Grupo cavalga durante 27 dias de Chapecó para Florianópolis - Política - A Notícia

Versão mobile

Moacir Pereira23/08/2017 | 08h44Atualizada em 23/08/2017 | 08h45

Grupo cavalga durante 27 dias de Chapecó para Florianópolis

Nesta quinta, a capital do Oeste comemora 100 anos de fundação

Grupo cavalga durante 27 dias de Chapecó para Florianópolis Solon Soares/agencia alesc
Foto: Solon Soares / agencia alesc

Um grupo de cavaleiros dos CTGs de Chapecó esteve nesta terça na Assembleia Legislativa. Cavalgou durante 27 dias da capital do Oeste à Capital catarinense em comemoração aos 100 anos de fundação de Chapecó, que serão comemorados nesta quinta em toda região.  

Usaram a tribuna dois cavaleiros: João Sebastião Batista, de 82 anos, que falou sobre os bons exemplos de vida; e Auri Casali, que discorreu sobre os desbravadores do Oeste.

Besc
A marca Besc (Banco do Estado de Santa Catarina) pertence agora ao deputado federal Jorginho Melo, presidente estadual do PR. O banco, seu patrimônio e agências foram adquiridos pelo Banco do Brasil. O prazo de carência de manutenção da marca, de 10 anos, expirou. O deputado Jorginho Melo entrou com ação na Justiça Federal e teve ganho de causa. Ele planeja usar a marca para instalar uma cooperativa de crédito em Santa Catarina a partir de 2019.

Discriminações
Deputados do PMDB trataram na reunião desta terça de privilégios concedidos pelo governo estadual a prefeitos do PSD e do PP e atos de discriminação contra municípios administrados pelo PMDB. Um dos casos mais flagrantes: na véspera da Convenção do PP,  a prefeitura de Tubarão, governada pelo progressista Joares Ponticelli, aliado de Gelson Merisio, assinou convênio de R$ 20 milhões para obras e outros R$ 3 milhões para livros. Antes, já tinha feito acordo de outros R$ 5 milhões.

Cidadania
Projeto do deputado Natalino Lazare, concedendo o título de cidadão honorário catarinense ao ex-deputado e ex-secretário Odacir Zonta, foi aprovado pela Assembleia Legislativa. Zonta continua tendo atuação destacada em defesa dos agricultores catarinenses. Há décadas batalhou na Assembleia Legislativa, depois na Câmara e na Secretaria da Agricultura. Nos últimos anos é um dos consultores da Fiesc.

Agressões
A professora Márcia Friggi, que usou o Facebook para denunciar agressões sofridas por um aluno em Indaial, vem sendo criticada nas redes sociais. Há três dias, a mesma professora elogiou um estudante que agrediu o deputado Jair Bolsonaro.  Em sua página digital espalhou o ódio esquerdista que tem prevalecido em manifestações.

Condecoração
O presidente da Fiesc, Glauco José Corte, será agraciado na sexta-feira com a Medalha do Pacificador, durante solenidade às 10h no 63º Batalhão de Infantaria, em Florianópolis. A homenagem se deve à contribuição que o líder empresarial ofereceu com a criação do Comitê da Indústria de Defesa da Fiesc visando aproximar as Forças Armadas no setor industrial, com geração e novos empregos e desenvolvimento de pesquisas.

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

Crise financeira atinge governo de Santa Catarina

Colombo assina medida provisória reduzindo contribuição do SC Saúde

PP prioriza aliança com PSD para as eleições ao Governo de SC em 2018

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPM limita deslocamento de viaturas em SC por falta de dinheiro para abastecimento https://t.co/82LvFkaP59 #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAcidentes na BR-470 matam duas pessoas com intervalo de uma hora https://t.co/knvTd6DzOg #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca