Saavedra: Conheça os radares que são campeões de multas em Joinville - Política - A Notícia

Versão mobile

Portal26/08/2017 | 07h00Atualizada em 26/08/2017 | 09h58

Saavedra: Conheça os radares que são campeões de multas em Joinville

Até sexta, neste ano, o Departamento de Trânsito de Joinville havia recebido R$ 16,9 milhões em receita com as infrações de trânsito

Os radares da Visconde de Taunay e do cruzamento da Florianópolis com a Graciosa são os campeões de multas de trânsito em Joinville em 2017. No primeiro semestre, foram 4,7 mil infrações registradas pelo equipamento na Via Gastronômica

Na esquina da zona Sul, o aparelho multou 3,6 mil veículos. Veja na lista à direita os dez pontos com maior número de multas no primeiro semestre. A fiscalização eletrônica registrou mais de 95 mil multas nos primeiros seis meses do ano.

Até sexta, neste ano, o Departamento de Trânsito de Joinville havia recebido R$ 16,9 milhões em receita com as infrações de trânsito, um salto de 47% em arrecadação na comparação com o mesmo período do ano passado. No intervalo, houve instalação de mais radares e reajuste nacional no valor das multas. Não há previsão de instalação de mais radares em 2017.

Em uma ¿vantagem¿ para a Prefeitura, não há mais necessidade de repartir a receita com a PM e a Polícia Civil desde junho de 2016 devido ao fim do convênio.

LÍDERES EM MULTAS
— Visconde de Taunay (esquina do 62º BI) — 4.743 multas
— Florianópolis com Graciosa — 3.638
— Albano Schmidt (perto da UniSociesc) — 3.583
— Plácido Hugo de Oliveira (perto da Santa Catarina) — 2.989
— Santa Catarina (próximo à Botafogo) — 2.545
— 15 de Novembro (acesso ao Vila Nova) — 2.522
— Monsenhor Gercino com Jarivatuba — 2.260
— Marquês de Olinda (entre Benjamim e Timbó) — 2.087
— Albano Schmidt (terminal da Tupy) — 1.843
— Waldemiro José Borges (perto do Serbi) — 1.794

Na curva

Trecho da Visconde onde está o radar Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Em 2017, o radar da Visconde de Taunay tomou do aparelho instalado na Aluísio Pires Condeixa (pouco depois da Acij) a condição de líder em multas eletrônicas em Joinville. O equipamento instalado na Via Gastronômica, ao lado do 62º Batalhão do Exército, tem apresentado uma média de 26 infrações por dia. Ou seja, é mais de uma por hora.

Confira outras colunas de Jefferson Saavedra
Leia as últimas notícias 

Comparação
Irritada com a previsão de pagamento de R$ 3 de diária por animal à ONG a ser contratada pela Prefeitura de Joinville, Tânia Larson (SD) citou na Câmara a estrutura do Centro de Bem Estar Animal. A unidade mantida pelo município conta com gerente, três coordenadores, quatro veterinários e 20 outros servidores, com atendimento de 60 animais.

Com menos
Já o Abrigo Animal, uma ONG que poderá se habilitar ao edital lançado pela Prefeitura, de diária de R$ 3, atende hoje a mais de 300 animais com uma equipe muito menor. Pelo jeito, Tânia não quis criticar o centro municipal e, sim, os poucos recursos previstos para a ONG que vencerá a concorrência. O Abrigo Animal vai concorrer na licitação – a entidade tem contrato com o município, a se encerrar em setembro.

Largada
Nesta quinta, em Campo Alegre, PSD, PP e PSB fez a primeira reunião após a convenção do Partido Progressista, na qual foi encaminhada a aproximação com o PSD. Com Darci de Matos como anfitrião e presenças de Gelson Merisio, Silvio Dreveck e Paulo Bornhausen, serão reunidos prefeitos, vices e vereadores dos três partidos.

Pelas bases
O encontro foi para reunir o pessoal da região de Joinville, Planalto Norte e Vale do Itapocu. A proposta é começar a consolidar a aliança entre as três siglas pelas bases. Mais edições do evento serão realizadas em outras regiões do Estado. A ¿abertura¿, coincidentemente, será na região de base de Mauro Mariani (PMDB).

Cirurgia de Tebaldi
Depois de passar por cirurgia na quarta-feira, em hospital de São Paulo, Marco Tebaldi (PSDB) deve ter alta no início da próxima semana, provavelmente na terça. A internação foi motivada por problemas gástricos, depois de o deputado federal não se sentir bem na semana passada.

Previsão de alta
Neste final de semana, Tebaldi deverá passar por mais exames para avaliação do quadro clínico. O deputado, 59 anos, passa bem, inclusive deixou a UTI na sexta e está no quarto. Não há previsão ainda de retorno às atividades parlamentares.

Sem repasse
Há mais de um mês foi apresentada a medição (comprovação de serviços executados) de R$ 3,7 milhões na obra de macrodrenagem do rio Mathias e até agora o governo federal não liberou o repasse para pagamento das empreiteiras responsáveis pela obra em Joinville. A Secretaria de Infraestrutura vem se queixando que se não for adotado um fluxo mais rápido de liberação, a obra poderá atrasar ainda mais e não ser concluída no final de 2018, como previsto.

Na véspera
O episódio do seguro do helicóptero Águia baseado em Joinville teria deixado o governador Colombo surpreso, assim que soube da história, na semana passada, em evento na Amunesc: o alerta de vencimento do seguro obrigatório chegou na véspera do prazo final. A contratação da cobertura será feita na semana que vem e talvez até sexta o aparelho volte a voar.

Recuperação da Piratuba
Depois de receber o reforço na drenagem, a rua Piratuba vai ganhar nova pavimentação, a ser concluída em quase três meses. E, enfim, a via hoje maltratada do Bom Retiro, na zona Norte de Joinville, estará recuperada.

À disposição

Até agora, Simone Schramm não se manifestou publicamente sobre a eleição do PMDB de Joinville, marcada para outubro. Mas, aos poucos, a secretária da ADR vem mostrando sinais de que pretende tentar mais um mandato no comando municipal do partido. ¿Sempre estive disponível ao partido, não me ofereci antes para ser presidente¿, diz a atual presidente, citando conquistas na sua gestão.

Enfim, a conversa
Udo Döhler e Mauro Mariani devem conversar a sós nos próximos dias, talvez até neste final de semana, para tratar do futuro, desde a eleição interna do PMDB até a disputa pelo governo do Estado. Aparentemente, o prefeito já falou mais sobre 2018 com o governador Colombo do que com o deputado federal. Assim como Mauro trata do tema muito mais com outras lideranças do PMDB do que com Udo.

Ação das insulinas
O Ministério Público Federal quer o bloqueio de R$ 1,3 milhão das contas do governo do Estado para bancar a compra de insulinas especiais para pacientes hoje atendidos pela rede municipal de Joinville. A petição apresentada na sexta à Justiça Federal aponta descumprimento de decisão anterior sobre os medicamentos. O montante solicitado banca três meses de fornecimento.

Para todos os pacientes

O Judiciário analisa a solicitação. O procurador Mário Sérgio Ghannagé lembra que já foi decretado bloqueio para a compra de insulina de um paciente. ¿(mas) a sentença precisa ser cumprida em âmbito coletivo, coisa que não vem ocorrendo¿, alega ele, citando decisão confirmada de segunda instância com obrigação de compra das insulinas especiais pelo governo do Estado, com ressarcimento de 50% pela União. A Prefeitura de Joinville não pretende comprar mais insulinas especiais porque entende que a tarefa cabe ao Estado.

Conferida
Na capa do site da Justiça Federal (www2.trf4.jus.br) está o link para os cidadãos descobrirem se tem algum montante a receber em precatórios ou requisições de pequeno valor. As contas que foram abertas antes de 1º de setembro de 2015 precisam ter o saldo sacado até o dia 31 de agosto.

Em estudo
A regulamentação de serviços de transporte de passageiros, como o Uber, terá proposta em Joinville de estímulo para mais usuários usarem o mesmo veículo, com desconto na taxa a ser instituída se tiver mais passageiros no carro.

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaRejane: Mostra de arquitetura será realizada em casa antiga da rua Aquidaban, em Joinville  https://t.co/AugrJt6WY1 #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVoluntárias de Joinville produzem bonecos carecas para crianças com câncer https://t.co/OeHlTUivkR #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros