"Não é Eduardo Pinho Moreira quem vai escolher o candidato a governador", diz Dário Berger  - Política - A Notícia

Versão mobile

Moacir Pereira26/06/2017 | 10h59Atualizada em 26/06/2017 | 10h59

"Não é Eduardo Pinho Moreira quem vai escolher o candidato a governador", diz Dário Berger 

O senador critica o vice-governador por entrevista sobre o PMDB nas eleições de 2018

"Não é Eduardo Pinho Moreira quem vai escolher o candidato a governador", diz Dário Berger  Moreira Mariz/Agência Senado
Foto: Moreira Mariz / Agência Senado

Senador Dário Berger (PMDB) remeteu por escrito uma forte manifestação política contestando e criticando o vice-governador Eduardo Pinho Moreira. Disse que tinha a obrigação de fazer as seguintes reflexões:

1 - Ele (Eduardo Moreira) não fala pelo partido. Quem fala pelo PMDB é o presidente, deputado Mauro Mariani;

2 - Não é ele quem vai escolher o candidato a governador. Aliás, se fosse ele quem escolhesse, eu jamais teria sido o candidato a senador pelo PMDB. Teria sido o Edson Andrino.

3 - Ele já teve a oportunidade de ser candidato, ganhou as prévias e misteriosamente desistiu. Não teve coragem para enfrentar, optou pelo seu único e próprio interesse. Entregou o partido para ser vice.

4 - A candidatura do Eduardo é muito aguardada. É ótima só para os adversários, não para o PMDB.

5 - O PMDB não tem três candidatos. Quem tem três não tem nenhum. Nós temos apenas um candidato e ele atende pelo nome de Mauro Mariani.

6 - Quanto ao meu mandato de senador, agradeço mais uma vez ao PMDB. Menos, porém, ao PMDB do Eduardo, pois na base eleitoral dele perdi as eleições em todos os municípios. Portanto, acho que ele deve inverter a retórica e reconhecer que quem deu o mandato de senador a Dário Berger não foi o PMDB dele.

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

Ministro comunica anúncio de recursos para obras de duplicação de rodovias federais em SC

"O PMDB tem três candidatos ao governo", diz Eduardo Pinho Moreira

Rodovias travam crescimento de Santa Catarina

A Notícia
Busca