Em seus 250 anos, Lages ganha destaque como a terra dos governadores - Política - A Notícia

Versão mobile

Moacir Pereira22/11/2016 | 08h09Atualizada em 22/11/2016 | 08h09

Em seus 250 anos, Lages ganha destaque como a terra dos governadores

Entre eles Felipe Schmidt, Vidal Ramos, Aristiliano Ramos, Nereu Ramos, Celso Ramos e agora Raimundo Colombo, que comandaram o Estado por mais de 40 anos

Em seus 250 anos, Lages ganha destaque como a terra dos governadores 1/Agencia RBS
Foto: 1 / Agencia RBS

Nenhum município catarinense deu tantos governadores a Santa Catarina quanto Lages. Os mais destacados foram Felipe Schmidt, Vidal Ramos,  Aristiliano Ramos, Nereu Ramos, Celso Ramos e agora Raimundo Colombo, que comandaram o Estado por mais de 40 anos.

Fundada em 1766 pelo bandeirante paulista Antônio Correia Pinto de Macedo, surgiu por se transformar num entreposto dos tropeiros que viajavam com gado do Rio do Grande do Sul para São Paulo. Sua criação pelo governo imperial deu-se pela necessidade de fixação de posse do governo português, em função das ameaças espanholas.

A forte influência gaúcha, visível nos usos e costumes e nas atividades culturais, deve-se à migração, especialmente depois da Revolução Farroupilha e da Revolução Federalista no século 19.

A região viveu períodos áureos durante décadas de exploração da madeira e depois com a criação de gado. Entrou num período crítico quando estes dois setores esgotaram os recursos. Nos últimos anos, vive uma fase de desenvolvimentismo, com a diversificação da economia, embora a madeira continue sendo um dos pilares, com plantação e exploração de árvores exóticas, como o "pinus elliottii resina".

Entre os nomes de destaque na literatura o saudoso embaixador Licurgo Costa, que escreveu a mais completa obra sobre a fundação da cidade. Atualmente, tem entre as expressões no jornalismo Paulo Ramos Derengoski e Névio Fernandes, com mais de 60 anos na profissão. E no campo das artes Agostinho Malinverni Filho, "o pintor das araucárias", "o escultor de talento" e "o poeta do Planalto", entre as décadas de 1930 e 1960, o mais festejado pela crítica nacional.

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

Raimundo Colombo presta homenagem a Augusto Piazza, no Dia do Auditor Interno 

PR lança Jorginho Mello candidato ao governo do Estado

Epagri comemora 25 anos de criação

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPrimeiro relatório da temporada aponta 44 pontos impróprios para banho em SC https://t.co/mWmj1CVZKehá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCorpo é encontrado às margens da BR-101, em Joinville https://t.co/iT10L1DbWkhá 2 horas Retweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros