Serraglio recusa ministério e Rocha Loures perde foro privilegiado - Política - A Notícia

Versão mobile

Mudanças em Brasília30/05/2017 | 11h01Atualizada em 30/05/2017 | 13h24

Serraglio recusa ministério e Rocha Loures perde foro privilegiado

Ex-ministro da Justiça comunicou que vai voltar à Câmara, deixando o aliado de Temer sem vaga 

Serraglio recusa ministério e Rocha Loures perde foro privilegiado Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
Agência Brasil e Zero Hora

Demitido do Ministério da Justiça no domingo (28), Osmar Serraglio (PMDB-PR) rejeitou o convite do presidente Michel Temer para ocupar o cargo de ministro da Transparência. Com a decisão, Serraglio reassumirá o seu mandato como deputado federal e deixará sem vaga no Legislativo o seu suplente, Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), investigado com Temer e Aécio Neves (PSDB-MG) por conta da delação dos proprietários da JBS. Assim, Loures perde a prerrogativa de foro privilegiado. 

Após a demissão, Serraglio foi convidado por Temer para assumir a pasta até então ocupada por Torquato Jardim que, por sua vez, assumiu o Ministério da Justiça.

Leia mais:
Estratégia de Temer para reforçar defesa no TSE gera desconforto na Corte
Rocha Loures negocia delação premiada, diz jornal
Opinião: a demissão de Osmar Serraglio tem relação, sim, com a Lava-Jato

Na carta enviada ao presidente da República (leia abaixo) e divulgada por sua assessoria de imprensa na manhã desta terça-feira (30), Serraglio agradece pela oportunidade de ter sido ministro e anuncia a volta ao Legislativo: "Volto para a Câmara dos Deputados, onde prosseguirei meu trabalho em prol do Brasil que queremos", escreveu ele.

Apesar de o anúncio ter sido feito no dia 28, por meio de nota do Palácio do Planalto, as exonerações e nomeações ainda não foram publicadas no Diário Oficial da União.

Leia a íntegra da carta divulgada pela assessoria de Serraglio:

"Excelentíssimo Senhor Presidente da República,
Agradeço o privilégio de ter sido Ministro da Justiça e Segurança Público do nosso País.
Procurei dignificar a confiança que em mim depositou.
Volto para a Câmara dos Deputados, onde prosseguirei meu trabalho em prol do Brasil que queremos."

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVazamento compromete o abastecimento em cinco bairros de Joinville   https://t.co/KWoXkylJJq #LeianoANhá 23 segundosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCabeça e mãos de homem são encontradas em sacola em Camboriú https://t.co/kfhyhldY29 #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros