Saavedra: Serviços lideram na criação de empregos em Joinville - Política - A Notícia

Versão mobile

Portal 20/10/2017 | 06h38Atualizada em 20/10/2017 | 08h07

Saavedra: Serviços lideram na criação de empregos em Joinville

Confira essa e outras informações na coluna de Jefferson Saavedra

O setor de serviços, principalmente nas ocupações de faxineiros, auxiliares de escritório e assistentes administrativos, está liderando a retomada do emprego em Joinville em 2017, depois de dois anos de retração. Ainda que o resultado não tenha sido expressivo, a criação de vagas na cidade se manteve mais um mês no azul, com abertura de 456 vagas no mês passado, conforme o balanço divulgado na quinta-feira pelo Ministério do Trabalho. No acumulado do ano, são quase 6 mil vagas, o terceiro melhor resultado do País neste ano (somente São Paulo e Goiânia criaram mais empregos em 2017). 

Com mais de três mil postos de trabalho criados no ano, o setor de serviços lidera o ranking em Joinville, com a indústria em segundo lugar. Faxineiros e auxiliares de escritório representaram mais de 1,3 mil novas contratações - os serviços tem a liderança geral, com 3 mil novos contratados, devido à soma de outras categorias. Os empregos na indústria surgiram principalmente na metalurgia, segmento responsável por mais de 800 novas vagas entre os 2,3 mil criados pelo setor. Alimentador de linha de produção é a ocupação com a melhor performance entre as ocupações industriais.

Leia também
Em recuperação, Joinville abre 5,5 mil vagas no ano
Por que Joinville se destaca na geração de empregos no país
SC é vice-líder em geração de empregos em agosto

Ainda falta
Apesar da retomada neste ano, com a abertura de 5.948 postos, a cidade ainda está distante de recuperar as 13,3 mil vagas perdidas no dois anos anteriores.  No mercado de trabalho, a indústria foi o setor mais afetado pela crise em Joinville. Os dados são referentes ao mercado formal de trabalho, em contratações pela CLT (a coluna usa os números de saldos ajustados).

No Norte 
Na região Norte, o melhor desempenho no ano na criação de empregos, depois de Joinville, foi em Jaraguá, com 1,9 mil vagas, seguido por Mafra (948 novos empregos) e Araquari (684). Guaramirim e Campo Alegre ficaram na faixa entre 500 novos empregos, cada.

Leia as últimas notícias
Confira outras colunas de Saavedra




A Notícia
Busca