Caso TSE não cassar a chapa, restará a Temer se equilibrar e enfrentar as outras acusações  - Política - A Notícia

Versão mobile

Moacir Pereira07/06/2017 | 06h01Atualizada em 07/06/2017 | 06h01

Caso TSE não cassar a chapa, restará a Temer se equilibrar e enfrentar as outras acusações 

Apesar de todas as fragilidades, inquéritos e delações, o presidente tem mais autoridade política para concluir o mandato de Dilma do que um tiro incerto com sucessor escolhido por este Congresso

Caso TSE não cassar a chapa, restará a Temer se equilibrar e enfrentar as outras acusações  Marcos Corrêa/PR / divulgação
Foto: Marcos Corrêa / PR / divulgação

A declaração mais sensata, feita por um político de oposição sobre o futuro do presidente Temer, saiu da boca do ex-ministro Jaques Wagner:  "Se for para ter eleição indireta, Temer tem mais legitimidade".

Ninguém ousa prever o resultado do julgamento da chapa Dilma-Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral. Pode acontecer tudo e o pior é que não se decida nada. Mas apesar de todas as fragilidades, inquéritos e delações, Michel Temer tem mais autoridade política para concluir o mandato de Dilma do que um tiro incerto com sucessor escolhido por este Congresso, com dezenas de seus membros enlameados. Afinal, Temer teve os mesmos votos de Dilma, apesar de indiretos. Pior: descapitalizou-se ao cometer equívocos primários, incompatíveis com a imagem de político calejado. Como um "profissional da política" reúne-se no subterrâneo do Palácio Jaburu com bandoleiros, empresários corruptores e assaltantes do erário que compraram a consciência de 1.825 políticos e assaltaram os cofres do BNDES com subsídios indecorosos?

Não há dúvidas de que as eleições de 2014 foram compradas com dinheiro público da corrupção. Mas o recurso do PSDB tinha, na origem, um objetivo: cassar Dilma e Temer e diplomar o senador Aécio Neves, o segundo colocado. O senador tucano, também investigado por corrupção, perdeu o trem e está fora do jogo político.

Por tudo isso, é possível que o TSE não casse a chapa. Restará a Temer, o equilibrista, enfrentar as outras acusações de que é alvo principal.

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

Prefeito de Criciúma corta ponto de servidores que aderiram à greve

O sigilo quebrado do governador

Rodovias no Oeste catarinense estão intransitáveis 

 
 
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros