Silêncio de Cunha provoca alívio em setores do PMDB catarinense - Política - A Notícia

Versão mobile

Moacir Pereira15/06/2017 | 06h00Atualizada em 15/06/2017 | 06h00

Silêncio de Cunha provoca alívio em setores do PMDB catarinense

Nos bastidores do próprio partido, o que se comenta há tempo é um patrocínio milionário do propinoduto liderado pelo ex-presidente da Câmara para financiar, via caixa 2, campanhas de parlamentares federais no Estado

Silêncio de Cunha provoca alívio em setores do PMDB catarinense EVARISTO SA/AFP
Foto: EVARISTO SA / AFP

O depoimento prestado pelo deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB) em Curitiba provocou alívio no Palácio do Planalto, deu uma amenizada na tensão política e teve repercussão restrita em Santa Catarina.

O ex-presidente da Câmara respondeu a 47 perguntas e negou que tivesse negociado delação para incriminar Michel Temer. Assim, em menos de 24 horas, o presidente teve dois fatos para tentar viabilizar a conclusão do mandato. O primeiro, quando reuniu os governadores para anunciar um pacote de bondades e refinanciamento de dívidas dos Estados no BNDES. O segundo, o depoimento cauteloso de Eduardo Cunha.

O governador Raimundo Colombo esteve presente e ficou a cavalheiro no evento, pois seu governo teve a iniciativa de questionar no STF os juros escorchantes cobrados da dívida pública aos Estados.

Quanto a Cunha, além de dar profundo respiro no Planalto também provoca alívio em setores do PMDB catarinense. Nos bastidores do próprio partido, o que se comenta há tempo é um patrocínio milionário do propinoduto liderado por Eduardo Cunha para financiar, via caixa 2, campanhas de parlamentares federais no Estado.

Se Eduardo Cunha não divulgar nenhuma lista comprometedora e se não surgirem fatos novos em outras delações da Lava-Jato, o PMDB tende a ser o menos prejudicado com os escândalos de corrupção nas eleições de 2018 no Estado.

Neste fim de semestre e no plano estadual, as atenções se voltam para os líderes do PSD, alvo de denúncias de inquéritos de diretores da Odebrecht e do grupo JBS.

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

Concessões para rodovias em SC avançam 

Trabalhadores atletas de SC participam de Jogos Mundiais na Letônia  

Temer  pretende autorizar recursos federais para municípios de SC atingidos pelas enchentes 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMotorista é demitido em Joinville por falar mal do chefe em aplicativo de mensagens https://t.co/JdK4yb3kmg #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSanta Catarina poderá ter outras três escolas militares a partir de 2018 https://t.co/AlRP8Uw6Cs #LeianoANhá 1 horaRetweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros