"Temos que aprovar as reformas, não apoiar retrocessos", diz Paulo Bauer - Política - A Notícia

Versão mobile

Moacir Pereira17/06/2017 | 02h20Atualizada em 17/06/2017 | 02h20

"Temos que aprovar as reformas, não apoiar retrocessos", diz Paulo Bauer

Confira a entrevista com o senador catarinense

"Temos que aprovar as reformas, não apoiar retrocessos", diz Paulo Bauer Salmo Duarte/Agencia RBS
Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

Convidado pelo presidente Michel Temer, o senador Paulo Bauer (PSDB-SC) embarca nesta segunda-feira para uma viagem à Rússia e à Noruega, integrando a comitiva brasileira. Pretende dar atenção às exportações de carnes catarinenses para a Rússia e novos projetos de intercâmbio da Escola Bolshoi. Serão três dias em Moscou e dois dias em Oslo. Confira a seguir o que o senador catarinense pensa da conjuntura política.

O senhor se surpreendeu com a proposta do ex-presidente Fernando Henrique de eleições diretas já?
O PSDB tem um compromisso com o Brasil. Não podemos deixar de aprovar as reformas necessárias. Nossa presença no governo é apenas uma questão operacional. Nada de cargos ou apoio a Temer. Queremos ser protagonistas das mudanças, das reformas. O presidente Temer tem batalhado pelas reformas. A proposta do presidente Fernando Henrique, embora mereça nossa consideração, não nos afasta das reformas e da governabilidade.

Ele não está fora de sintonia?
Como ex-presidente, ele vê a crise mais pelo lado institucional e político. Temos que ter, contudo, uma postura mais pragmática. O Brasil precisa avançar. E não avançaremos com posições retroativas. Temos que avançar, vencer as dificuldades, fazendo as reformas, e não apoiar retrocessos. A nova fase virá com as eleições de 2018.

Para Temer, o pior já passou ou está por vir?
Creio que poderemos ter muitas dificuldades. O presidente Temer não deixará de receber críticas. Sua condição é constitucional e não de liderança política ou de apoio popular.

O senhor continua crítico em relação ao governo estadual. Por quê?
Porque Santa Catarina merece um governo mais ativo, mais produtivo, mais positivo, um governo melhor. Que dê ao Estado uma perspectiva de avanço. Vivemos apenas gestão pública, sem apresentar novos caminhos para a população. Precisamos de novos caminhos de sucesso e de futuro promissor para nosso Estado.

Que caminhos seriam esses?
O governo precisa investir muito mais em tecnologia, gerar novas oportunidades para nossa juventude e, sobretudo, melhorar de forma efetiva os serviços públicos. A área da Saúde não vai bem, e precisamos de mais investimentos nas área da Educação e da Segurança Pública.

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

Secretaria Estadual de Saúde quer reduzir o número de unidades do Samu

Obra do contorno viário da BR-101 na Grande Florianópolis está próxima de conclusão

Recursos federais serão liberados para Central de Monitoramento de Enchentes em Blumenau 


 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaObra de melhoria compromete abastecimento de água em 29 bairros de Joinville no domingo  https://t.co/ePoET5w5a3 #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVazamento compromete o abastecimento em cinco bairros de Joinville   https://t.co/KWoXkylJJq #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros