Saavedra: MST tem até fevereiro de 2018 para sair de área em Araquari - Política - A Notícia

Versão mobile

 

Coluna Portal02/11/2017 | 08h15Atualizada em 02/11/2017 | 08h15

Saavedra: MST tem até fevereiro de 2018 para sair de área em Araquari

Grupo de 150 famílias ocupou a área em agosto deste ano

Saavedra: MST tem até fevereiro de 2018 para sair de área em Araquari Maykon Lammerhirt/A Notícia
Foto: Maykon Lammerhirt / A Notícia

O MST ganhou prazo até fevereiro de 2018 para desocupar área invadida em agosto em Araquari. O prazo foi concedido porque as famílias fizeram plantio e até lá, já devem ter feito a colheita. Caso deixem a área antes, ainda em 2017, terão indenização de R$ 5 mil pelo plantio já feito, em pagamento a ser feito pelos donos do imóvel. O acordo com o movimento foi fechado por juiz agrário, com participação do MP. 

 Pelo acertado na semana passada, segundo a assessoria do MP, as plantações não podem ter a área ampliada nem o acampamento receber mais famílias na área de dois hectares. Antes da ocupação em Araquari, o MST havia invadido área em Garuva, de onde saíram após acordo na Justiça.


Leia as últimas notícias
Confira outras colunas de Saavedra 




 
A Notícia
Busca