três papelotes de cocaína. Ainda de acordo com a PRF, depois que a polícia encontrou a droga, o motorista admitiu ter utilizado os comprimidos. Ele foi detido e poderá responder por porte de droga para consumo e dirigir fazendo uso de substância psicoativa.Porto Alegre, RSA NotíciaMotorista é preso com cocaína e rebite na BR-101 em Barra VelhaA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-motorista-e-preso-com-cocaina-e-rebite-na-br-101-em-barra-velha-10394193Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24458077Homem é baleado em assalto a farmácia na zona Leste de JoinvilleCrime foi registrado na noite desta segunda-feira2018-07-02T21:32:25-03:002018-07-02T21:32:25-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSArquivo PessoalHomem é baleado em assalto a farmácia na zona Leste de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24458077Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-homem-e-baleado-em-assalto-a-farmacia-na-zona-leste-de-joinville-10393921Homem é baleado em assalto a farmácia na zona Leste de JoinvilleCrime foi registrado na noite desta segunda-feira2018-07-02T21:32:25-03:002018-07-02T21:32:25-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm homem foi baleado por volta das 20h15 desta segunda-feira, 2 de julho, na zona Leste de Joinville. Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, dois homens entraram em uma farmácia localizada na rua Tuiuti, no bairro Aventureiro, e renderam o vigia. Acuado, o homem tentou reagir e foi baleado.A Polícia Militar ainda não tinha o nome da vítima às 21h30, momento da publicação da matéria. Ele teria sido atingido pelo menos três vezes e foi encaminhado para o Hospital São José. Segundo a PM, os assaltantes fugiram sem levar dinheiro nem mercadoria e, até as 21h30, ainda não haviam sido localizados.Porto Alegre, RSA NotíciaHomem é baleado em assalto a farmácia na zona Leste de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-homem-e-baleado-em-assalto-a-farmacia-na-zona-leste-de-joinville-10393921Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24445431Mulher que teve o corpo queimado pelo ex-companheiro permanece internada em JoinvilleTentativa de homicídio ocorreu em frente aos filhos da vítima e foi registrada na última segunda-feira (25)2018-06-29T15:29:34-03:002018-06-29T15:29:34-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA NotíciaMulher que teve o corpo queimado pelo ex-companheiro permanece internada em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24445431Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-mulher-que-teve-o-corpo-queimado-pelo-ex-companheiro-permanece-internada-em-joinville-10391391Mulher que teve o corpo queimado pelo ex-companheiro permanece internada em JoinvilleTentativa de homicídio ocorreu em frente aos filhos da vítima e foi registrada na última segunda-feira (25)2018-06-29T15:29:34-03:002018-06-29T15:29:34-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA mulher que teve o corpo parcialmente queimado pelo ex-companheiro, em São Francisco do Sul, permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal São José em Joinville. Segundo a Polícia Civil, na quarta-feira, foi expedido um mandado de prisão contra o suspeito, mas ele ainda não foi localizado. O crime ocorreu na última segunda-feira (25), por volta das 17 horas, no bairro Majorca. Na data, o ex-companheiro teria arrastado a vítima para o banheiro da casa, jogou gasolina nela e depois ateou fogo. A agressão ocorreu em frente aos filhos da vítima. Os vizinhos tentaram socorrê-la e a levaram para a Unidade de Pronto-atendimento (UPA) da cidade. Posteriormente, a vítima foi transferida para o São José. Segundo a assessoria do hospital, ela está internada em estado grave. A polícia ainda informou que a vítima já havia registrado boletins de ocorrência por agressão contra o ex-companheiro, o último deles em maio. Entretanto, havia decidido não realizar a representação judicial contra o suspeito. O casal já estaria separado há algum tempo, mas ainda morava na mesma casa. O suspeito poderá responder por tentativa de feminicídio qualificado por meio insidioso e cruel. Leia mais:Nesta quinta-feira, a Câmara de Vereadores de Joinville recebe audiência pública sobre violência contra a mulher.Porto Alegre, RSA NotíciaMulher que teve o corpo queimado pelo ex-companheiro permanece internada em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-mulher-que-teve-o-corpo-queimado-pelo-ex-companheiro-permanece-internada-em-joinville-10391391Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24450058Vítima de homicídio dentro de carro em Joinville tem nome divulgadoEla teria solicitado um serviço de transporte particular quando foi baleada2018-06-28T17:25:45-03:002018-06-28T17:25:45-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgação / DivulgaçãoVítima de homicídio dentro de carro em Joinville tem nome divulgadoA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24450058Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-vitima-de-homicidio-dentro-de-carro-em-joinville-tem-nome-divulgado-10390612Vítima de homicídio dentro de carro em Joinville tem nome divulgadoEla teria solicitado um serviço de transporte particular quando foi baleada2018-06-28T17:25:45-03:002018-06-28T17:25:45-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA mulher que foi vítima de um homicídio na zona Leste de Joinville na noite de quarta-feira foi identificada como Luana Telles Modesto. Segundo as informações que o IML de Joinville verificou nos documentos dela, Luana tinha 18 anos. Ela havia acabado de entrar em um carro na rua Prefeito Baltazar Buschle, no bairro Espinheiros, quando foi baleada. O motorista do veículo, que teria sido chamado para prestar um serviço de transporte particular, também ficou ferido.Segundo o delegado Dirceu Silveira Júnior, da Delegacia de Homicídios (DH), Luana tinha ficha criminal e já havia sido presa por tráfico de drogas. O motorista prestou depoimento nesta quinta-feira e confirmou que não foi chamado via aplicativo, como foi informado inicialmente, mas disse que não conhecia a vítima. Segundo o motorista, a jovem embarcou com tranquilidade no carro e esperava um amigo quando um homem apareceu perto do carro e começou a atirar. Os disparos atingiram a mulher no peito e no pescoço. O motorista, um homem de 40 anos, foi atingido na perna. Ele contou ao delegado que, ao ser atingido, arrancou o carro e foi até o Hospital Regional Hans Dieter Schimid. O motorista recebeu atendimento e o estado de saúde dele é estável. Luana estava viva quando chegou ao hospital, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu durante a madrugada. No local do crime foi localizada uma cápsula 9mm. A Polícia Civil irá investigar o caso