Saavedra: Estado autoriza repasse de verba para contratação de estudo a projeto de alargamento da BR-280, em Araquari - Política - A Notícia

Versão mobile

Portal12/08/2017 | 08h01Atualizada em 12/08/2017 | 08h01

Saavedra: Estado autoriza repasse de verba para contratação de estudo a projeto de alargamento da BR-280, em Araquari

Confirmação ocorreu nesta sexta-feira e custo será de cerca de R$ 700 mil

Três meses depois da cobrança do DNIT pelo projeto, o governo do Estado confirmou nesta sexta, em São Francisco do Sul, a contratação do estudo, para permitir o alargamento de trecho de 11 km da BR-280, em Araquari. O anúncio foi feito pelo governador em exercício Eduardo Pinho Moreira durante as agendas da capital simbólica de Santa Catarina por um dia.

A contratação do projeto com custo em torno de R$ 700 mil será feito pela ADR de Joinville. A etapa seguinte, que só vai acontecer em 2018, será a contratação da obra de alargamento no trecho entre o trevo do Itinga e o acesso a Balneário Barra do Sul. O custo da instalação de mais pistas está estimado em R$ 30 milhões e seria um paliativo devido à demora na duplicação da BR-280.

O governo do Estado pretende bancar a obra com parte dos recursos em caixa no porto de São Francisco do Sul. Só que a Antaq, a agência de regulação do setor, exige que o dinheiro fique no terminal. Portanto, terá que ser convencida de que a intervenção da BR-280, o único acesso rodoviário ao porto, também é investimento no terminal portuário. O alargamento fica a 20 km do porto.

Confira outras colunas de Jefferson Saavedra
Leia as últimas notícias de Joinville e região em AN.com.br

Arquivo 

O Ministério Público alegou que não houve indício de improbidade administrativa e arquivou a apuração contra Udo Döhler por causa de descumprimento de liminares em ações judiciais na área da saúde. O pedido de investigação partiu do próprio MP, em 2015 – também foi solicitada abertura de comissão processante contra o prefeito, não aceita pela Câmara.

No dia da Capital

Pinho Moreira (C) esteve em São Francisco do Sul Foto: James Tavares,Divulgação / Divulgação

Um dos anúncios de Eduardo Pinho Moreira na sexta em São Francisco do Sul, quando a cidade foi a capital simbólica de Santa Catarina, foi o repasse para a recuperação de trecho da estrada entre a cidade e os balneários. Na imagem, em primeiro plano, além do governador em exercício, estão a secretária Simone Schramm, o vice-prefeito Walmor Berreta Júnior e o deputado Antonio Aguiar – o prefeito Renato Gama Lobo acompanhou a visita à Igreja Nossa Senhora da Graça.

Amigos desde sempre
Bastou o vice-governador passar a citá-lo como o nome do PMDB para o governo do Estado para que Mauro Mariani passasse a não perder nenhum evento com Eduardo Pinho Moreira. Foi assim na sexta em São Francisco do Sul. Nessas oportunidades, Pinho diz coisas como ¿Mauro não conhece só São Francisco do Sul, mas sim toda a Santa Catarina de forma dedicada¿. O pessoal do deputado fica feliz da vida, relatando para todo mundo.

Casa Nova

Hangar já serve de abrigo Foto: Divulgação / Divulgação

Na fase de acabamento, o hangar da Companhia de Aviação Aérea de Joinville já está servindo de abrigo para o helicóptero Águia da PM. A inauguração será nas próximas semanas. Como o aparelho não tem rodas, é usado um esqui para carregá-lo para o hangar.

Estação
A ampliação e a melhoria da estação de tratamento de esgoto do Espinheiros, temas de tanta reclamação dos moradores das redondezas, vão custar R$ 13,7 milhões à Águas de Joinville. A contratação da empreiteira acaba de ser concluída.

Graça
Eduardo Pinho Moreira fez uma gentileza com Darci de Matos: o governador em exercício do PMDB permitiu ao deputado do PSD antecipar a liberação de repasse do Estado para o alargamento de trecho da BR-280.

Sem vender
Pela lei de doação do imóvel, a Prefeitura de Joinville não pode vender nem alugar o ginásio Ivan Rodrigues, hoje desativado. Nem a cessão a terceiros é autorizada. O ginásio foi doado pelo governo do Estado em 2005, quando a transferência foi feita para permitir investimentos pela Prefeitura.

Cada vez mais

Depositado está instalado às margens da BR-101 Foto: Richard Casas / A Notícia

As apreensões da PM, principalmente nas blitze, estão ajudando a ocupar o depósito de veículos contratado pela Prefeitura de Joinville e instalado às margens da BR-101. Foram recolhidos 2,5 mil carros e motos em seis meses.

A alíquota
Em decisão nesta semana, o Tribunal de Justiça entendeu como legal o critério da Secretaria da Fazenda de Joinville de uso da alíquota comercial para cobrança do IPTU em estabelecimento onde também há prestação de serviços – além das lojas. O pedido em ação de 2008, considerada improcedente em primeira instância, era de adoção de alíquota ponderada.

A vocação
Seria uma média entre a alíquota para comércios (1,5%) e de serviços (1%). Nesse caso, ficaria em 1,17%, levando o peso de cada setor. O Judiciário apontou a inexistência de alíquotas intermediárias na lei de Joinville. Além disso, o TJ não aceitou o recurso alegando que a vocação do estabelecimento é comercial – a estrutura de serviços seria para reforçar o empreendimento.

Corte no Bolsa
O corte do Bolsa Família aplicado em Joinville foi nacional, como mostrou na sexta-feira o portal UOL. No mês passado, foram eliminados 534 mil benefícios no País após avaliação cadastral. Em Joinville, como a coluna mostrou na semana passada, o programa cortou 610 famílias e hoje são 5,9 mil atendidas.

Parte da bancada
As eleições de 2018 e do diretório do PMDB motivaram longa conversa de Rodrigo Fachini, Richard Harrison e Maurício Soares.

 
 
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros