Jefferson Saavedra: radares móveis já aplicaram mais de 50 mil multas em Joinville desde abril - Política - A Notícia

Vers?o mobile

 

AN Portal17/10/2015 | 19h59

Jefferson Saavedra: radares móveis já aplicaram mais de 50 mil multas em Joinville desde abril

Velocidade acima do permitido lidera o ranking de multas

Em operação desde o início de abril, quando foram para as ruas os dois primeiros radares móveis, o sistema de vigilância eletrônica do trânsito já aplicou pouco mais de 50 mil multas em Joinville. A marca foi atingida nesta semana, com a velocidade acima do permitido liderando o ranking de multas, embora o desrespeito ao sinal vermelho tenha surpreendido o Detrans pela quantidade de infrações.

Em tese, a receita pode chegar a R$ 5,5 milhões, mas há inadimplência. Até agora, apenas 3% das multas foram pagas, até porque a maioria espera a renovação do licenciamento para quitar o débito. A metade dos 100 equipamentos foi instalada nos últimos meses e o restante dos aparelhos começa a ser acionado a partir de janeiro, com conclusão em agosto.

O número de 50 mil multas foi atingido mesmo com a instalação de forma gradativa. No mês passado, quando a maioria dos 50 radares já estava em operação, foram 17 mil multas aplicadas, uma média de 566 infrações diárias. A vigilância eletrônica do trânsito de Joinville ficou suspensa durante dois anos após o fim do contrato anterior.

Leia as últimas notícias de Joinville e região

Leia outras colunas de Jefferson Saavedra

E a LOT?
A disposição do PSDB de Joinville de unificar o entendimento da bancada sobre projetos em análise na Câmara ainda não chegou até a LOT. E nem deve chegar, ali não vai ter consenso entre os cinco vereadores. Mas não vai deixar de ser interessante saber o que o partido pensa do projeto.



Proposta
O presidente da comissão de Urbanismo, Maycon Cesar, por exemplo, já apresentou um substitutivo ao projeto da LOT, com proposta de várias mudanças no texto enviado pela Prefeitura. Essa nova sugestão poderá ser submetida ao Conselho da Cidade – o martelo não foi batido, está em análise.


Presença de Nilson
Em uma articulação liderada por Darci de Matos, o ex-deputado Nilson Gonçalves está se encarregando de vários movimentos dentro do PR de Joinville. A principal pauta é atrair novos filiados. O curioso é que Nilson ainda não se filiou ao PR, embora tenha deixado o PSDB. Mas se quiser concorrer a vice-prefeito, tem até março para se filiar.


Comparação
Bancada pelo Perini, a nova base da PM na região Norte de Joinville está na fase final e será inaugurada em novembro (fica em frente ao parque industrial). Na sexta, recebeu a visita do secretário César Grubba (Segurança). Já a base da zona Sul, no Paranaguamirim, em tratativas mais antigas, ainda não foi nem licitada: é preciso que o Estado arrume o dinheiro para a construção.


Outro corredor
Resolvido o corredor da JK, com retirada das vagas em frente ao colégio Santos Anjos, pode surgir nova polêmica, desta vez no corredor da Nove de Março, cuja segunda etapa está em implantação. Serão feitos testes para manutenção do ponto de táxi. Se não der certo, os taxistas vão para a travessa Bachmann.


Observador
Kennedy Nunes vai participar como observador das eleições da Argentina. O deputado, presidente de um grupo que reúne parlamentares do Mercosul, embarca na quinta e volta na segunda.


A vez
Dois anos depois de ser derrotado por Pinho Moreira na convenção do PMDB por 318 a 231 votos e, com isso, ver sepultado o desejo de concorrer ao governo do Estado em 2014, Mauro Mariani será eleito o presidente do partido neste domingo, dando largada para a disputa de 2018.

2016
Mauro Mairani prefere falar sobre 2016 a discutir 2018. “Estou puxando o freio dos colegas mais afoitos. 2016 vem antes e é ruim para todo mundo antecipar a eleição de 2018”, alega o deputado federal em terceiro mandato. Mas sobre 2018, ele acha que aliança com o PSD será mantida.


“Paz” em Joinville
Até porque se Colombo concorrer ao Senado, terá de renunciar e deixar o cargo com Pinho Moreira. “A relação terá de ser boa”, diz Mariani. Sobre Joinville, Mariani diz que o PMDB vive um momento de paz, há boa relação de Udo com os vereadores e o diretório e existe engajamento na tentativa de reeleição do prefeito.


Depois, não será fácil
O governo do Estado sabe que a boa aceitação do SC Prev e dos cortes nas SDRs está ocorrendo porque o novo sistema de previdência só serve para os futuros servidores e que as extinções das regionais atingem cargos vazios. Deverá ser diferente com as novas propostas que vêm por aí.

O desafio dos salários em dia
Assim como aconteceu nos Estados, com outras unidades da Federação também parcelando salários após o Rio Grande do Sul ser o precursor no atraso, basta uma Prefeitura de médio ou grande porte deixar de pagar a folha dos servidores para outras irem pelo mesmo caminho. E pode ser em 2016, ano eleitoral.

Previsão
Kennedy Nunes está convicto de que a eleição de Joinville no ano que vem vai tratar de temas como pagamento em dia dos salários dos servidores, como manter as escolas e postos de saúde já existentes, entre outros pontos de custeio da máquina. Grandes obras vão sumir do debate, segundo o deputado. Kennedy não é candidato.


Antes
Antes de Maycon Cesar, Maurício Peixer já havia apresentado projeto propondo a regulamentação de aplicativo para transporte remunerado por meio de carros, uma forma de restringir o Uber (que ainda não opera em Joinville). O PSDB quer uma proposta menos restritiva.


Apuração
Darci de Matos vai se debruçar sobre os convênios de Estado com a Prefeitura de Joinville, em especial o Fundam, para saber o que está atrasando os repasses.


Súplica
Ao notar cobrança de leitor por recape na rua Piratuba, em Joinvile, o professor Carlos Lessa implora por melhorias na Prudente de Morais, no Costa e Silva. “Haja suspensão nos carros”, reclama.


Sem esperança
A descrença é tão grande que sumiram os movimentos de cobrança pela duplicação da BR-280 entre São Francisco e a BR-101. Os senadores, deputados e Fiesc até tentam algo em Brasília, mas não anda. A obra já licitada não começa mais em 2015 e está ameaçada de não sair também em 2017.

 

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

AN Portal 09/10/2015 | 09h13

Jefferson Saavedra: Oftalmologia lidera demanda de consulta cirúrgica em Joinville

Secretaria da saúde vai tentar liberação de recursos bloqueados

AN Portal 07/10/2015 | 09h55

Jefferson Saavedra: Evento do PMDB em Joinville vai mirar em 2018

Por consenso, PMDB indicou Mariani como novo presidente

AN Portal 05/10/2015 | 09h03

Jefferson Saavedra: Educação infantil terá mudanças em 2016 em Joinville

Turno integral vai acabar na faixa de 4 e 5 anos na rede municipal

AN Portal 12/08/2015 | 08h07

Jefferson Saavedra: Exportações têm queda de 16% em Joinville

Nos últimos 12 meses, as indústrias responsáveis pelas exportações demitiram 5,1 mil

AN Portal 11/08/2015 | 08h27

Jefferson Saavedra: Joinville terá mais dez radares até setembro

Primeiros quatro aparelhos do novo lote serão ligados no próximo dia 23

AN Portal  22/06/2015 | 07h29

Jefferson Saavedra: MP aumenta pressão sobre ações judiciais envolvendo saúde de Joinville

Investigação é para apurar se não houve descumprimento de decisões judiciais em cinco ações

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaApós deslizamento, 25 casas devem ser interditadas definitivamente em Guaramirim https://t.co/FbzEKGnR3Chá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHomem com três mandados de prisão é detido na BR-101 em Joinville https://t.co/tPpaVyBinchá 1 horaRetweet
A Notícia
Busca