Upiara Boschi: Ibope mostra eleição aberta em Joinville e favoritismo em Florianópolis - Política - A Notícia

Versão mobile

Eleições 201610/10/2016 | 19h48Atualizada em 10/10/2016 | 19h49

Upiara Boschi: Ibope mostra eleição aberta em Joinville e favoritismo em Florianópolis

upiara boschi
upiara boschi

O Ibope não surpreende ao trazer cenários de liderança consolidada de Gean Loureiro (PMDB) em Florianópolis e de disputa aberta em Joinville, com Udo Döhler (PMDB) numericamente à frente de Darci de Matos (PSD). Era o sentimento deixado pelas pesquisas anteriores, pela reta final da campanha no primeiro turno e pela própria construção das candidaturas.

Em Florianópolis: Gean tem 53% e Angela 26% das intenções de voto
Ibope em Joinville: Udo Döhler tem 47%, e Darci de Matos, 41%

Embora Udö tenha alcançado 45% dos votos válidos no primeiro turno, estava desenhado um cenário em que a maior parte dos eleitores dos demais candidatos migraria para Darci. Essa é a principal constatação do Ibope. Em votos válidos, o pessedista teria agora 19 pontos mais do que no primeiro turno, chegando a 46%. O atual prefeito sobe nove pontos e alcança 54%. Em votos totais, a diferença é de seis pontos percentuais, dentro da margem de erro.

No primeiro turno, o horário eleitoral foi fundamental para que Udo melhorasse os índices de aprovação de sua gestão e voltasse a ser favorito - a ponto de aproximar-se da vitória em primeiro turno. Por sua vez, Darci mostrou-se como o mais competitivo candidato de oposição. Mais uma vez, os programas eleitorais devem fazer a diferença.

Em Florianópolis, o favoritismo de Gean Loureiro é inegável - 53% a 26% em votos totais. A competitividade de Angela Amin depende basicamente de que ela seja palatável ao eleitor que votou em Elson Pereira (PSOL), Murilo Flores (PSB) e Angela Albino (PCdoB) no primeiro turno - a maior parte acostumada a votar contra qualquer Amin, mas agora ressentida com o PMDB em nível nacional. O apoio declarado de Murilo pode fazer alguma diferença quando começar o horário eleitoral, mas o que fará o eleitor do demais é uma incógnita. O Ibope identificou que os que votaram no PSOL estão divididos de forma semelhante entre Gean, Angela e não-voto, com tendência um pouco maior por brancos e nulos.

A única vantagem da candidata pepista é que a eleição já está perdida. Não há nada que possa piorar. O único problema para Gean é que a eleição está ganha. E ganhar na véspera é sempre um perigo.

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia"Não houve sofrimento nem gritaria, apenas o impacto", diz sobrevivente a médico da Chapecoense https://t.co/xNF3LIKAMghá 23 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJoinvilenses se mobilizam em protesto contra a corrupção https://t.co/wfA4nx5Tgohá 1 horaRetweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros