Justiça Federal de SC tem mudanças na direção  - Política - A Notícia

Versão mobile

Moacir Pereira29/06/2017 | 03h00Atualizada em 29/06/2017 | 03h00

Justiça Federal de SC tem mudanças na direção 

A nova diretora será a juíza federal Claudia Maria Dadico e o vice-diretor, o juiz federal Vilian Bollmann 

Justiça Federal de SC tem mudanças na direção  divulgação/Divulgação
Foto: divulgação / Divulgação

A juíza federal Claudia Maria Dadico assume a direção do Foro da Justiça Federalem Santa Catarina na próxima segunda-feira, às 11h. Vai suceder ao juiz federal Jairo Schäfer. Assumirá no mesmo dia como vice-diretor o juiz federal Vilian Bollmann. 

Na foto ao lado, a nova diretora (segunda da direita para a esquerda) aparece entregando convites da posse ao presidente da Assembleia, Silvio Dreveck, e às deputadas Ana Paula Lima (E) e Dirce Heidercheidt (D).

Juiz do TRE
O advogado Ítalo Augusto Mosimann foi nomeado pelo presidente Michel Temer para o cargo de juiz substituto do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina. Foi o mais votado na lista do Tribunal de Justiça do Estado, na vaga de advogado. Atua há mais de 15 anos no escritório Mosimann & Horn. Vai suceder o advogado Rodrigo Curi.

Saneamento
Parceria entre a Casan e o Sindicato dos Engenheiros marcará o lançamento, no dia 3 de julho, da Feira Catarinense de Saneamento e Congresso, a se realizar entre 31 de agosto e 1º de setembro no Centro de Convenções de Canasvieiras. No ato desta segunda-feira estarão presentes diretores e técnicos das 25 principais empresas de equipamentos e produtos de saneamento no Brasil. Santa Catarina é hoje o Estado com maior volume de obras de saneamento básico.             

Carnes
Santa Catarina já tem um frigorífico de processamento de carne bovina em condições de exportação. Fica em Pouso Redondo e tem todas as licenças. O veto do governo americano de importação da carne bovina brasileira não atinge Santa Catarina. A restrição refere-se a resíduos da vacina contra aftosa. E o gado catarinense é livre de febre aftosa sem vacinação, decisão histórica dos técnicos e governantes.               

Gastos demais
Infográficos elaborados pelo Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina para facilitar a análise pelos contribuintes das despesas realizadas pelas prefeituras oferecem dados surpreendentes. Nas quatro maiores cidades, o que chama a atenção são os gastos com pessoal. Em Florianópolis, a situação é a mais grave, pois as despesas com pessoal superaram o limite legal dos 54%. Atingiram 57,19% em 2016. Nas outras cidades, os gastos ficaram abaixo do limite prudencial.

Taió, o exemplo
Um bom paradigma de atuação política em benefício da sociedade está sendo registrado em Taió. O prefeito Almir Guski, do PSDB, foi eleito em aliança com o PMDB. Derrotou o PSD do presidente da Câmara, vereador Thiago Maestri. Terminadas as eleições e iniciada a nova gestão, todos se uniram pela austeridade. Cortaram 100% dos celulares, 50% dos cargos comissionados e reduziram as diárias em 90%. A Câmara devolveu duas parcelas de R$ 70 mil, destinadas à Apae e para redução das filas de exames por imagem.

Curta
Professor Herminio Kloch é o novo presidente da Associação de Mantenedoras Particulares de Educação Superior de SC (Ampesc). Seu vice é o professor Cesar Augusto Lunkes.

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

Comitê pela BR-470 cria a campanha: "Sem duplicação não tem reeleição" 

Temer: a denúncia e a ofensiva

Sede do Clube 12 de Agosto em Florianópolis pode ter pedido de destombamento


 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPrograma Bem Estar será transmitido de Joinville nesta sexta-feira https://t.co/xrh03fcj2v #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaObra de melhoria compromete abastecimento de água em 29 bairros de Joinville no domingo  https://t.co/ePoET5w5a3 #LeianoANhá 5 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros