Saavedra: Estiagem traz preocupação ao abastecimento em Joinville  - Política - A Notícia

Versão mobile

Portal16/09/2017 | 06h30Atualizada em 16/09/2017 | 10h23

Saavedra: Estiagem traz preocupação ao abastecimento em Joinville 

Nível do rio Piraí caiu a ponto de reduzir em 20% a produção de água

Saavedra: Estiagem traz preocupação ao abastecimento em Joinville  Maykon Lammerhirt/A Notícia
Um dos pontos do rio Piraí nas proximidades da Estrada Blumenau, no Vila Nova, em Joinville Foto: Maykon Lammerhirt / A Notícia

A escassez de chuvas está trazendo preocupação para o abastecimento de água em Joinville. O nível do rio Piraí, fonte de 30% do consumo da cidade, caiu ao ponto de reduzir em até 20% a produção de água. A diminuição só não traz mais impactos no fornecimento porque a Águas de Joinville está fazendo manobras na rede, como jogar água do rio Cubatão nos bairros de cobertura do Piraí

A transferência é feito no reservatório instalado perto da Cidadela Cultural. O rio Cubatão, o principal manancial de Joinville, com produção de 70% da água potável da cidade, também está com nível mais baixo, mas sem causar nenhum impacto na produção. O Piraí apresenta uma desvantagem em relação ao Cubatão: não há como deslocar as bombas, nem fazer o represamento parcial para aumentar o volume de água perto da estação. A companhia está analisando os registros e aponta a falta de chuvas como a mais intensa dos últimos quatro anos. A crise grave teria ocorrido há mais de dez anos, quando a produção da estação do Piraí caiu pela metade. 

Além da estiagem, a situação ficou mais preocupante porque Joinville tem aumentado o consumo com as altas temperaturas dos últimos dias. Mesmo que venha a chover nos próximos dias, a previsão é de ocorrências de baixa intensidade. Neste momento, não está em análise a possibilidade de racionamento.

Onde está mais baixo


A foto no alto mostra um dos pontos do rio Piraí nas proximidades da Estrada Blumenau, no Vila Nova, em Joinville. A estação de tratamento de água está instalada em ponto bem anterior, perto de dez quilômetros de distância, já na serra, onde o volume de água é maior. Nesse local no Vila Nova, como mostra a imagem, o nível desceu bastante.

A rede

O rio Piraí atende aos bairros Anita Garibaldi, Atiradores, Aventureiro, Boehmerwald, Floresta, Guanabara, Glória, Itinga, Jardim Paraíso, Morro do Meio, Nova Brasília, Profipo, Santa Catarina, São Marcos e Vila Nova, além da parte de Araquari.  

 Leia as últimas notícias
Confira outras colunas de Saavedra 


A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros