Saavedra: Duplicação do Distrito Industrial ainda não avançou em Joinville - Política - A Notícia

Versão mobile

Trânsito24/11/2017 | 07h17Atualizada em 24/11/2017 | 07h17

Saavedra: Duplicação do Distrito Industrial ainda não avançou em Joinville

Confira esta e outras notícias do colunista Jefferson Saavedra

Saavedra: Duplicação do Distrito Industrial ainda não avançou em Joinville Maykon Lammerhirt/Agencia RBS
Distrito Industrial Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

Três meses depois da apresentação das propostas, a licitação para duplicar as estradas Edgard Meister e Hans Dieter Schmidt ainda não foi concluída, sem escolha da empresa vencedora. O trecho a ser duplicado é o acesso ao Distrito Industrial pela BR-101. Quando ganhar novas pistas, todo o percurso entre a rodovia federal e o aeroporto de Joinville, com passagem pela avenida Santos Dumont, estará duplicado. 

A Acij, a Associação Empresarial de Joinville, está monitorando a situação, mas ainda não foi informada sobre os motivos do atraso na concorrência. O custo da obra, cobrada desde a década passada por empresários, está estimado em R$ 50 milhões. Houve até movimentos para empresas bancarem os trabalhos em troca de abatimento de impostos, mas a proposta foi descartada e o Estado usará recursos próprios. Com a conclusão da Santos Dumont, passou a ser futura grande obra viária do Estado na cidade.

 Confira outras colunas de Jefferson Saavedra 

Limitações para o plano viário
Em reunião do Conselho da Cidade de Joinville, com ata divulgada agora, a Secretaria de Planejamento Urbano reconhece não ter condições para fazer o novo plano viário da cidade. Não haveria dados suficientes nem programas de computador para montar as simulações. Por isso, será contratada uma empresa para fazer o serviço. O atual plano de viário, com a organização das ruas e futuras vias, entre outras informações, é de 1973.

Decoração de Natal no Centro

 JOINVILLE,SC,BRASIL,19-11-2017.Luzes de Natal já estão acesa em Joinville.Av. Juscelino Kubitschek.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)
Rua Juscelino KubitscheckFoto: Salmo Duarte / A Notícia

Licenças
Na próxima terça, o Ministério Público Federal e o Ministério Público de Santa Catarina se reúnem com o prefeito Udo Döhler para discutir a transferência do licenciamento ambiental do município para a Fatma. Até o momento, os dois MPs querem saber se a fundação tem estrutura para atender a demanda extra. Em nota distribuída ontem, o MPF apontou a possibilidade de apresentação de ação judicial, caso não ocorra eventual “solução extrajudicial”.

Empresários
Nesta sexta-feira, é a vez da reunião dos MPs com a Acij e a Ajorpeme para tratar do licenciamento ambiental em Joinville. Em avaliação inicial, as entidades empresariais da cidade não demonstraram resistência à transferência da responsabilidade pelas licenças. Mas garantiram que acompanhariam o tema para avaliar se haveria mais agilidade, como prometido pela Prefeitura. 

De volta
Na volta à Câmara dos Deputados após tratamento de saúde, Marco Tebaldi defendeu o fim do foro privilegiado para o julgamento. “Defendo que todos, desde os deputados até o presidente, façam suas defesas sem esse privilégio”, alegou.

COM CICLOFAIXA
Cotada anteriormente para virar mão única, possibilidade já descartada, a rua Orestes Guimarães está ganhando ciclofaixa, em trecho de quase 700 metros. O trabalho do Detrans vai até o dia 4 de dezembro.

HOMENAGEM  
O deputado Antonio Aguiar (PMDB) quer dar o nome de Vereador Arno Krelling para o trecho da Estrada Dona Francisca entre a BR-101 e a Sociedade Dona Francisca, em 9 km de extensão. Um dos fundadores do MDB em Pirabeiraba, Arno foi vereador em dois mandatos.

Cataratas
Em passagem na quinta-feira por Joinville, o secretário Vicente Caropreso (Saúde) garantiu a realização de mil cirurgias de catarata pelo Hospital Bethesda até o final do ano, com recursos do Estado. Caropreso teve encontro com Udo.

Saúde
Na superdição de “AN” deste final de semana, o destaque de Joinville no caderno Ponto a Ponto é a evolução das despesas com saúde na cidade. Ainda assim, com crescimento acima da inflação, nem toda a demanda é atendida. A elevação das despesas ocorreu em todas as esferas, seja municipal, estadual ou federal: todos entes passaram a gastar mais para bancar o SUS em Joinville. 

Homenagem à Chape
O Caderno Nós da Superedição deste fim de semana do “AN” traz reportagens especiais sobre o acidente com o avião que transportava a Chapecoense e que caiu na Colômbia há um ano. Tendo o zagueiro Neto como condutor das histórias, os textos relembram os momentos do acidente, a recuperação dos sobreviventes e as questões judiciais que ainda envolvem o clube, a empresa aérea, o governo da Bolívia, de onde o avião partiu, e os parentes dos 71 mortos no desastre.

EDITAL DO MECENATO
Lançado na quarta pela Prefeitura de Joinville, o edital do mecenato por meio do Simdec, de captação de recursos para projetos culturais, teve alterações e um dos anexos foi republicado ontem. O programa prevê liberação de captação até R$ 3,9 milhões, no conjunto dos projetos. 

CUSTO DOS HOSPITAIS
Os três hospitais mantidos pelo governo do Estado em Joinville estão custando em média R$ 21,7 milhões mensais. O Regional fica com praticamente a metade desses recursos. A Hospital Infantil, com R$ 6 milhões mensais, e a Maternidade Darcy Vargas, com R$ 5,1 milhões, ficam com o restante.

APLICAÇÃO
Embora há casos no Tribunal de Justiça das liminares em primeira instância com permissão para construção perto de rios (sem a necessidade de aplicação do 30 metros do Código Florestal), existem também situações com entendimento inverso. Em decisão recente, o TJ derrubou liminar do ano passado e mandou aplicar o Código Florestal, mais restritivo que as leis municipais. As análises são caso a caso.

EM 2018
Com pouco mais de quatro meses do prazo fatal para se desincompatibilizar da Prefeitura de Joinville caso resolva concorrer a governador, Udo Döhler vai deixar a definição para depois. Não há pressa nenhuma em dizer se será candidato ou não e, muito menos, em apontar quem será seu candidato, caso não concorra. 

CORREÇÃO
Mostrada na edição de quinta-feira, a rua Fernando de Noronha fica no Atiradores, e não no América.

NA VICE DO PTB
Secretário de Habitação em Joinville, Romeu de Oliveira está assumindo a vice-presidência estadual do PTB.

Leia também: 

Saavedra: Plano ambiental da BR-280 prevê área para comunidade indígena

Saavedra: MP avalia edital para contratar organização social no Infantil

Saavedra: IPTU 2018 pode render R$ 5,4 milhões a mais para a prefeitura de Joinville



Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC conhece nesta sexta seu adversário na Copa do Brasil https://t.co/nevcKhkLFs #LeianoANhá 32 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona vence o Concórdia e está a um empate do título catarinense https://t.co/eHSjjHnyOC #LeianoANhá 1 horaRetweet
A Notícia
Busca