Empresário Luciano Hang assume campanha: só ele é dono da Havan - Política - A Notícia

Versão mobile

Moacir Pereira28/11/2016 | 16h40Atualizada em 28/11/2016 | 16h41

Empresário Luciano Hang assume campanha: só ele é dono da Havan

O grupo destaca-se como a maior rede de comércio lojista de Santa Catarina, com 94 lojas e presença em vários Estados brasileiros

Empresário Luciano Hang assume campanha: só ele é dono da Havan Claudia Baartsch/Agencia RBS
É a primeira vez, em 30 anos de atuação da Havan, que o próprio proprietário assume a mensagem de propaganda natalina Foto: Claudia Baartsch / Agencia RBS

O empresário Luciano Hang anunciou nesta segunda uma campanha publicitária de âmbito nacional, em que assume pessoalmente a responsabilidade para afirmar que ele é o único dono do grupo Havan, a maior rede de comércio lojista de Santa Catarina, com 94 lojas e presença em vários Estados.

É a primeira vez, em 30 anos de atuação da Havan, que o próprio proprietário assume a mensagem de propaganda natalina para contestar especulações de que sua empresa seria de grupos americanos, chineses, coreanos ou de propriedade de filhos dos ex-presidentes Lula e Dilma. Estas versões circulam, principalmente, em Estados do Norte e Nordeste.

A própria Havan tomou a iniciativa de lançar um "teaser" em rede nacional intitulado "De quem é a Havan?" , ouvindo clientes de várias cidades brasileiras que davam as mais diferentes informações.

A partir desta terça, Luciano Hang contesta as especulações e proclama a verdade sobre a propriedade, numa campanha intitulada  "Natal inesquecível" e que terá ampla veiculação nos principais veículos de comunicação de Santa Catarina e de todo o Brasil.  Ele anunciará um sistema inédito de parcelamento na compra de vários produtos de Natal, visando maior identidade com os milhares de clientes e aumento das vendas.

Enxugamento
O plano de expansão da Havan para este ano previu a 130 lojas em vários Estados. A meta foi reduzida para 100 unidades e ficou para 2017 com novas lojas em Foz do Iguaçu, Itaquaquecebuta, Jundiaí,  Bragança Paulista e Cacoal. Atualmente, a empresa conta com 94 lojas, 10 mil empregados e  fecha o ano com um milhão de pessoas passando por seus caixas.

Instalado no edifício da administração de Brusque, com 15 mil metros quadros e 400 colaboradores, ao lado da primeira e mais diversificada loja com 35 mil metros quadrados, Luciano Hang comemora o desempenho de 2016. Não foi o que esperava, mas está terminando bem, graças a um brutal esforço de gestão, com enxugamento, corte de despesas e mudança de processos.

Informou que superou a crise com uma série de medidas e pretende fechar o ano com o mesmo faturamento de 2015, R$ 4 bilhões. A produtividade, com toda a crise, teve aumento de 28%.

O empresário Luciano Hang prevê redução da burocracia da máquina pública, maior impedimento hoje na geração de empregos e instalação de novos empreendimentos. Diz que em várias cidades gestões públicas exigem pedágio de até R$ 2 milhões em obras, serviços e outras exigências.

Enfatizou que o sucesso do grupo se deve a muito trabalho, gestão, disciplina, participação dos milhares de empregados, concluindo:  "Não trabalhamos apenas para conquistar clientes. Queremos fãs, consumidores que gostem dos produtos que vendemos e de nossa empresa".

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

Leia também:

Pedro Machado: Conheça o perfil do empresário Luciano Hang, presidente da Havan

Havan sobe no ranking das maiores empresas do país

Depois de crescer 20 vezes, Havan pisa no freio para resistir à crise econômica

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaRepórter é consolado por mãe de goleiro da Chape, dona Alaíde, morto em tragédia https://t.co/axGmaiv7Ehhá 16 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaRT @jec_online: No peito pra sempre! Jogadores do #JECFutsal terão símbolo da Chape na camisa no jogo contra Jaraguá #forçaChape https://t.…há 16 horas Retweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros