TSE terá segurança reforçada para julgamento da chapa Dilma-Temer - Política - A Notícia

Versão mobile

Policiamento06/06/2017 | 07h05Atualizada em 06/06/2017 | 07h12

TSE terá segurança reforçada para julgamento da chapa Dilma-Temer

Cães farejadores farão varredura na área interna do tribunal e haverá intensificação da inspeção nas entradas principais do prédio

Agência Brasil
Agência Brasil


Foto: TSE / Divulgação

A segurança do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) será reforçada a partir desta terça-feira (6) para o julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral 194358, que pede a cassação da chapa presidencial Dilma Rousseff e Michel Temer, reeleita em 2014, por suposto abuso de poder político e econômico.

De acordo com o presidente da Corte Eleitoral, ministro Gilmar Mendes, serão quatro sessões plenárias exclusivas — a desta terça-feira, uma na quarta-feira (7), às 9h; e duas na quinta-feira (8), às 9h e às 19h.

Leia mais:
Temer monta estratégia política e jurídica para tentar resistir ao TSE
Saiba o que pode acontecer se o TSE decidir pela cassação de Temer
Rosane de Oliveira: Michel Temer e a estratégia do desespero

Por causa do julgamento, considerado um dos maiores dos últimos anos na Justiça Eleitoral, a direção do TSE prevê que um grande número de pessoas circule pelo prédio do tribunal nos três dias de sessões. Por isso, a Secretaria de Segurança do TSE confirmou que o policiamento no local e nos arredores será reforçado.

A secretaria terá apoio de efetivo da Polícia Militar, com estação móvel, do Batalhão de Choque e do Batalhão da Rotam. O esquema especial de segurança inclui todo o perímetro dos prédios do TSE, Superior Tribunal de Justiça (STJ), Tribunal Superior do Trabalho e embaixadas da Austrália, Reino Unido, França e Estados Unidos. Além disso, os estacionamentos localizados ao redor do prédio do TSE estão interditados desde a meia-noite de segunda-feira (5).

Algumas horas antes do início do julgamento, cães farejadores farão uma varredura na área interna do tribunal. Haverá a intensificação da inspeção nas entradas principais do prédio do TSE, especialmente no térreo e no subsolo, por meio dos equipamentos de raio-X e pórticos detectores de metais, sendo que algumas áreas internas terão acesso restrito.

O TSE contará também com o apoio do Corpo de Bombeiros, que disponibilizará uma viatura para atender a qualquer eventualidade, e de uma UTI Vida, para o caso de atendimentos de emergência.

Leia todas as notícias do julgamento da chapa Dilma-Temer

A Notícia
Busca