Sérgio Moro: exemplo de magistrado - Política - A Notícia

Versão mobile

Moacir Pereira19/10/2017 | 02h20Atualizada em 19/10/2017 | 02h20

Sérgio Moro: exemplo de magistrado

Em entrevista, o corajoso magistrado revelou profundo conhecimento da realidade brasileira, do sistema penal e da ordem jurídica

Sérgio Moro: exemplo de magistrado Lucas Correia/Agência RBS
Foto: Lucas Correia / Agência RBS

Merece ser debatida nos meios acadêmicos, jurídicos e políticos de todo o Brasil a densa entrevista concedida pelo juiz federal Sergio Moro ao jornalista Gerson Camarotti, da Globo News.

O premiado, corajoso e competente magistrado revelou profundo conhecimento da realidade brasileira, do sistema penal e da ordem jurídica. Centrado em pontos delicados lançados pelo repórter, mostrou serenidade, excepcional senso de equilíbrio e bom senso. E fugiu de duas ou três armadilhas, como as questões ligadas ao ex-presidente Lula.

Há múltiplos aspectos relevantes a analisar neste histórico depoimento. O primeiro deles trata da inércia dos parlamentares federais, que até agora não aprovaram medidas legais para mudar a legislação e reduzir a corrupção sistêmica externada pela Operação Lava-Jato. Lembrou bem Sérgio Moro que os processos criminais que tratam do maior escândalo de corrupção da história estão punindo e julgando os envolvidos no Petrolão. Ocorre que sem legislação mais rigorosa, a roubalheira tende a continuar. Como se viu nos últimos anos. José Dirceu, por exemplo, avançou em milhões de reais ilícitos quando cumpria pena na Papuda pelos crimes do Mensalão.

Defendeu o magistrado paranaense – e com inteira razão – a prisão dos condenados em segunda instância, como decidido pelo STF. Mudança na jurisprudência será incentivo à impunidade. Os poderosos só irão para a cadeia depois de anos ou décadas, esgotando todos os recursos.

Empresas estatais e tesouraria de órgãos públicos não podem ser moeda de troca para partidos e políticos. É ali que a corrupção se oxigena.

Policial
Câmara de Chapecó realizou sessão especial para prestar justa homenagem ao coronel Edivar Antônio Bedin, da Polícia Militar de Santa Catarina. Ele passou para a reserva depois de 37 anos dedicados à corporação.

Imprensa
A Associação Catarinense de Imprensa e a Associação Comercial e Industrial de Tubarão realizam sessão solene nesta quinta, às 16h, em homenagem aos 50 anos do jornalista e radialista Arilton Barreiros de Souza. Prefeito Joares Ponticelli, lideranças políticas, empresariais e profissionais já confirmaram presença.

Transportes
Federação das Empresas de Carga e Logística de Santa Catarina – Fetrancesc – estará comemorando nesta sexta 30 anos de fundação. Receberá autoridades e convidados a partir das 19h30min, no Cambirela Hotel.  A Assembleia prestou homenagem aos transportadores de carga com a aprovação, na Comissão de Segurança, do projeto de lei que dispõe sobre a cassação da inscrição estadual das empresas receptadoras de carga roubada.

Cidadania
Câmara Municipal confere nesta quinta, às 19h, o título de cidadão honorário de Joinville ao deputado federal Mauro Mariani, presidente estadual do PMDB. O parlamentar tem domicílio eleitoral em Joinville desde 2008, quando disputou a prefeitura. O pleito foi vencido pelo petista Carlito Mers. Mariani ficou em quarto lugar.

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

Rodovia Antônio Heil, entre Itajaí e Brusque, pode ter duplicação parcial até o fim do ano

Vitória de Aécio no Senado é uma resposta política ao STF

Senador Paulo Bauer é hospitalizado em Brasília


Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona vence o Joaçaba e está nas semifinais do Estadual https://t.co/0THcIkplBJ #LeianoANhá 22 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConheça a realeza da Schützenfest 2018, festa que ocorre em Jaraguá do Sul https://t.co/xK8i9mN5wR #LeianoANhá 1 horaRetweet
A Notícia
Busca