Saavedra: Efetivo da PM em Joinville e região vai receber cem novos soldados - Política - A Notícia

Versão mobile

Portal25/11/2016 | 07h41Atualizada em 25/11/2016 | 09h05

Saavedra: Efetivo da PM em Joinville e região vai receber cem novos soldados

Sessenta ficarão em Joinville e os outros 40 entre Jaraguá do Sul, São Bento do Sul, São Francisco do Sul e cidades vizinhas

O efetivo da Polícia Militar em Joinville e região deverá ser reforçado com cem novos soldados. A cidade-sede da 5ª Região Militar (RM) fica com 60 profissionais  e os demais 40 PMs serão distribuídos entre Jaraguá do Sul, São Bento do Sul, São Francisco do Sul e cidades vizinhas.

De acordo com o comando da 5ª RM, a área de abrangência de Joinville deverá ficar com a maior parte do novo contingente da PM entre as regiões do Estado. Hoje, o efetivo da PM nessa região é de 1,2 mil profissionais, com mais de 700 em Joinville.

Em dezembro, será realizada a formatura de 711 novos PMs. Neste  momento, um grupo de 57 novos soldados está em treinamento em batalhão de Joinville – há formação de mais PMs em outros locais.  Os policiais começam a trabalhar logo em seguida.

Até o momento, a Secretaria de Estado da Segurança Pública ainda não fez o anúncio da distribuição dos novos policiais. Na semana passada, a pasta confirmou 37 novos policiais civis para a região de Joinville, sendo sete delegados. A área da Delegacia Regional de Polícia Civil abrange um número menor de municípios em comparação com a Região Militar.

Sem recuperar
Novo balanço do emprego mostrou a criação de 214 novas vagas em Joinville e comprovou que 2016 não foi o ano da recuperação do mercado de trabalho na cidade. No ano passado, depois de quase duas décadas de geração positiva de novos postos, Joinville fechou 10,4 mil vagas.

Reação tímida
Em 2016, o desemprego foi freado, mas só 145 vagas foram criadas no acumulado do ano, até outubro. Até setembro, o mercado estava no vermelho, mas as contratações do mês passado deixam o balanço no azul.

Pelo hangar do Águia
Kennedy Nunes mostra a comenda de Amigo do Batalhão da Aviação, homenagem recebida pelo deputado por ter indicado verba para a construção do hangar do helicóptero da PM em Joinville – a obra está na fase final.

Sobre o futuro
Na segunda, a Câmara de Joinville vai anunciar qual o procedimento em relação ao vereador João Carlos Gonçalves. O peemedebista foi libertado na quarta-feira após a prisão preventiva durante a operação Blackmail. O vereador está proibido de exercer o mandato e o Legislativo vai avaliar como fica a assessoria dele, se o suplente deve assumir, entre outras dúvidas.

Tombamento
A família dona de imóvel na rua do Príncipe, no Centro de Joinville, conseguiu reverter tombamento decretado pela Fundação Catarinense de Cultura em 2001. No processo de transformação da construção em patrimônio histórico, a defesa dos donos não foi ouvida. Há  pedido de indenização. A decisão foi tomada em primeira instância e pode ser alvo de recurso.

Propaganda
A Prefeitura de Joinville mandou projeto para a Câmara com regras mais detalhadas para publicidade em defensas, placas, pórticos e outros espaços públicos. Quem anunciar, terá de fazer pagamentos mensais, produzir o material e se encarregar da manutenção. No caso das defensas, 10% do espaço ficar para mensagens sobre trânsito. Nos pórticos e semipórticos, só 25% podem ser usados para propaganda.

O último
O parque São Francisco, no Adhemar Garcia, foi o último dos parques bancados pelo Fonplata a ser entregue. Os próximos de Joinville são no Vila Nova (Piraí) e Paranaguamirim (Lagoas), com início das obras ainda distante.

Infantil
Para deixar a informação mais adequada, os pagamentos aos médicos do Hospital Infantil de Joinville estão sendo feitos com atraso desde o ano passado, mas atrasada mesmo está a conta vencida no último dia 15. Não há prazo para a regularização pelo governo do Estado. Tem reunião hoje sobre o hospital em Joinville.

Distância
Udo Döhler se queixa por aí de Patrício Destro não ter cumprido acordos políticos em pelo menos três oportunidades. A mágoa é tamanha que toda a aproximação com os vereadores do PSB é feita sob medida para tentar evitar eventual influência do deputado estadual.

Lamentação
Darci de Matos vai usar a tribuna da Assembleia para rebater post de comissionado do governo Udo sobre votação envolvendo o orçamento do Estado, com alegação de perdas para a educação. “A eleição acabou, temos de trabalhar juntos, mas continuam batendo. E com uma inverdade”, diz o deputado.

Cobrança
Para Darci, a mudança no orçamento não reduz recursos para a educação,  na qual o governo do Estado investe acima do determinado pela Constituição, alega o deputado. Ele volta a cobrar da secretária da ADR de Joinville, Simone Schramm, maior empenho na defesa das ações do Estado.

Troca na Câmara
Jucélio Gabriel pediu demissão da diretoria administrativa da Câmara de Joinville e foi substituído por Ana Maria de Carvalho.

Mais matrículas
De 2013 até agora, o colégio estadual Celso Ramos passou de 750 para 1,2 mil alunos. A escola de Joinville deverá ter crescimento de matrículas ainda maior neste momento, se aproximando de 1,5 mil estudantes. A reforma está saindo por R$ 4,5 milhões.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Portal 24/11/2016 | 09h02

Saavedra: Udo não acredita mais em LOT para 2016

Confira esta e outras notícias da coluna Portal

Portal 07/11/2016 | 07h02

Justiça nega paralisação das obras de drenagem no rio Mathias

Ação judicial de moradores cobra laudos e estudos de impacto

Portal 06/10/2016 | 07h02

Saavedra: Corrida na Justiça para impedir a votação da LOT

Outras três ações devem ser protocoladas ainda esta semana para tentar suspender andamento da votação do projeto

Portal 29/09/2016 | 07h01

Saavedra: Último balanço mostra recuo no peso da folha de pagamento da Prefeitura de Joinville

A despesa mensal esteve em média em R$ 61 milhões nos últimos 12 meses

Portal 07/09/2016 | 07h04

Jefferson Saavedra: Aumentam os roubos de celulares em Joinville

No mês passado, foram 42 casos registrados apenas na Zona Sul

AN Portal 13/08/2016 | 07h31

Peso da folha será o maior desafio do próximo prefeito de Joinville

Ainda sem o reajuste de 2016, folha de pagamento está em R$ 790 milhões anuais

AN Portal 17/02/2016 | 09h23

Jefferson Saavedra: Fiscalização dos bombeiros militares atende a pedido do MP em Joinville

Bombeiros militares estão fiscalizando hotéis e pousadas na cidade

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia'AN' testa o aplicativo Uber no primeiro dia de funcionamento em Joinville https://t.co/il68udAyxO https://t.co/6WUEYID981há 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVagner Mancini será o técnico da Chapecoense https://t.co/QEwIhlRC03há 11 horas Retweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros