Saavedra: Chipagem de cavalos passa a ser obrigatória em Joinville - Política - A Notícia

Versão mobile

Portal 20/10/2017 | 07h04Atualizada em 20/10/2017 | 07h04

Saavedra: Chipagem de cavalos passa a ser obrigatória em Joinville

Confira essa e outras informações na coluna de Jefferson Saavedra

Saavedra: Chipagem de cavalos passa a ser obrigatória em Joinville /

Desde quarta-feira, é lei em Joinville a obrigação de cavalos também serem chipados, com informações sobre o animal e o dono. Assim, além de cães e gatos, os eqüinos também precisam ser registrados até seis meses após o nascimento - a lei também inclui os animais adultos. No caso dos cães e gatos, a lei tem essa previsão desde 2011, com apenas parte dessa população de bichos cadastrada até agora. 

A Secretaria de Meio Ambiente já estaria preparando as regras para a instalação de microchips nos cavalos. Em nota na semana passada, antes da sanção do projeto, o Movimento Tradicionalista Gaúcho de Santa Catarina havia manifestado preocupação com projetos desse tipo, cobrando mais debate. “Os criadores já têm seus rigorosos sistemas de identificações, inclusive com o acompanhamento do Ministério da Agricultura”, alegou o MTG/SC.

Leia as últimas notícias
Confira outras colunas de Saavedra

Auditivo
A Defensoria Pública da União conseguiu na Justiça o fornecimento pelo Estado de um aparelho auditivo de ajuda na comunicação e entendimento da fala para uma criança de 10 anos. O equipamento permite que o aluno morador de Joinville possa continuar as aulas na rede de ensino. O pagamento dos R$ 40 mil pelo aparelho foi feito após bloqueio de recursos do Estado, segundo a assessoria da DPU.

Aproximação
Fernando Krelling e Richard Harrison estão programando uma viagem ao Exterior, onde pretendem conhecer experiências administrativas. Os dois vereadores são bancar suas despesas, não será por conta da Câmara. Mas a agenda mostra a aproximação dos dois. E Krelling é pré-candidato a estadual, enquanto Richard deve tentar a disputa para federal (mas pode se inverter).

Mais nomes
O PMDB de Joinville também deverá contar com Rodrigo Fachini disputando uma vaga na Assembleia. A parceria do vereador deverá ser com Carlos Chiodini, o cotado para federal se Mauro Mariani disputar o governo do Estado. E tem ainda a chance de aparecer algum nome indicado por Udo Döhler, providência que ele não tomou em 2014.

Milionário
O prazo de pagamento vai até o final do ano e o precatório de R$ 33,3 milhões da Prefeitura de Joinville com a Emtuco (Engepasa) ainda não foi quitado, segundo a lista do Tribunal de Justiça. Pelo jeito, o prazo deve ser prorrogado. O montante é a ser pago é referente as dívidas deixadas entre setembro de 1990 e novembro de 1995 no serviço de coleta de lixo. A ação original começou a tramitar em 1996.

Retomada no Quiriri
A pavimentação com lajotas foi retomada na Estrada do Quiriri, depois da paralisação iniciada no começo do ano por causa da falta de dinheiro da Prefeitura de Joinville. A licitação dessa obra de R$ 2,4 milhões foi concluída em janeiro do ano passado. 

Quiriri
Foto: Divulgação / Divulgação

Reforço
Os senadores e deputados federais de Santa Catarina querem reforçar o repasse previsto para as duplicações das BRs 280 e 470. A proposta do governo federal prevê R$ 30 milhões para a estrada do Norte e R$ 50 milhões para a rodovia do Vale do Itajaí. A emenda coletiva do Fórum Parlamentar Catarinense reserva R$ 300 milhões para cada uma das obras, segundo o coordenador João Paulo Kleinübing (PSD). Se o dinheiro sair, as duplicações ganham velocidade.

Só previsão
Só que a emenda, mesma que venha a ser incluída no Orçamento da União para 2018, não é impositiva, isto é, o governo federal não tem a obrigação de atendê-la ­– como ocorre na área da saúde. Ou seja, não há garantia de as obras deslancharem no ano que vem. Em relação à concessão das rodovias à iniciativa privada, Kleinübing acredita em realização da audiência pública da BR-470 até março. No caso da 280, vai levar ainda mais tempo, mas deve saírem 2018. 

Molhe Sul
Por R$ 3 milhões, a Prefeitura de Barra Velha contratou empreiteira para as obras de recuperação e ampliação do molhe sul. O contrato tem duração até junho de 2018. A melhoria da chamada “boca da barra” faz parte do investimento no molhe sul. A portaria de assinatura do contrato foi publicada ontem.

Mais atraso
O último cronograma de asfaltamento da rua Piratuba era concluir tudo até o final de outubro. Mas o prazo não será mais atendido por causa de atraso no repasse do governo do Estado à Prefeitura de Joinville, afinal a obra faz parte do Fundam. Neste momento, os trabalhos estão em ritmo muito lento. 

Homenagem
Na noite de quinta-feira, a Câmara de Vereadores entregou a Mauro Mariani o título de cidadão honorário de Joinville. A homenagem foi proposta pelo vereador Rodrigo Fachini, um dos principais aliados do peemedebista na cidade. A atuação de Mariani como deputado e secretário no governo LHS esteVE entre os motivos para a homenagem.

mauro
Deputado recebeu o título de cidadão honorário em JoinvilleFoto: Maykon Lammerhirt / A Notícia

A surpresa de Mariani

Antes da cerimônia do título de cidadão honorário, Mauro Mariani contou ter recebido com “surpresa” e “estranheza” o convite para a transferência do domicílio eleitoral de Rio Negrinho para Joinville, feito por Luiz Henrique. O hoje deputado federal lembra não ter entendido qual a seria a motivação. Mas logo em seguida achou a medida acertada, ainda que o motivo original, a tentativa de conquistar a Prefeitura de Joinville, não tenha dado certo na eleição de 2008. O deputado mora na cidade do Norte há mais de dez anos. 




Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: Gisele Bündchen deixa de ser a modelo mais bem paga do mundo https://t.co/yy9tO2Rk6s #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaEntenda no que os conselheiros se apoiam para pedir o impeachment do presidente do JEC https://t.co/I2NwZdfhLS #LeianoANhá 1 horaRetweet
A Notícia
Busca