como homicídio e, até as 17h desta quinta-feira ninguém havia sido preso. Quem tiver informações ou quiser realizar denúncias para a Delegacia de Homicídios pode ligar para o Disque Denúncias (181) ou enviar mensagens para a página da Delegacia de Homicídios no Facebook. As informações serão mantidas em sigiloPorto Alegre, RSA NotíciaVítima de homicídio dentro de carro em Joinville tem nome divulgadoA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-vitima-de-homicidio-dentro-de-carro-em-joinville-tem-nome-divulgado-10390612Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24442612Mulher é detida tentando comprar com notas falsas em Jaraguá do Sul Jovem de 21 anos tentava usar dinheiro falsificado em um estabelecimento situado no bairro Chico de Paula2018-06-28T11:34:55-03:002018-06-28T11:34:55-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA NotíciaMulher é detida tentando comprar com notas falsas em Jaraguá do Sul A Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24442612Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-mulher-e-detida-tentando-comprar-com-notas-falsas-em-jaragua-do-sul-10390309Mulher é detida tentando comprar com notas falsas em Jaraguá do Sul Jovem de 21 anos tentava usar dinheiro falsificado em um estabelecimento situado no bairro Chico de Paula2018-06-28T11:34:55-03:002018-06-28T11:34:55-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUma mulher, de 21 anos, foi presa nesta quinta-feira tentando realizar compras com dinheiro falso em Jaraguá do Sul. A Polícia Militar (PM) recebeu uma denúncia de que a jovem estava tentando repassar moeda falsa em um estabelecimento situado na rua Joaquim Francisco de Paula, no bairro Chico de Paula. Os policiais militares abordaram a mulher e verificaram que ela possuía na carteira R$ 500 em notas falsificadas. Ela assumiu para a PM a propriedade do dinheiro. A jovem também foi reconhecida por outro comerciante que informou à polícia ter sido vítima do mesmo crime dias atrás. A polícia apreendeu o dinheiro e encaminhou a jovem à Polícia Federal de Joinville.Porto Alegre, RSA NotíciaMulher é detida tentando comprar com notas falsas em Jaraguá do Sul A Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-mulher-e-detida-tentando-comprar-com-notas-falsas-em-jaragua-do-sul-10390309Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24450058Mulher morre e motorista de aplicativo fica ferido após tiros em JoinvilleCrime ocorreu por volta das 23 horas desta quarta-feira, na zona Leste da cidade2018-06-28T09:41:10-03:002018-06-28T09:41:10-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgação / DivulgaçãoMulher morre e motorista de aplicativo fica ferido após tiros em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24450058Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-mulher-morre-e-motorista-de-aplicativo-fica-ferido-apos-tiros-em-joinville-10390184Mulher morre e motorista de aplicativo fica ferido após tiros em JoinvilleCrime ocorreu por volta das 23 horas desta quarta-feira, na zona Leste da cidade2018-06-28T09:41:10-03:002018-06-28T09:41:10-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUma mulher morreu e um motorista de aplicativo ficou ferido após tiros na zona Leste de Joinville. Segundo o delegado Dirceu Silveira Júnior, da Delegacia de Homicídios (DH), o crime ocorreu em frente a um estabelecimento comercial na rua Prefeito Baltazar Buschler, no bairro Espinheiros. A vítima solicitou uma corrida pelo aplicativo por volta das 23 horas desta quarta-feira. Assim que ela embarcou, um homem apareceu perto do carro e começou a atirar. Os disparos atingiram a mulher no peito e no pescoço e também o motorista, de 40 anos, foi atingido na perna. Ainda segundo o delegado, o condutor, ao ser atingido, arrancou o carro e foi até o Hospital Regional Hans Dieter Schimid. O motorista recebeu atendimento e o estado de saúde dele é estável. Já a mulher deu entrada no hospital, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu nesta madrugada. De acordo com a Polícia Militar (PM), o motorista relatou à guarnição que foi fazer uma corrida para a mulher e, enquanto esperavam por um amigo dela, foram atingidos pelos tiros. No local do crime foi localizada uma cápsula 9mm. A Polícia Civil irá investigar o caso como homicídio, ainda não há informações de que possa ter ocorrido latrocínio – um assalto seguido de morte. A polícia não informou a identidade dos envolvidos e até o momento ninguém foi preso. Nesta tarde, a polícia deve ouvir o motorista do aplicativo. A reportagem de “AN" tentou contato com o aplicativo de transporte, mas até a publicação desta reportagem a empresa ainda não havia retornado o contato. Quem tiver informações ou quiser realizar denúncias para a Delegacia de Homicídios pode ligar para o Disque Denúncias (181) ou enviar mensagens para a página da Delegacia de Homicídios no Facebook. As informações serão mantidas em sigilo.Leia também: Vara exclusiva para julgamento de homicídio começa a operar em julho em JoinvillePorto Alegre, RSA NotíciaMulher morre e motorista de aplicativo fica ferido após tiros em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-mulher-morre-e-motorista-de-aplicativo-fica-ferido-apos-tiros-em-joinville-10390184Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24448023Vara exclusiva para julgamento de homicídio começa a operar em julho em Joinville De acordo com levantamento TJ-SC, município possui aproximadamente 600 processos pendentes de crimes desta natureza2018-06-27T11:39:56-03:002018-06-27T11:39:56-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteVara exclusiva para julgamento de homicídio começa a operar em julho em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24448023Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-vara-exclusiva-para-julgamento-de-homicidio-comeca-a-operar-em-julho-em-joinville-10389370Vara exclusiva para julgamento de homicídio começa a operar em julho em Joinville De acordo com levantamento TJ-SC, município possui aproximadamente 600 processos pendentes de crimes desta natureza2018-06-27T11:39:56-03:002018-06-27T11:39:56-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA vara especializada em tribunal do júri, onde serão julgados os crimes contra em Joinville, já tem data para começar a operar. A partir de julho, os processos de homicídio e de tentativas de homicídio contarão com vara exclusiva. De acordo com levantamento do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), o município possui aproximadamente 600 processos pendentes de crimes desta natureza. — No dia 16 de julho, o Tribunal irá até Joinville instalar a vara do júri, já que no levantamento realizado nos temos uma pendência de julgamento nos processos de homicídios — afirmou o