Museus e exposições - A Notícia

Vers?o mobile

 

Museu Arqueológico de Sambaqui

(Fabrizio Motta/Agencia RBS)

O museu foi criado em 1969, a partir da compra da coleção de Guilherme Tiburtius, em 1963. Esta coleção constitui-se em relevante material de populações pré-coloniais cuja economia de subsistência se baseava, principalmente, na exploração de recursos de rios, lagos e mares. O objetivo do museu é promover a salvaguarda e o gerenciamento do patrimônio arqueológico, bem como a comunicação do conhecimento relacionado a ele.

Horário: 3ª a 6ª feira, das 9 às 17 horas. Sábado, domingo e feriado, das 12 às 18 horas

Endereço: Rua Dona Francisca, 600, Saguaçu

Entrada: Gratuita

Telefone: (47) 3433-0114

museu casa fritz alt

(Divulgação/Divulgação)

O Museu Casa Fritz Alt foi inaugurado em 1975, após a aquisição da antiga residência do artista, construída na década de 1940. Sua localização privilegiada permite aos visitantes uma vista panorâmica da cidade e uma integração com a paisagem natural do Morro do Boa Vista. O acervo do Museu conta com obras de arte produzidas por Fritz Alt, um grande número de moldes, também móveis e objetos de uso pessoal ao artista.

Horário: 2ª a 6ª feira, das 8 às 14 horas

Endereço: Rua Aubé, s/nº (Servidão Fritz Alt), Boa Vista

Entrada: Gratuita

Telefone: (47) 3433-3811

Museu Nacional do Bombeiro

(Rogerio da Silva/Agencia RBS)

O Museu Nacional do Bombeiro está instalado nas dependências da Sociedade Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville. Foi inaugurado em 08 de março de 1997 pelo presidente da República, Fernando Henrique Cardoso. Único espaço dedicado à preservação da história da atividade bombeiril no país, o museu reúne cerca de 172 peças, dentre fotos e objetos que mostram parte da trajetória da corporação catarinense, a mais antiga do Brasil no gênero voluntário. Entre as preciosidades está o primeiro caminhão usado no combate ao fogo, um Chevrolet 1923 e uma bomba manual de 1892 que operava com a força física de 10 voluntários.

Endereço: Rua Jaguaruna, 13, Centro.

Telefone: (47) 3431-1112

museu de arte de joinville

(Divulgação/Divulgação)

O Museu de Arte de Joinville foi inaugurado em 1976. Com acervo composto por cerca de 765 obras de arte, fruto de doações e aquisições, o MAJ tem como objetivo desenvolver programas de comunicação museológica e educacional sobre o patrimônio artístico. Dispõe de biblioteca especializada em arte e em seus jardins estão expostas obras de vários artistas em linguagem contemporânea. Ainda possui dois anexos na Cidadela Cultural onde são realizadas exposições, contribuindo para fomentar a arte brasileira e promover o acesso de novos artistas aos circuitos da arte.

Horário: 3ª a 6ª feira, das 9 às 17 horas. Sábado, domingo e feriado, das 12 às 18 horas

Endereço: Rua 15 de Novembro, 1.400, América

Entrada: Gratuita

Telefone: (47) 3433-4677

Museu Nacional de Imigração e Colonização

(Nilson Bastian/Divulgação)

O museu dialoga com as memórias relacionadas à imigração e se dedica a recolher objetos e documentos escritos relacionadas ao processo histórico de imigração e colonização no Sul do País. Projetado em 1870 para servir à administração da Colônia Dona Francisca, o imóvel possui espaços expositivos narrando histórias da vida rural e urbana da região. Integram o complexo uma Casa Enxaimel, o galpão de Tecnologia, com exemplares de engenhos de farinha e erva-mate e moenda de cana-de-açúcar; o galpão de Meios de Transporte, com viaturas de tração animal e carroções; e o Auditório Dona Francisca.

Horário: 3ª a 6ª feira, das 9 às 17 horas. Sábado, domingo e feriado, das 12 às 18 horas

Endereço: Rua Rio Branco, 229, Centro

Entrada: Gratuita

Telefone: (47) 3433-3736

Estação da Memória

(Divulgação/Divulgação)

A antiga Estação Ferroviária de Joinville, construída em 1906, é um marco no processo de formação e desenvolvimento do município. Sua arquitetura e sua estreita ligação afetiva com a sociedade joinvilense a torna um bem cultural representativo da cultura local e um atrativo turístico. Seu objetivo é atuar como centro de referência de memória das identidades que estabelecem a diversidade cultural de Joinville e região. O local abriga a Coordenação de Patrimônio Cultural, área de lazer, cultura e educação, contando a história da cidade, bem como a memória do trabalho em Joinville e região.

Horário: 3ª a 6ª feira, das 9 às 17 horas. Sábado, domingo e feriado, das 12 às 18 horas

Endereço: Rua Leite Ribeiro, s/nº, Anita Garibaldi (antiga Estação Ferroviária)

Entrada: Gratuita

Telefone: (47) 3422-5222 e (47) 3455-0372

Galeria de Arte VK

(Pena Filho/Agencia RBS)

A galeria foi criada com sede na Casa da Cultura Fausto Rocha Junior para estimular discussões sobre a arte contemporânea e promover exposições periódicas. O espaço de 130 m² oferece aos artistas um ambiente adequado para seus trabalhos, oficinas, palestras e a interação com os visitantes.

Horário: 2ª a 6ª feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 20 horas

Endereço: Rua Dona Francisca, 364, Centro (Casa da Cultura Fausto Rocha Júnior)

Entrada: Gratuita

Telefone: (47) 3433-2266

Casa da Memória

(Divulgação/Divulgação)

A Casa da Memória foi criada em 1984 após a aquisição da casa, que serviu como residência do coveiro do antigo Cemitério Protestante, conhecido como Cemitério do Imigrante de Joinville. A instituição tem como objetivo promover reflexões a respeito das memórias do município e da importância da preservação do patrimônio cemiterial. Esta unidade é vinculada administrativamente ao Museu Nacional de Imigração e Colonização (MNIC).

Horário: 2ª a 6ª feira, das 9 às 12 horas e das 13h30 às 17h30

Endereço: Rua 15 de Novembro, 1.000, Centro

Entrada: Gratuita

Telefone: (47) 3433-3732

Siga A Notícia no Twitter

A Notícia
Busca