Perdendo as esperanças - Política - A Notícia

Versão mobile

Moacir Pereira05/06/2017 | 09h51Atualizada em 05/06/2017 | 10h45

Perdendo as esperanças

o cenário político ficou ainda mais imprevisível nos últimos dias

Pautado para amanhã, o julgamento da chapa Dilma-Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral tem perspectivas sombrias, qualquer que seja o resultado. Protelar, mantém a sangria política do presidente; cassar a chapa, aprofundará a crise, pelos intermináveis recursos ao STF; rejeitar a ação do PSDB pode oxigenar às reformas, acelerando a retomada do crescimento econômico. Seria o menos traumático.

O drama é que o cenário político ficou ainda mais imprevisível nos últimos dias. O ex-deputado Rocha Loures, "o homem da mala", assessor  de Temer, foi preso por ordem do Supremo no sábado. O PSDB ameaça desembarcar, gerando mais instabilidade. O Ministério Público Federal requereu a prisão de Lula em regime fechado, pela prática de vários crimes. O presidente do PSDB, Aécio Neves, está afastado do Senado por flagrante de corrupção. O senador Valdir Raupp, presidente nacional do PMDB, virou réu na Lava-Jato. Denunciado pela Procuradoria da República, o deputado Ciro Nogueira foi reeleito presidente nacional do PP. E por aí vai.

Para completar um quadro de degradação moral na política, a senadora Gleisi Hoffmann, ré na Lava-Jato foi eleita presidente nacional do PT. Denunciada por receber R$ 1 milhão em propinas teve o marido Paulo Bernardo(PT), com acusações graves. Evento em que os condenados José Dirceu e João Vaccari Neto foram aclamados como "heróis do povo brasileiro".  Acusados de atuação direta no maior propinoduto da historia, por enriquecimento pessoal, viraram "heróis de araque".  

Com lideranças tão indecentes, que avalizam atos delinquentes contra o povo, como esperar a renovação política em 2018? 

Incitamento
Declaração da deputada Benedita da Silva (PT-RJ) no Congresso Nacional do PT, incitando a violência no Brasil.  Acusada de corrupção e já indiciada, Benedita declarou: ¿Na minha bíblia está escrito que "sem derramamento de sangue não haverá redenção. Vamos a luta com quaisquer que sejam as nossas armas". Foi aplaudida pelos petistas catarinenses.          

SOS Brasil
Lançado no fim de semana pela Grande Loja de Santa Catarina o manifesto intitulado "O Brasil pede socorro".  Apelas aos maçons para que "trabalhem no esforço de repudiar, denunciar e agir da maneira mais veemente possível contra esse grupo de pessoas peçonhentas que despejam seus venenos para causar uma paralisia geral no país e locupletarem-se indevidamente do erário."

Filiações
A secretária de Assistência Social de Canoinhas, Cintia Müler de Aguiar, filiou-se ao PSD, durante evento com a presença do presidente estadual Gelson Merisio. Cintia é irmã do deputado estadual Antônio Aguiar, do PMDB.  Ele permanece no partido. Foi vitorioso em 13 municípios nas últimas eleições, de Campo Alegre a Porto União.  Na região, os grupos de Antonio Aguiar e Mauro Mariano racharam desde 2014.

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

Perdendo as esperanças

Escolha de novo desembargador do TJSC está suspenso até julgamento de ação popular

Arrecadação de maio em SC foi apenas 1,81% maior do que o mesmo mês em 2016

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDeap mobilizará 700 agentes em reforço das cadeias de SC no fim do ano https://t.co/mCV40NwD2V #LeianoANhá 21 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaProcon Joinville orienta sobre cuidados com as compras na Black Friday https://t.co/BpoNefT9S5 #LeianoANhá 8 horas Retweet
A Notícia
Busca