desembargador Rodrigo Colaço, presidente do TJ-SC, em entrevista à Rádio Globo Joinville nesta manhã. Além de mais agilidade e especialização no processo, a implantação pretende colocar em dia a demanda pendente e, assim, trazer respostas às famílias das vítimas. A vara do júri de Joinville é a segunda a ser implantada no Estado. Nos últimos três anos, Joinville enfrentou uma escalada nos índices de crimes contra a vida – com aumento de 8,7% nos registros. No ano passado, por exemplo, 137 pessoas morreram de forma violenta na cidade, em 2016 o número foi de 127 e em 2015 de 126. Além de Joinville, Florianópolis também irá receber uma nova vara criminal da região metropolitana, que irá apurar crimes praticados pelo crime organizado em SC.Porto Alegre, RSA NotíciaVara exclusiva para julgamento de homicídio começa a operar em julho em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-vara-exclusiva-para-julgamento-de-homicidio-comeca-a-operar-em-julho-em-joinville-10389370Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24442612Homem é preso suspeito de abusar de criança de oito anos em JoinvilleAvó da vítima tomou conhecimento dos abusos e procurou a Polícia Civil2018-06-26T15:09:40-03:002018-06-26T15:09:40-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA NotíciaHomem é preso suspeito de abusar de criança de oito anos em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24442612Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-homem-e-preso-suspeito-de-abusar-de-crianca-de-oito-anos-em-joinville-10388501Homem é preso suspeito de abusar de criança de oito anos em JoinvilleAvó da vítima tomou conhecimento dos abusos e procurou a Polícia Civil2018-06-26T15:09:40-03:002018-06-26T15:09:40-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm homem foi preso suspeito de abusar de uma menina de oito anos em Joinville. De acordo com o delegado Caleu Henrique Gomes de Mello, da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI), o homem estava foragido e foi preso preventivamente após ser localizado em Balneário Barra do Sul, na noite desta segunda. As investigações iniciaram no ano passado, quando a avó da vítima flagrou o homem praticando atos libidinosos com a menina. O suspeito é tio da criança e por este motivo teria acesso à casa da família e também ficava sozinho com ela, momento em que praticava os abusos. Assim que teve conhecimento do ato, a avó da criança procurou a Polícia Civil para fazer a denúncia. Já o suspeito estava desaparecido desde então. O suspeito poderá responder pela prática do crime de estupro de vulnerável, previsto no artigo 217 do Código Penal. Conheça os sinais para identificar o abuso de crianças e adolescentesPorto Alegre, RSA NotíciaHomem é preso suspeito de abusar de criança de oito anos em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-homem-e-preso-suspeito-de-abusar-de-crianca-de-oito-anos-em-joinville-10388501Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24445431Ex-companheiro é suspeito de atear fogo em mulher em São Francisco do Sul Tentativa de homicídio foi registrada nesta segunda-feira 2018-06-26T13:40:33-03:002018-06-26T13:40:33-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA NotíciaEx-companheiro é suspeito de atear fogo em mulher em São Francisco do Sul A Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24445431Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-ex-companheiro-e-suspeito-de-atear-fogo-em-mulher-em-sao-francisco-do-sul-10388416Ex-companheiro é suspeito de atear fogo em mulher em São Francisco do Sul Tentativa de homicídio foi registrada nesta segunda-feira 2018-06-26T13:40:33-03:002018-06-26T13:40:33-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUma mulher teve o corpo parcialmente queimado em São Francisco do Sul. De acordo com o delegado Marcel de Oliveira, da Polícia Civil da cidade, o ex-companheiro da vítima é o principal suspeito da tentativa de homicídio, que ocorreu nesta segunda-feira, por volta das 17 horas, no bairro Majorca. Os dois filhos da mulher presenciaram a agressão. Durante a agressão, o homem teria arrastado a vítima para o banheiro, jogou gasolina nela e depois ateou fogo. Os vizinhos tentaram socorrê-la e a levaram para a Unidade de Pronto-atendimento (UPA) da cidade. Posteriormente, a vítima foi transferida para o Hospital Municipal São José de Joinville. A vítima teve grande parte do corpo atingido e o estado de saúde dela é grave. Ainda segundo o delegado, a prisão do suspeito deve ser decretada até o final desta segunda-feira. A polícia também informou que a vítima já havia registrado boletins de ocorrência por agressão contra o ex-companheiro, o último deles em maio. Entretanto, havia decidido não realizar a representação judicial contra o suspeito. O casal já estava separado há algum tempo, mas ainda morava na mesma casa. O suspeito poderá responder por tentativa de feminicídio qualificado por meio insidioso e cruel. Leia mais:Nesta quinta-feira, a Câmara de Vereadores de Joinville recebe audiência pública sobre violência contra a mulher.Porto Alegre, RSA NotíciaEx-companheiro é suspeito de atear fogo em mulher em São Francisco do Sul A Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-ex-companheiro-e-suspeito-de-atear-fogo-em-mulher-em-sao-francisco-do-sul-10388416Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24442612Empresária é presa por mandar matar ex-funcionário em JoinvilleEla foi condenada em primeira instância após júri popular em maio de 20172018-06-26T10:34:00-03:002018-06-26T10:34:00-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA NotíciaEmpresária é presa por mandar matar ex-funcionário em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24442612Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-empresaria-e-presa-por-mandar-matar-ex-funcionario-em-joinville-10388274Empresária é presa por mandar matar ex-funcionário em JoinvilleEla foi condenada em primeira instância após júri popular em maio de 20172018-06-26T10:34:00-03:002018-06-26T10:34:00-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA empresária Ana Salete Deucher, 60 anos, foi presa nesta segunda-feira após ser condenada pela morte do jovem Thiago Régis Rasia. O crime ocorreu em outubro de 2014, no bairro Costa e Silva, na Zona Norte da cidade. A condenação, em primeira instância, aconteceu em maio do ano passado após sessão de júri popular. Agora, em segunda instância, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina decidiu a pena de Ana Salete passasse de 15 para 17 anos e a prisão dela foi decretada. A mulher foi condenada como a mandante do crime. A investigação apontou que Thiago era ex-funcionário da empresa de locação de carros de Ana Salete e movia uma ação trabalhista contra a empresa. O jovem também era testemunha em outra ação trabalhista contra a locadora. Além da empresária, Davi da Silva Antunes, 29 anos, denunciado como o executor do crime, preso desde maio de 2015, foi condenado durante o júri a 14 anos. Segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público (MP) em junho de 2015, Thiago foi vítima de uma emboscada. Na noite do crime, por volta das 22 horas, Davi telefonou para a vítima oferecendo-lhe uma falsa proposta de emprego e marcou encontro em um galpão na rua Benjamin Constant. Assim que a vítima chegou ao local foi atingida com um disparo na cabeça. A empresária foi presa no bairro Floresta em ação da Polícia Civil de Joinville. Segundo as investigações, Davi cometeu o crime a pedido de Ana Salete e, para isso, a empresária ofereceu o pagamento de R$ 2.500 à ele e entregou a arma do crime. A dupla foi condenada por homicídio qualificado por dissimulação, paga promessa de recompensa e motivo torpe. Para a família da vítima, a prisão de Ana Salete representa um grande passo a caminho de justiça pela morte de Thiago. — Eu e minha mãe fomos até Florianópolis acompanhar o julgamento em segunda instância. Os desembargadores entenderam que o meu irmão foi vítima de uma emboscada e a importância do caso, e aumentaram a pena dela — disse a irmã da vítima, Ani Rasia. Às 16 horas desta terça-feira, o advogado de defesa de Ana Salete, Otávio Souza Vieira, informou à reportagem que irá recorrer à decisão. Ele também disse "que a empresária é inocente".Porto Alegre, RSA NotíciaEmpresária é presa por mandar matar ex-funcionário em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-empresaria-e-presa-por-mandar-matar-ex-funcionario-em-joinville-10388274Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24445431Homem é morto a tiros na frente de casa na zona Sul de JoinvilleHomicídio aconteceu por volta das 19h30 no bairro Paranaguamirim2018-06-26T10:30:56-03:002018-06-26T10:30:56-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA NotíciaHomem é morto a tiros na frente de casa na zona Sul de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24445431Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-homem-e-morto-a-tiros-na-frente-de-casa-na-zona-sul-de-joinville-10388285Homem é morto a tiros na frente de casa na zona Sul de JoinvilleHomicídio aconteceu por volta das 19h30 no bairro Paranaguamirim2018-06-26T10:30:56-03:002018-06-26T10:30:56-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm homem de 35 anos foi morto a tiros por volta das 19h30 da última segunda-feira na rua Izolina Paz Ribeiro, no bairro Paranaguamirim, na zona Sul de Joinville. O nome da vítima não foi divulgado pela Polícia Militar.Testemunhas afirmaram que dois homens chegaram em frente a casa da vítima, começaram uma conversa e, logo em seguida, um dos suspeitos sacou uma arma de fogo e disparou contra a vítima. Os tiros atingiram a cabeça, o tórax e a região das costas.Segundo a PM, os dois homens fugiram à pé logo após os disparos. Apesar de não divulgar o nome da vítima, a polícia informou que ela era conhecida como "Vadico". Ele tinha passagem criminal por tráfico de drogas, roubo, receptação e furto.O Samu, o Instituto Geral de Perícias e a Polícia Civil também estiveram na cena do crime. Até o momento, não há informações sobre a motivação do crime e a identidade dos autores.Porto Alegre, RSA NotíciaHomem é morto a tiros na frente de casa na zona Sul de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-homem-e-morto-a-tiros-na-frente-de-casa-na-zona-sul-de-joinville-10388285Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24443874Ação conjunta das policias Civil e Militar interdita cinco estabelecimentos comerciais de JoinvilleOperação ocorreu no final de semana em bares e choperias2018-06-25T15:42:57-03:002018-06-25T15:42:57-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPolícia Civil / DivulgaçãoAção conjunta das policias Civil e Militar interdita cinco estabelecimentos comerciais de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24443874Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-acao-conjunta-das-policias-civil-e-militar-interdita-cinco-estabelecimentos-comerciais-de-joinville-10387574Ação conjunta das policias Civil e Militar interdita cinco estabelecimentos comerciais de JoinvilleOperação ocorreu no final de semana em bares e choperias2018-06-25T15:42:57-03:002018-06-25T15:42:57-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUma ação conjunta entre as polícias Civil e Militar e órgãos municipais de Joinville interditou cinco estabelecimentos comerciais da cidade no último final de semana. A ação foi deflagrada na sexta-feira (22) nos bairros Boehmerwald; Itaum; Itinga e Parque Guarani.De acordo com a Polícia Civil de Joinville, o objetivo da fiscalização aconteceu em bares e choperias, em especial, devido a proteção de direitos de consumidores e vizinhança. Conforme à polícia, todos os cinco locais interditados não dispunham alvará policial para funcionamento, dentre outros necessários.Outra constatação foi que alguns dos estabelecimentos foram apontados como causadores de perturbação do sossego e poluição sonora, além de comércio de produtos impróprios ao consumo.Além dos agentes civis e militares participaram da ação os órgãos da Vigilância Sanitária e da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (SAMA).Porto Alegre, RSA NotíciaAção conjunta das policias Civil e Militar interdita cinco estabelecimentos comerciais de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-acao-conjunta-das-policias-civil-e-militar-interdita-cinco-estabelecimentos-comerciais-de-joinville-10387574Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24442612Três pessoas sofrem tentativa de homicídio na zona Norte de JoinvilleSegundo a PM, eles foram baleados nos membros inferiores, mas não tiveram lesões graves2018-06-25T09:12:18-03:002018-06-25T09:12:18-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA NotíciaTrês pessoas sofrem tentativa de homicídio na zona Norte de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24442612Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-tres-pessoas-sofrem-tentativa-de-homicidio-na-zona-norte-de-joinville-10387281Três pessoas sofrem tentativa de homicídio na zona Norte de JoinvilleSegundo a PM, eles foram baleados nos membros inferiores, mas não tiveram lesões graves2018-06-25T09:12:18-03:002018-06-25T09:12:18-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brTrês homens foram atingidos por tiros por volta das 20 horas do último domingo na rua Nossa Senhora dos Anjos, no bairro Vila Cubatão, na zona Norte de Joinville. A Polícia Militar não divulgou a identidade das vítimas.Segundo a PM, os tiros foram efetuados por duas pessoas que estavam em uma motocicleta e passaram pelo local. Um homem de 29 anos, um de 26 anos e outro de 25 foram atingidos nos membros inferiores. A polícia informou que os disparos não causaram lesões graves.Duas vítimas não têm passagens pela polícia. Apenas o homem de 26 anos tem passagens por tráfico de drogas e tentativa de homicídio. Até o momento, nenhum suspeito do crime foi identificado.Porto Alegre, RSA NotíciaTrês pessoas sofrem tentativa de homicídio na zona Norte de JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-tres-pessoas-sofrem-tentativa-de-homicidio-na-zona-norte-de-joinville-10387281Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:23860228Comerciante reage a assalto e troca tiros com criminosos em GuaramirimAção foi registrada na noite de quarta-feira; dois homens ficaram feridos2018-06-21T11:13:50-03:002018-06-21T11:13:50-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA Notícia / DivulgaçãoComerciante reage a assalto e troca tiros com criminosos em GuaramirimA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:23860228Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-comerciante-reage-a-assalto-e-troca-tiros-com-criminosos-em-guaramirim-10384105Comerciante reage a assalto e troca tiros com criminosos em GuaramirimAção foi registrada na noite de quarta-feira; dois homens ficaram feridos2018-06-21T11:13:50-03:002018-06-21T11:13:50-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm comerciante reagiu a uma tentativa de assalto em um mercado de Guaramirim, no Norte Catarinense, e trocou tiros com os criminosos na noite desta quarta-feira (20). A ocorrência foi registrada por policiais do 14º Batalhão da Polícia Militar (BPM), às 19h34, na Rua Gerônimo Correa, no Centro. Houve feridos.De acordo com a PM, dois homens armados com revólver entraram no estabelecimento e renderam os funcionários e o proprietário do local, anunciando o roubo. No entanto, após coletarem dinheiro e jóias foram surpreendidos pelo dono do mercado quando tentaram fugir do local. O comerciante, de 61 anos, usou sua arma particular e trocou tiros com os homens. Um dos assaltantes foi alvejado e o proprietário do mercado levou um tiro de raspão na cabeça.Ainda segundo a guarnição, os masculinos fugiram sentido BR-280, enquanto a vítima do assalto foi conduzida até o hospital para atendimento médico. Na ocasião foi constatado também que este idoso possui passagem criminal por assédio sexual.Porto Alegre, RSA NotíciaComerciante reage a assalto e troca tiros com criminosos em GuaramirimA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-comerciante-reage-a-assalto-e-troca-tiros-com-criminosos-em-guaramirim-10384105Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24435232Colisão provoca morte e prisão por embriaguez na BR-280, em Araquari Batida entre dois carros foi registrada na noite desta quarta-feira; vítima fatal ainda não foi identificada2018-06-21T09:53:37-03:002018-06-21T09:53:37-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSBombeiros de AraquariColisão provoca morte e prisão por embriaguez na BR-280, em Araquari A Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24435232Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-colisao-provoca-morte-e-prisao-por-embriaguez-na-br-280-em-araquari-10384061Colisão provoca morte e prisão por embriaguez na BR-280, em Araquari Batida entre dois carros foi registrada na noite desta quarta-feira; vítima fatal ainda não foi identificada2018-06-21T09:53:37-03:002018-06-21T09:53:37-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA colisão frontal entre dois carros de passeio na noite desta quarta-feira (20) na BR-280, em Araquari, provocou a morte de um homem e a prisão de outro após o acidente. A ocorrência foi registrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) às 20h50, no Km 23,5 da rodovia, que constatou embriaguez no motorista de um dos veículos. Ele sobreviveu à batida, mas a segunda vítima que estava no outro carro veio a óbito a caminho do Pronto Atendimento (PA) de Araquari.De acordo com a PRF, a colisão envolveu os veículos GM/Vectra, com placas de Araquari, e um GM/Corsa, de Joinville. O condutor do Vectra foi resgatado consciente pelo Corpo de Bombeiros Voluntários e encaminhado ao Hospital São José com ferimentos leves. No entanto, ele foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante. Conforme as polícias Civil e Rodoviária, o teste de bafômetro realizado no motorista, de 54 anos, apontou 0,54mg/l de álcool no sangue. Ele não teve identidade divulgada.Leia mais no A NotíciaNo segundo carro, viajava outro homem, que morreu momentos após ser resgatado por uma equipe dos bombeiros militares. De acordo com o PA de Araquari ele já chegou sem vida ao local e foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Joinville. O corpo permanecia no local na manhã desta quinta-feira (21), ainda sem identificação da família.O motorista do Vectra foi levado para a Central de Polícia joinvilense e deve ser transferido nas próximas horas para a Unidade Prisional Avançada (UPA) de Araquari. O caso será remetido à Delegacia de Polícia de Araquari para continuidade dos procedimentos legais.Ainda na noite de quarta-feira, em Blumenau, duas pessoas morreram em um acidente envolvendo um motorista embriagado na BR-470. As vítimas estavam em uma motocicleta. O motorista do carro ficou ileso e foi encaminhado à delegacia de Blumenau. Leia mais:Após perseguição e troca de tiros, carro roubado capota na SC-301 em AraquariPorto Alegre, RSA NotíciaColisão provoca morte e prisão por embriaguez na BR-280, em Araquari A Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-colisao-provoca-morte-e-prisao-por-embriaguez-na-br-280-em-araquari-10384061Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:23860228Carga de suplemento alimentar avaliada em R$ 1 milhão é recuperada em JoinvilleMercadoria estava em um contêiner quando foi roubada, em Garuva2018-06-21T08:47:34-03:002018-06-21T08:47:34-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSA Notícia / DivulgaçãoCarga de suplemento alimentar avaliada em R$ 1 milhão é recuperada em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:23860228Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-carga-de-suplemento-alimentar-avaliada-em-r-1-milhao-e-recuperada-em-joinville-10384030Carga de suplemento alimentar avaliada em R$ 1 milhão é recuperada em JoinvilleMercadoria estava em um contêiner quando foi roubada, em Garuva2018-06-21T08:47:34-03:002018-06-21T08:47:34-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joinville, recuperou na noite desta quarta-feira (20) uma carga roubada contendo suplementos para atletas no Bairro Floresta, na Zona Sul da cidade. Os produtos da marca Whey Protein, avaliada em mais de R$ 1 milhão, haviam sido roubados de um contêiner no último dia 8 em Garuva, também no Norte de Santa Catarina.De acordo com a Polícia Civil, a investigação chegou até o endereço, em um pátio, e conseguiu recuperar quase integralmente a carga roubada. Durante as diligências foram encontradas mais de 7,2 mil unidades do produto importado, cujo valor de cada unidade gira em torno de R$ 150.Além de recuperar a carga e o contêiner, a polícia prendeu um homem de 41 anos por receptação. Ele é dono do estabelecimento onde os itens foram escondidos. Ainda segundo a DIC, no local foi constatado que o suspeito já tinha mandado de prisão ativo, em razão de uma condenação pelo crime de peculato.Porto Alegre, RSA NotíciaCarga de suplemento alimentar avaliada em R$ 1 milhão é recuperada em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-carga-de-suplemento-alimentar-avaliada-em-r-1-milhao-e-recuperada-em-joinville-10384030Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24433321Joinville utiliza 60,7% da capacidade total de vagas do sistema socioeducativoDas 112 vagas ¿ entre internação, unidade provisória e casa de semiliberdade ¿, somente 68 podem ser usadas para receber jovens que cometem algum ato infracional2018-06-21T07:00:29-03:002018-06-21T07:00:29-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSSalmo DuarteJoinville utiliza 60,7% da capacidade total de vagas do sistema socioeducativoA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24433321Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-joinville-utiliza-60-7-da-capacidade-total-de-vagas-do-sistema-socioeducativo-10383423Joinville utiliza 60,7% da capacidade total de vagas do sistema socioeducativoDas 112 vagas ¿ entre internação, unidade provisória e casa de semiliberdade ¿, somente 68 podem ser usadas para receber jovens que cometem algum ato infracional2018-06-21T07:00:29-03:002018-06-21T07:00:29-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brJoinville utiliza pouco mais da metade da capacidade do sistema socioeducativo. Das 112 vagas – entre internação, unidade provisória e casa de semiliberdade -, somente 68 podem ser usadas disponíveis para receber jovens que cometem algum ato infracional – o equivalente a 60,7% do total. A maior deficiência está no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), que deixa de oferecer 30 vagas a pessoas com menos de 18 anos. — O Case tem um problema desde que foi inaugurado, que é estrutural - sendo a parte de baixo da construção onde há mais problema. O terreno era um banhado, acredito que tenha sido mal construído porque tem uma casa que estava literalmente afundando — explica o juiz Marcio Renê Rocha, da Vara da Infância e Juventude de Joinville. Situado na Estrada Geral do Dedo Grosso, no Vila Nova, o Case foi projetado para atender 70 jovens para o cumprimento de medida socioeducativa de internação privativa de liberdade. Atualmente, 41 adolescentes estão internados no local. Ainda que exista a demanda para as 30 vagas remanescentes – de janeiro a abril deste ano, 85 adolescentes foram apreendidos em flagrante e outros 19 mediante ordem judicial - o juiz conta que não conseguiu utilizar a capacidade máxima do centro nenhuma vez nos quase sete anos em que está à frente da Vara da Infância e Juventude. Desde que foi inaugurado, em 2014, além de problemas na construção o Case já apresentou falta de efetivo na equipe técnica e, em 2015, a unidade abrigava 30 adolescentes. Agora, o local passa por reformas estruturais para funcionar com capacidade máxima, segundo a Secretaria de Justiça e Cidania (SJC). Além disso, nos últimos meses, passou por outras reformas de manutenção, todas finalizadas. Na opinião do juiz, as falhas na estrutura do prédio ocorrem por falta de fiscalização por parte do poder público durante a execução da obra. Para ele, após a contratação da empresa, o Estado não faz inspeções rotineiras quanto à qualidade dos materiais usados na construção ou do serviço prestado. — Por exemplo, a empresa foi contratada no edital para usar um tipo de piso, mas na hora de executar a obra coloca outro, mais barato. O Estado não fiscaliza isso. Depois, para cobrar da empresa é difícil — comenta o juiz. Ainda segundo a SJC, a unidade funciona regularmente e dentro do que exige a legislação, contando com inscrição válida junto ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). Casa de Semiliberdade continua fechada Joinville conta com outros dois locais de atendimento aos adolescentes infratores além do Case. Um deles é o Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (Casep), destinado ao cumprimento de medida socioeducativa de internação provisória. Ali, os jovens devem permanecer por, no máximo 45 dias, para depois serem encaminhados ao Case. Algumas internações acabam ultrapassando este prazo por causa da falta de vagas no sistema. A capacidade de vagas no Casep foi aumentada no último mês, passando de 22 para 28 jovens internados no local. Conforme o juiz, assim que surgiram, as seis novas vagas já foram sendo rapidamente preenchidas. Já a Casa de Semiliberdade é o espaço para cumprimento de medida para atos infracionais de média gravidade. Em Joinville, a unidade oferecia 14 vagas, mas desde 2017 está fechada após decisão judicial, motivada pela compreensão de que o local não cumpria o objetivo dos serviços prestados e oferecia estrutura precária. De acordo com SJC, há tratativas para reabertura e funcionamento da Casa junto ao poder Judiciário e Ministério Público (MP) - a interdição ocorreu após processo judicial contra a entidade que administrava a unidade e não contra o Departamento de Administração Socioeducativo (Dease). Socioeducativo é deixado de lado, diz juiz A maioria dos menores apreendidos em Joinville tem envolvimento com crimes de furto e roubo. E a falta de vagas nos centros socioeducativos contribuem para uma "sensação de impunidade". De acordo com o juiz Marcio Renê Rocha, isso ocorre quando alguns jovens são soltos porque não há para onde encaminhá-los ou não permanecem muito tempo no sistema. Para garantir o cumprimento da medida privativa de liberdade, por exemplo, o juiz organiza uma "logística" com as vagas existentes, retirando jovens que cumpriram parte da medida – ainda que devessem permanecer por mais tempo - e os substitui por outros. O tempo de internação de um adolescente para atos infracionais considerados mais graves, conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), pode variar entre seis meses e três anos. Entretanto, Rocha observa que poucos jovens ficam o tempo máximo de permanência nos centros, porque precisa constantemente reorganizar essas vagas. O magistrado considera importante o tempo de internação na recuperação. Em muitos casos, o cumprimento da medida evita que voltem a cometer atos infracionais e cheguem ao sistema prisional. — O (sistema) socioeducativo é um pouco deixado de lado pelo poder público, quando deveria ser ao contrário: porque ele previne, evitando que esse jovem não chegue ao presídio — conclui o magistrado.Porto Alegre, RSA NotíciaJoinville utiliza 60,7% da capacidade total de vagas do sistema socioeducativoA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-joinville-utiliza-60-7-da-capacidade-total-de-vagas-do-sistema-socioeducativo-10383423Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24431411Caminhão é recuperado com auxílio de rastreador meia hora após ser furtado em GuaramirimHomem que estava com veículo disse à polícia que desconhecido o emprestou para dar uma volta2018-06-19T17:57:20-03:002018-06-19T17:57:20-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPRF / DivulgaçãoCaminhão é recuperado com auxílio de rastreador meia hora após ser furtado em GuaramirimA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24431411Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-caminhao-e-recuperado-com-auxilio-de-rastreador-meia-hora-apos-ser-furtado-em-guaramirim-10382492Caminhão é recuperado com auxílio de rastreador meia hora após ser furtado em GuaramirimHomem que estava com veículo disse à polícia que desconhecido o emprestou para dar uma volta2018-06-19T17:57:20-03:002018-06-19T17:57:20-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm caminhão baú foi recuperado apenas meia hora após ser furtado em Guaramirim, no Norte de Santa Catarina, nesta terça-feira (19). O fato foi registrado pela manhã por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-280. Um homem de 30 anos, que estava com o veículo, foi preso.De acordo com a polícia o caminhão Iveco/Daily foi furtado e imediatamente após a ocorrência, o motorista do caminhão compareceu à Unidade Operacional da PRF e informou que o veículo tinha sido roubado no centro do município instantes antes. O dono do veículo afirmou ainda que o sistema de rastreamento indicava que seu caminhão estava próximo.Os policiais fizeram buscas e encontraram o Iveco a pouco mais de dez quilômetros de distância do local indicado pelo caminhoneiro. O homem que estava ao volante do baú disse que recebeu o veículo de um desconhecido para "dar uma volta", mas apesar da alegação, ele foi detido e encaminhado à Delegacia de Guaramirim. O homem deve responder pelo crime de furto.Porto Alegre, RSA NotíciaCaminhão é recuperado com auxílio de rastreador meia hora após ser furtado em GuaramirimA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-caminhao-e-recuperado-com-auxilio-de-rastreador-meia-hora-apos-ser-furtado-em-guaramirim-10382492Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24424267Após perseguição e troca de tiros, carro roubado capota na SC-301 em Araquari Dois carros foram roubados em Joinville nesta manhã - um deles capotou perto do trevo da rodovia estadual com a BR-280 e o outro foi interceptado pela polícia2018-06-17T14:01:07-03:002018-06-17T14:01:07-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgaçãoApós perseguição e troca de tiros, carro roubado capota na SC-301 em Araquari A Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24424267Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-apos-perseguicao-e-troca-de-tiros-carro-roubado-capota-na-sc-301-em-araquari-10377878Após perseguição e troca de tiros, carro roubado capota na SC-301 em Araquari Dois carros foram roubados em Joinville nesta manhã - um deles capotou perto do trevo da rodovia estadual com a BR-280 e o outro foi interceptado pela polícia2018-06-17T14:01:07-03:002018-06-17T14:01:07-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brApós perseguição policial e troca de tiros, um carro capotou e outro colidiu em um objeto fixo na SC-301, em Araquari. Com a colisão, três pessoas ficaram feridas na manhã deste domingo. Segundo informações dos Bombeiros Voluntários, dois carros foram roubados – um Audi A3 e um Fiat Argo – no bairro Costa e Silva, na Zona Norte de Joinville. Depois do assalto, os suspeitos fugiram nos dois veículos sentido à BR-280. Próximo ao trevo de Araquari, o Audi A3 colidiu em um terceiro carro e capotou. Já o Argo foi interceptado pela Polícia Militar, houve troca de tiros e o automóvel também colidiu em um objeto fixo. Ainda segundo os Bombeiros, três pessoas ficaram feridas durante a ocorrência, um casal que estava no terceiro veículo foi encaminhado ao Hospital Municipal São Jose e ainda um PM que foi atingido por um tiro de raspão e não precisou de atendimento hospitalar. Os bombeiros não souberam confirmar a identidade das vítimas e nem se os assaltantes foram presos.Porto Alegre, RSA NotíciaApós perseguição e troca de tiros, carro roubado capota na SC-301 em Araquari A Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-apos-perseguicao-e-troca-de-tiros-carro-roubado-capota-na-sc-301-em-araquari-10377878Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24415461Motociclista morre em acidente na BR-101 em Barra VelhaColisão entre carreta e moto ocorreu no km 89, por volta das 7 horas2018-06-13T10:43:19-03:002018-06-13T10:43:19-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSDivulgaçãoMotociclista morre em acidente na BR-101 em Barra VelhaA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24415461Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-motociclista-morre-em-acidente-na-br-101-em-barra-velha-10374298Motociclista morre em acidente na BR-101 em Barra VelhaColisão entre carreta e moto ocorreu no km 89, por volta das 7 horas2018-06-13T10:43:19-03:002018-06-13T10:43:19-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brUm motociclista morreu após um acidente no km 89 da BR-101 em Barra Velha. De acordo com informações da Autopista Litoral Sul, a colisão ocorreu por volta das 7 horas desta terça-feira – no sentido Sul da rodovia – e envolveu uma carreta e uma moto. Por causa do impacto da batida, o condutor da moto morreu ainda no local. O trânsito chegou a ficar em meia-pista por aproximadamente 15 minutos, deixando o tráfego lento entre o km 85 e o 89. As circunstâncias do acidente e o nome dos envolvidos não foram revelados. Leia também: Polícia Civil realiza operação para combater o tráfico de drogas perto de escolas em JoinvilleTestemunhas da morte de policial militar começam a ser ouvidas em Joinville Conheça os principais tipos de golpes aplicados em JoinvillePorto Alegre, RSA NotíciaMotociclista morre em acidente na BR-101 em Barra VelhaA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-motociclista-morre-em-acidente-na-br-101-em-barra-velha-10374298Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:24415369Polícia Civil realiza operação para combater o tráfico de drogas perto de escolas em JoinvilleForam cumpridos mandados de busca e apreensão em pelo menos quatro bairros da cidade2018-06-13T09:46:09-03:002018-06-13T09:46:09-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSPolícia Civil de JoinvillePolícia Civil realiza operação para combater o tráfico de drogas perto de escolas em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:24415369Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-policia-civil-realiza-operacao-para-combater-o-trafico-de-drogas-perto-de-escolas-em-joinville-10374259Polícia Civil realiza operação para combater o tráfico de drogas perto de escolas em JoinvilleForam cumpridos mandados de busca e apreensão em pelo menos quatro bairros da cidade2018-06-13T09:46:09-03:002018-06-13T09:46:09-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brA Polícia Civil realiza ação na manhã desta terça-feira para combater o tráfico de drogas em frente a escolas de Joinville. Durante a operação – intitulada Anjos da Lei – pelo menos cinco pessoas foram presas em flagrante e um menor apreendido. De acordo com o delegado Murilo Yago Batalha, da 3ª Delegacia de Polícia, as investigações começaram em fevereiro deste ano depois que algumas pessoas fizeram denúncias anônimas sobre o tráfico perto das escolas. Durante a ação foram apreendidos cerca de 60 quilos de drogas e cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em residências nos bairros Costa e Silva, Bom Retiro, Vila Nova e Iririú. Além das substâncias, também foram localizados quantias em dinheiro, balanças de precisão e materiais usados para embalar a droga. A operação ocorreu em outras cidades de Santa Catarina. Em Blumenau, a Polícia Civil cumpriu três mandados de busca e apreensão, três pessoas foram presas. Os policiais também encontrou duas armas de fogo, munições, colete balístico e porções de diversos tipos de drogas. Em Joinville, a operação contou com o apoio da Delegacia de Homicídios (DH) da cidade. Os presos, após audiência de custódia, serão encaminhados ao Presídio Regional da cidade. A operação ocorreu ainda no Paraná e no Rio Grande do Sul. Leia também: Testemunhas da morte de policial militar começam a ser ouvidas em Joinville Conheça os principais tipos de golpes aplicados em JoinvillePorto Alegre, RSA NotíciaPolícia Civil realiza operação para combater o tráfico de drogas perto de escolas em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-policia-civil-realiza-operacao-para-combater-o-trafico-de-drogas-perto-de-escolas-em-joinville-10374259Change0Usableurn:publicid:clicrbs.com.br:23622039Testemunhas da morte de policial militar começam a ser ouvidas em JoinvilleCabo Joacir Roberto Vieira foi morto em agosto do ano passado dentro de uma loja no bairro João Costa2018-06-12T15:49:26-03:002018-06-12T15:49:26-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brPorto Alegre, RSMaykon LammerhirtTestemunhas da morte de policial militar começam a ser ouvidas em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:clicrbs.com.br:23622039Change0Usableurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-testemunhas-da-morte-de-policial-militar-comecam-a-ser-ouvidas-em-joinville-10373518Testemunhas da morte de policial militar começam a ser ouvidas em JoinvilleCabo Joacir Roberto Vieira foi morto em agosto do ano passado dentro de uma loja no bairro João Costa2018-06-12T15:49:26-03:002018-06-12T15:49:26-03:00© 2011-2018 clicrbs.com.brAs testemunhas do assassinato do policial militar Joacir Roberto Vieira começaram a ser ouvidas em Joinville. Durante audiência realizada no Fórum nesta segunda, cinco testemunhas de acusação prestaram depoimento. Já as testemunhas de defesa e os acusados serão ouvidos no próxima dia 18. O PM foi morto a tiros em agosto do ano passado dentro de uma loja de calçados no bairro João Costa, na zona Sul da cidade. O inquérito foi concluído pela Polícia Civil em outubro do ano passado e a denúncia foi oferecida pelo Ministério Público (MP) em dezembro. O documento apontou o envolvimento de sete pessoas no assassinato: Grazieli de Freitas Oliveira, 22 anos; Jefferson Diego Padilha, 26; Lucas Fernando Comandolli, 22; Rafael Vicente da Silva, 23; Rodrigo Ferreira de Lima, 24; André Felipe Pereira, 20, morto em setembro de 2017 durante ação da Polícia Militar; e um adolescente. De acordo com a denúncia, os acusados têm envolvimento com uma organização criminosa que atua no Estado. O crime ocorreu a mando da liderança da facção, e todos os denunciados participaram do planejamento e execução da ação. A motivação do assassinato do policial foi uma dívida que dois réus teriam com a organização. O documento ainda detalha a ação dos criminosos na noite da execução de Joacir. Em 2016, o acusado Rodrigo matou duas mulheres na estrada que dá acesso à praia da Vigorelli, com a ajuda de Lucas. O duplo homicídio não tinha a "autorização" do comando do grupo criminoso e, por este motivo, a dupla recebeu a ordem de executar um agente de segurança pública para "pagar a dívida". A ordem foi dada aos dois pelo réu Jefferson Padilha, que teria a função de "determinar e organizar a execução das missões" dentro da facção. Já os denunciados Rafael Vicente e o adolescente tinham a função de providenciar as armas e os veículos utilizados no dia do crime. Os materiais e o carro foram entregues à dupla responsável por executar o PM e também André Felipe. A jovem Grazieli ficou encarregada de dar suporte à ação: ela permaneceu dentro de um carro Corsa na noite do homicídio monitorando a ação dos outros criminosos e, assim, garantir a fuga. Os cinco réus já estão presos em unidades prisionais de Santa Catarina. Eles foram denunciados pelos crimes de organização criminosa, homicídio qualificado, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Já o processo envolvendo o adolescente está em segredo de justiça, conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Relembre o caso O policial militar foi morto em 28 de agosto dentro de uma loja de calçados na rua Monsenhor Gercino, no bairro João Costa. Joacir estava comprando um presente quando dois homens entraram no estabelecimento e efetuaram diversos disparos. As investigações da Polícia Civil apontaram que o PM foi executado durante onda de ataques a agentes de segurança pública em agosto do ano passado. Depois do assassinato, os dois homens fugiram do local em um Fiesta. O veículo utilizado no crime foi furtado no dia 4 de agosto, na cidade de Rio Negrinho, e incendiado horas depois do crime no bairro Ulysses Guimarães.Porto Alegre, RSA NotíciaTestemunhas da morte de policial militar começam a ser ouvidas em JoinvilleA Notíciaurn:publicid:anoticia-clicrbs-com-br-sc-seguranca-testemunhas-da-morte-de-policial-militar-comecam-a-ser-ouvidas-em-joinville-10373518Change0Usable