Jorginho Mello substituído na CCJ da Câmara confirma voto a favor da denúncia contra Temer - Política - A Notícia

Versão mobile

Moacir Pereira10/07/2017 | 17h54Atualizada em 10/07/2017 | 17h54

Jorginho Mello substituído na CCJ da Câmara confirma voto a favor da denúncia contra Temer

Em carta aberta divulgada esta tarde, o deputado catarinense diz que "é preciso passar o Brasil a limpo"

Jorginho Mello substituído na CCJ da Câmara confirma voto a favor da denúncia contra Temer Lucio Bernardo Junior / Câmara dos Deputados, Divulgação/Câmara dos Deputados, Divulgação
Foto: Lucio Bernardo Junior / Câmara dos Deputados, Divulgação / Câmara dos Deputados, Divulgação

Deputado federal Jorginho Mello, do PR, confirmou que vai votar pelo recebimento da denúncia do Ministério Público Federal contra o presidente Michel Temer, por prática de corrupção.          

O parlamentar catarinense, que é presidente do Diretório Estadual do PR, anunciou na semana passada que votaria a favor da denúncia. Recebeu uma ligação telefônica do líder do PR na Câmara,  José Rocha, da Bahia. Confirmou sua posição e nesta segunda pela manhã foi substituído.         

Em carta aberta divulgada esta tarde, Jorginho Melo confirma o voto. Diz que "é preciso passar o Brasil a limpo" e que "a batata do Temer já assou". 

Confira a carta do deputado Jorginho Melo:                   

"Prezados catarinenses e brasileiros, Conforme havia prometido a vocês, comunico o meu voto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) quanto à denúncia do procurador-geral Rodrigo Janot contra o presidente Michel Temer.Mesmo em luto pelo falecimento da minha mãe, na última terça-feira, cumpri com meu dever de parlamentar e analisei toda a denúncia e as provas juntadas. Com convicção, mantenho posição inicial de ser FAVORÁVEL À INVESTIGAÇÃO CONTRA O PRESIDENTE MICHEL TEMER.

Mantenho meu entendimento de que todos podem ser investigados, seja presidente da República, senador, deputado, vereador, juiz, promotor, etc.

Informei a decisão à liderança do meu partido e, infelizmente, fui vítima de uma armação política para tentar salvar o Governo. Sou titular da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e, diante da abertura do meu voto, fui substituído por parlamentares que votarão contra a denúncia.

Mais uma vez, a política mostra que há muito a ser melhorada no que se refere à seriedade e ética. 

Mais uma vez, estive ao lado dos meus eleitores e da população para decidir o voto.

Aos meus adversários, essa será mais uma medalha que terei no meu peito para honrar a minha carreira política e as pessoas que me confiaram seus votos. Manterei minha conduta de fazer uma política séria e não aceito trocar minha posição por cargos ou emendas.

Aqui é trabalho!"

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

"A legalização dos cassinos amenizaria a crise da saúde", diz líder do governo na Alesc

Colombo avaliza Merisio 

"A nova torre do Hospital Tereza Ramos não vai resolver o problema", diz médico 

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDois homens são mortos a tiros atrás de escola na zona Leste de Joinville https://t.co/0BAhu0AB96 #LeianoANhá 59 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDois homens são mortos a tiros atrás de escola na Zona Leste de Joinville https://t.co/ZDQiXmwKkf #LeianoANhá 59 minutosRetweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros