Florianópolis tem o menor índice de abstenção e votos brancos e nulos entre as capitais do Sul do Brasil - Política - A Notícia

Versão mobile

Eleições 201603/10/2016 | 12h12Atualizada em 03/10/2016 | 12h15

Florianópolis tem o menor índice de abstenção e votos brancos e nulos entre as capitais do Sul do Brasil

Capital catarinense teve o sexto menor índice do país em abstenções

Florianópolis tem o menor índice de abstenção e votos brancos e nulos entre as capitais do Sul do Brasil Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Santa Catarina foi o quarto Estado brasileiro a concluir a apuração Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

Dentre as três capitais do Estados do Sul do Brasil, Florianópolis foi a que registrou os menores índices de abstenção e votos brancos e nulos. Já Porto Alegre registrou a segundo maior abstenção entre as 26 capitais brasileiras, apenas atrás do Rio de Janeiro. Veja abaixo o gráfico completo.

Em Florianópolis, 12,25% dos eleitores não compareceram para votar. O índice é o sexto menor em comparação com as outras capitais, e abaixo dos 17,58% da média nacional em todas as cidades brasileiras.

Gean Loureiro e Angela Amin farão 2º turno na Capital

Dos que registraram o voto, 3,49% optaram pelo branco, o que representa a 12ª colocação entre as menores. Os votos nulos na capital catarinense foram de 7,12%, o 10ª menor índice.

Joinville: Udo Döhler e Darci de Matos disputam 2º turno

Em Porto Alegre a abstenção foi de 22,51%, os votos nulos representaram 8,8% e o brancos 7,01%, o segundo maior do país entre as capitais, somente atrás de Belo Horizonte (MG). Entre os votos nulos, Aracaju teve o maior registro de votos nulos, com 16,60%.

PMDB é o que mais elege prefeitos em SC, mas número é menor do que 2012

Os menores índices de abstenção, brancos e nulos nas capitais foram registrados em Manaus (AM), 8,59%, Rio Branco (AC), 1,59%, e São Luís (MA), 4,49%, respectivamente.

Florianópolis terá segundo turno entre Gean Loureiro e Angela Amin

Um dos registros curiosos no país ocorreu em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, onde a maioria dos eleitores votou em brancos e nulos. Os dois índices representaram 24,64%, enquanto os dois candidatos mais votados, José Nanci (PPS) e Dejorge Patricio (PRB) tiveram 20,46% e 20,24%. Como as eleições contam apenas os votos válidos, onde não entram os brancos e nulos, os dois vão fazer o segundo turno na cidade.


 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSenado adia sessão para esperar decisão do STF sobre afastamento de Renan Calheiros https://t.co/ykBgXcQeDVhá 36 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAO VIVO: STF decide se mantém ou afasta Renan Calheiros da presidência do Senado https://t.co/iOIfkAQjbehá 1 horaRetweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros