Saavedra: Pronto-socorro do Hospital Infantil de Joinville pode fechar na próxima quinta - Política - A Notícia

Versão mobile

Portal01/12/2016 | 18h47Atualizada em 02/12/2016 | 08h06

Saavedra: Pronto-socorro do Hospital Infantil de Joinville pode fechar na próxima quinta

Decisão foi comunicada em um ofício nesta quinta-feira

Saavedra: Pronto-socorro do Hospital Infantil de Joinville pode fechar na próxima quinta Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Hospital sofre com atraso de repasses Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

Sufocado pelos atrasos nos repasses do governo do Estado, o Hospital Infantil de Joinville anunciou nesta quinta-feira o fechamento do pronto-socorro a partir da quinta da semana que vem. Já nesta segunda-feira, o hospital estadual vai suspender as novas internações — só será mantido a atendimento a quem já estiver internado — e o atendimento eletivo, ou seja, as consultas, exames e cirurgias marcadas com antecedência. O ofício sobre as paralisações nos atendimentos foi enviado nesta quinta para as secretarias de Estado e de Joinville da Saúde, MP, conselhos de Saúde, hospitais públicos e privados, PM, ADR, Samu, entre outras entidades.

O débito do governo estadual com a organização social responsável pela gestão do Infantil chega a R$ 16 milhões, um montante superior a duas parcelas mensais de R$ 6 milhões cada. A causa da suspensão dos atendimentos é a possibilidade de falta de medicamentos, materiais e manutenção de equipamentos por causa da recusa dos fornecedores, com créditos a receber.

— Seria uma irresponsabilidade da administração e da direção médica e clínica manter os atendimentos atualmente existentes sob risco de faltar materiais e medicamentos básicos e estrutura de equipamentos sem manutenção — alega o ofício do Hospital Infantil.

A Secretaria de Estado da Saúde informa ter depositado R$ 1,8 milhão na conta da organização social na semana passada e outros R$ 2,2 milhões nesta semana, em dinheiro que deveria estar disponível ainda nesta quinta. Na primeira quinzena de dezembro, será providenciado novo depósito, ainda sem valor definido. O ofício do Infantil deveria chegar no dia 1º de dezembro à secretaria.


Atrasados chegam a R$ 16 milhões

O débito do governo estadual com a organização social responsável pela gestão do Infantil chega a R$ 16 milhões, um montante superior a duas parcelas mensais de R$ 6 milhões cada. A causa da suspensão dos atendimentos é a possibilidade de falta de medicamentos, materiais e manutenção de equipamentos por causa da recusa dos fornecedores com créditos a receber.

“Seria uma irresponsabilidade da administração e da direção médica e clínica manter os atendimentos atualmente existentes sob risco de faltar materiais e medicamentos básicos e estrutura de equipamentos sem manutenção”, alega o ofício do Hospital Infantil.

Demanda

Se houver a paralisação dos serviços, as redes municipal e estadual de Joinville terão de atender à demanda a ser deixada pelo hospital. Quando o Infantil foi inaugurado, as alas pediátricas dos hospitais São José e Regional foram desativadas. A suspensão do atendimento eletivo já ocorreu outras vezes, a ameaça de paralisação no Infantil é inédita.

Repasses

A Secretaria de Estado da Saúde informa ter depositado R$ 1,8 milhão na conta da organização social na semana passada e outros R$ 2,2 milhões nesta semana, em dinheiro que deveria estar disponível ainda ontem. Na primeira quinzena de dezembro, será providenciado novo depósito, ainda sem valor definido. O ofício do Infantil deveria chegar ainda ontem à secretaria.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Portal 24/11/2016 | 09h02

Saavedra: Udo não acredita mais em LOT para 2016

Confira esta e outras notícias da coluna Portal

Portal 07/11/2016 | 07h02

Justiça nega paralisação das obras de drenagem no rio Mathias

Ação judicial de moradores cobra laudos e estudos de impacto

Portal 06/10/2016 | 07h02

Saavedra: Corrida na Justiça para impedir a votação da LOT

Outras três ações devem ser protocoladas ainda esta semana para tentar suspender andamento da votação do projeto

Portal 29/09/2016 | 07h01

Saavedra: Último balanço mostra recuo no peso da folha de pagamento da Prefeitura de Joinville

A despesa mensal esteve em média em R$ 61 milhões nos últimos 12 meses

Portal 07/09/2016 | 07h04

Jefferson Saavedra: Aumentam os roubos de celulares em Joinville

No mês passado, foram 42 casos registrados apenas na Zona Sul

AN Portal 13/08/2016 | 07h31

Peso da folha será o maior desafio do próximo prefeito de Joinville

Ainda sem o reajuste de 2016, folha de pagamento está em R$ 790 milhões anuais

AN Portal 17/02/2016 | 09h23

Jefferson Saavedra: Fiscalização dos bombeiros militares atende a pedido do MP em Joinville

Bombeiros militares estão fiscalizando hotéis e pousadas na cidade

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConfira como vai funcionar a cerimônia na Arena Condá, em Chapecó, neste sábado https://t.co/ngQAlHVxyv https://t.co/RssxLFEDBwhá 10 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaRepórter é consolado por mãe de goleiro da Chape, dona Alaíde, morto em tragédia https://t.co/axGmaiv7Ehhá 18 horas Retweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros