Senado aprova repasse de US$ 70 milhões para financiamento de obras de infraestrutura em Joinville  - Política - A Notícia

Versão mobile

Portal18/05/2017 | 06h30Atualizada em 18/05/2017 | 06h30

Senado aprova repasse de US$ 70 milhões para financiamento de obras de infraestrutura em Joinville 

Recursos do BID serão usados na drenagem do rio Itaum-açu, na instalação da rede de esgoto no bairro Vila Nova e na criação de parque

A aprovação nesta quarta-feira pelo Senado é uma das etapas decisivas vencidas pela Prefeitura de Joinville para conquista dos US$ 70 milhões para a drenagem do rio Itaum-açu, instalação da rede de esgoto no bairro Vila Nova e criação de parque. Agora, o financiamento junto ao BID, o maior da história de Joinville, será submetido novamente à Procuradoria-geral da Fazenda Nacional e à Secretaria do Tesouro Nacional.

Depois dessas etapas, de verificação formal, porque a capacidade de endividamento já foi aprovada, Joinville assina o contrato de liberação dos recursos. Os primeiros repasses serão para estudos ambientais e projetos executivos. A contratação das obras deve iniciar no final de 2018. O Senado poderia ter aprovado o financiamento ainda em 2015, mas o governo federal travou os empréstimos internacionais.

Precisa muito
A quantidade de remendos está cobrando um recape na Helmut Fallgatter, uma das ruas de maior movimento de Joinville, como principal ligação do Boa Vista e bairros vizinhos, com o Centro e zona Sul. A rua está mapeada para o PAC da Cidades Médias, mas ainda vai tempo para as obras chegaram até lá – a primeira etapa está em andamento na São Paulo.

Mais perto
Na próxima segunda-feira, entram em operação os escâneres corporais do Presídio Regional e da Penitenciária Industrial de Joinvile. Os aparelhos chegaram no mês passado e logo começou o treinamento dos funcionários, agora em fase final. Além de dar mais segurança à revista, os escâneres acabam a revista íntima.

Uma só parcela
A Câmara de Joinville vai dar 3,99% de reajuste aos servidores do Legislativo. O índice é referente à inflação do período. Na Prefeitura, a proposta é de dar metade dos 3,99% em duas parcelas no segundo semestre, algo que o sindicato dos servidores não quer nem discutir. A contraproposta será melhorada.

Emergencial
A compra emergencial de insulinas especiais está nos planos da Secretaria de Saúde de Joinville caso não apareçam interessados no pregão eletrônico para a compra de medicamentos. As propostas serão abertas na próxima quinta, com previsão de compra de R$ 5,5 milhões. Na licitação anterior, nenhuma empresa se interessou pelos lotes especiais.

O que vai dizer...
Com divulgação maciça em redes sociais e até outdoors espalhados pela cidade, pagos pelos ¿Amigos do Brasil¿, a palestra de Jair Bolsonaro, em Joinville, inicia às 20h30 no Sítio Novo. Assumido pré-candidato a presidente, o deputado chega em momento efervescente.

Por que defende
Odir Nunes é defensor do Vale Verde porque considera as novas regras de ocupação fundamentais para o desenvolvimento da hoje área rural ao Norte de Joinville, na região de Pirabeiraba e do Cubatão. A principal vantagem, segundo o vereador do PSDB, é a instalação de condomínios residenciais.

Mudança no PA
Uma reviravolta na pendenga da reforma do PA Sul. Depois de mandar documento no dia 4 para Prefeitura de Joinville, alegando que o Investsaúde, um programa de investimentos em saúde não poderia mais ser usado na obra, a Secretaria de Estado da Saúde voltou atrás e garantiu que a reforma está mantida na fonte original.

Falta documento
Assim, está mantida a possibilidade de liberação dos R$ 2 milhões para a obra ser retomada. Mas, em nota, a secretaria estadual reforça a cobrança de apresentação de documentos. Não é citado qual é a documentação, mas trata-se da escritura do PA. A Secretaria de Saúde de Joinville está correndo atrás da papelada.

Lotado

Foto: Ana Paula Keller,Divulgação / Divulgação

Na escola estadual Annes Gualberto, uma mostra de um dos transportes preferidos pelos estudantes: a bicicleta. O colégio foi visitado pelo governador Colombo e o ministro Mendonça Filho (Educação) na segunda por causa da adoção do ensino integral.

Finalmente
A luta de Jaime Evaristo foi grande e finalmente o vereador conseguiu emplacar Ariel Vieira no governo Udo. A liderança do PSC será gerente na Assistência Social.

Questionamento
A oposição ao governo Udo na Câmara estranhou o fato de Nelson Coelho não ter sido nomeado para a Secretaria de Proteção Civil. Odir Nunes queria saber se o vice-prefeito não quis ou não foi lembrado para o cargo. O vereador do PSDB foi crítico da nomeação de Bráulio Barbosa.  

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaElton Carvalho: JEC foi castigado por uma estratégia sem necessidade https://t.co/QLZchJE2zH #LeianoANhá 4 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC bobeia no primeiro tempo e sofre outra derrota fora de casa https://t.co/r4nVWixD81 #LeianoANhá 7 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros